O Papa Francisco mudará a data da celebração da Páscoa de Ressurreição? - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 19 de junho de 2015

O Papa Francisco mudará a data da celebração da Páscoa de Ressurreição?


VATICANO, 17Jun.15/12:13 pm(ACI).- Há alguns dias, o Papa Francisco manifestou a intenção de fixar uma data para celebrar a Páscoa de Ressurreição com todos os cristãos. Assim, todos os fiéis que seguem Jesus poderiam comemorar juntos.

Durante o III Retiro Mundial de Sacerdotes realizado na Basílica de São João de Latrão em Roma e diante presbíteros dos cinco continentes, o Santo Padre disse: "A solução mais definitiva seria uma data fixa, por exemplo, imaginemos o segundo domingo de abril”.
O Pontífice disse espontaneamente que a situação atual é um escândalo: "Quando o seu Cristo ressuscita? O meu hoje, o seu na próxima semana".

A respeito deste tema, a historiadora italiana Lucetta Scaraffia publicou no jornal do Vaticano L’Osservatore Romano uma nota titulada “Unidos na ressurreição: A proposta do Papa Francisco sobre a data da Páscoa” no qual afirma que através desta iniciativa ele exorta “a pacificação entre as confissões y (…) uma proposta de racionalização do calendário”.

Para a historiadora, o Santo Padre manifestou esta iniciativa de fixar uma data “como um dom de unidade com as outras confissões: os cristãos no mundo inteiro estão vivendo um momento dramático, as perseguições são violentas como nunca e estas golpeiam de maneira particular as Igrejas orientais, pois correm o risco de desaparecerem”.

A proposta também procura reforçar a identidade dos cristãos, especialmente daqueles perseguidos: “A ressurreição –diz Scaraffia– celebrada juntamente aos cristãos do mundo inteiro, aumentaria a importância desta festa central para a fé em um momento no qual o mundo global e as mudanças aparecem como imposições e como algo inesperado”.

Além disso, Scaraffia assinala: “Parece que ninguém percebeu que a intervenção do Pontífice sublinha implicitamente um fato importante: Também naqueles países aonde a identidade cristã está escurecendo, a medida do tempo continua vinculada à vida de Jesus. Sabemos também que o calendário não é somente uma convenção, mas algo profundo e simbolicamente acentuado”.

A historiadora explica: “Não é um elemento indiferente que em grande parte do mundo se viva com um calendário intrinsecamente vinculado ao momento da Encarnação”.

Posteriormente indicou: “A Páscoa e as festas relacionadas a esta constituem um aspecto distinto do ano litúrgico, porque estão vinculadas a um tempo cíclico que é repetido a cada ano e que marca o retorno das estações. As outras festas, como por exemplo o Natal, foram inseridas no novo tempo lineal que foi inaugurado pela Encarnação”.

Lucetta Scaraffia recorda deste modo: “A data da Páscoa foi instituída com o ciclo da lua, e que da mesma maneira os muçulmanos e judeus estabelecem suas festas importantes com o calendário lunar. Os ortodoxos normalmente a celebram uma semana depois dos católicos”, concluiu a historiadora.

Fonte: ACI digital



Um comentário :

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé