Operários da Vinha-25° Domingo do Tempo Comum (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 21 de setembro de 2014

Operários da Vinha-25° Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Operários da Vinha

25° Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Mt 20,1-16a
1. Com efeito, o Reino dos céus é semelhante a um pai de família que saiu ao romper da manhã, a fim de contratar operários para sua vinha.
2. Ajustou com eles um denário por dia e enviou-os para sua vinha.
3. Cerca da terceira hora, saiu ainda e viu alguns que estavam na praça sem fazer nada.
4. Disse-lhes ele: - Ide também vós para minha vinha e vos darei o justo salário.
5. Eles foram. À sexta hora saiu de novo e igualmente pela nona hora, e fez o mesmo.
6. Finalmente, pela undécima hora, encontrou ainda outros na praça e perguntou-lhes: - Por que estais todo o dia sem fazer nada?
7. Eles responderam: - É porque ninguém nos contratou. Disse-lhes ele, então: - Ide vós também para minha vinha.
8. Ao cair da tarde, o senhor da vinha disse a seu feitor: - Chama os operários e paga-lhes, começando pelos últimos até os primeiros.
9. Vieram aqueles da undécima hora e receberam cada qual um denário.
10. Chegando por sua vez os primeiros, julgavam que haviam de receber mais. Mas só receberam cada qual um denário.
11. Ao receberem, murmuravam contra o pai de família, dizendo:
12. - Os últimos só trabalharam uma hora... e deste-lhes tanto como a nós, que suportamos o peso do dia e do calor.
13. O senhor, porém, observou a um deles: - Meu amigo, não te faço injustiça. Não contrataste comigo um denário?
14. Toma o que é teu e vai-te. Eu quero dar a este último tanto quanto a ti.
15. Ou não me é permitido fazer dos meus bens o que me apraz? Porventura vês com maus olhos que eu seja bom?
16. Assim, pois, os últimos serão os primeiros e os primeiros serão os últimos. [Muitos serão os chamados, mas poucos os escolhidos.]
Reflexão

Jesus mostra que o espírito de vantagem ou prestígio pessoal não é novidade, é uma inclinação do coração! Ele propõe o caminho do Reino do Céu na contramão da mentalidade humana e da cultura do oportunismo. O Reino do Céu é para todos, pois a benevolência e a misericórdia de Deus são para todos. A promessa de Salvação se realiza seja para os primeiros como para os últimos, os que estavam antes de nós ou que vieram depois de nós para a comunidade! Nisto consiste a justiça de Deus: a todos salvar, segundo a gratuidade de Seu coração, diferentemente da ação humana, inclinada ao critério econômico na vantagem sobre o outro. Sejam os justos, os primeiros contratados, ou os pecadores, os últimos, todos são chamados à conversão e à fé no Deus misericordioso. A Imaculada é invocada como refúgio e consoladora dos pecadores. Vale a pena abrir nosso coração e nossa vida ao seu amor, deixando-nos envolver com a sua presença e ternura. "Ame a Imaculada e Ela te fará feliz" (São Maximiliano Kolbe). [a]  

Oração

Senhor meu Deus, eu vos adoro e reconheço como Senhor, de quem tudo recebo e de quem tudo espero.
Reconheço que dependo totalmente de vós, aceito essa dependência, e alegro-me colocando em vós toda a minha felicidade. Mais ainda me alegro porque quisestes fazer-me filho vosso, participante de vossa vida divina. Tudo que sou, todo o bem que existe em mim, tudo de bom que posso fazer, absolutamente tudo é dom de vosso amor e não merecimento meu. Agradeço tanta bondade para comigo, bondade tão grande que foge à minha compreensão. Perdoai, Senhor, se às vezes penso que posso exigir alguma coisa de vós como recompensa merecida. Vendo tudo que fazeis por mim, quero fazer de minha vida um contínuo agradecimento. Amém. [b]

Fonte: Revista O Mílite (setembro/2014) [a]
Revista de Aparecida (setembro/2014) [b]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé