sábado, 20 de setembro de 2014

Como podemos usar o crucifixo?


Como podemos usar o crucifixo?

“O teu Crucifixo. - Como cristão, deverias trazer sempre contigo o teu Crucifixo. E colocá-lo sobre a tua mesa de trabalho. E beijá-lo antes de te entregares ao descanso e ao acordar. – E, quando o pobre corpo se rebelar contra a tua alma, beija-o também”. (São Josemaria Escrivá)

O Crucifixo pode ser usado de diversas maneiras, a qualquer momento do dia ou da noite. Assim, o crucifixo pode ser:
- Levado consigo: da mesma maneira que muitas pessoas levam a fotografia daqueles que amam na agenda, na carteira, no celular, no computador ou no carro, as pessoas que amam a Cristo procuram sempre levar consigo um crucifixo. 

- Colocado em muitos lugares: a cruz preside - como sinal de paz e amor - a cidades, montanhas, igrejas, encruzilhadas e imóveis. Há crucifixos em milhões de lares ricos e pobres, nos escritórios, consultórios, salas de aula, etc. Uma dose muito eficaz é saudá-lo interiormente sempre ou se entra em algum lugar onde ele esteja presente, pendurado numa parede. 

- Usado em muitos momentos: faz-se o sinal da cruz sobre os recém-nascidos no seu Batismo; há crianças que usam um crucifixo no dia de sua Primeira Comunhão; a visão do crucificado conforta muitos enfermos e anima-os no meio dos seus sofrimentos; milhares de pessoas falecem com o crucifixo nas mãos, e a cruz destaca-se no local onde seus restos mortais repousam à espera da ressurreição. 

- Contemplado: podemos ainda limitar-nos a olhar para o crucifixo e deixá-lo falar. -Beijado: beijar o crucifixo é uma manifestação sincera de amor a Cristo. Recomenda-se vivamente fazê-lo muitas vezes. 

- Convertido em oração: em situações difíceis ou diante de perplexidades, é especialmente eficaz acorrer ao crucifixo e perguntar: “Jesus, que queres que eu faça?”. Comprovou-se muitíssimas vezes que a oração diante do crucifixo produz uma força que renova poderosamente a alma, concede energia espiritual para acometer grandes empreendimentos e enfrentar quaisquer dificuldades.

(Retirado de “O Crucifixo, Um remédio para todos os males”, Ed.Cultor de Livros.)  
Fonte: Cleófas

 SIM , EU USO CRUCIFIXOS

Há momentos em que até o mais ecumênico dos cristãos precisa reagir. Respeito os irmãos de outras igrejas , mas espero deles o mesmo respeito. Não critico suas marchas para Cristo, nem seus óleos bentos, nem suas cruzadas, nem seus cultos e suas promessas. Não aceito portanto que me acusem de não seguir a Bíblia e eles, sim.

Esses dias , eu estava num ponto de ônibus, quando um desses irmãos que se acham no direito de apontar o dedo em riste contra quem crê diferente, apontou para a cruz que levo no peito e me disse:

- Porque você leva isso aí? Você não sabe que Jesus está vivo? Você crê num Cristo morto! Fui claro.
- Em primeiro lugar eu não lhe dei o direito de se meter na minha vida.
- Em segundo lugar você está com uma aliança no seu dedo e deve saber porque a usa. Eu também sei porque uso meus símbolos. Se você é inteligente eu também sou. Se você pode usar símbolos eu também posso.
- Em terceiro lugar o que você chama de “isto ai” é um crucifixo que lembra como foi que Jesus salvou a mim e a você. Eu o carrego para nunca me esquecer como é que foi.
- Em quarto lugar, na sua Bíblia também deve estar escrito que a cruz é escândalo apenas para os pagãos e os sem fé. São Paulo diz que ele não sente vergonha da cruz de Cristo. Nem eu. Se você sente vergonha e se escandaliza então não use, mas deixe em paz os seus irmãos que a usam. Eu sei porque carrego cruzes e vou continuar carregando…

Foi embora de cara amarrada... Se tivesse ficado, talvez até me dissesse seu nome e quem sabe falaríamos das nossas cruzes. Respeito a fé dos outros, mas quando não respeitam a minha eu reajo. Não peço desculpas por ser católico e não pedirei. Que meus irmãos de outras igrejas sejam felizes na sua escolha. Deve ser lindo para eles crer em Deus daquele jeito. Só quero que saibam que eu também gosto muito de minha Igreja.

Eu não ofendo a mãe deles e não aceito que ofendam a minha. Ninguém vai fazer pouco caso de meus símbolos. Eles que fiquem com os deles que eu fico com os meus. Deus decidirá quem de nós adorava o quê. Alguns, por exemplo, adoram criticar a religião dos outros. E de quebra, adoram se achar mais fiéis do que os outros.




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé