No Caminho de Emaus-3º Domingo da Páscoa (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 4 de maio de 2014

No Caminho de Emaus-3º Domingo da Páscoa (Ano A)

   
No Caminho de Emaus
 
3º Domingo da Páscoa
 
Evangelho de Lc 24,13-35
 
13 Naquele mesmo dia, o primeiro da semana, dois dos discípulos de Jesus iam para um povoado, chamado Emaús, distante onze quilômetros de Jerusalém.
14 Conversavam sobre todas as coisas que tinham acontecido.
15 Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles.
16 Os discípulos, porém, estavam como que cegos, e não o reconheceram.
17Então Jesus perguntou: “O que ides conversando pelo caminho?” Eles pararam, com o rosto triste, 18 e um deles, chamado Cléofas, lhe disse: “Tu és o único peregrino em Jerusalém que não sabe o que lá aconteceu nestes últimos dias?”
19 Ele perguntou: “O que foi?” Os discípulos responderam: “O que aconteceu com Jesus, o Nazareno, que foi um profeta poderoso em obras e palavras, diante de Deus e diante de todo o povo.
20 Nossos sumos sacerdotes e nossos chefes o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram.
21 Nós esperávamos que ele fosse libertar Israel, mas, apesar de tudo isso, já faz três dias que todas essas coisas aconteceram!
22 É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos deram um susto. Elas foram de madrugada ao túmulo 23 e não encontraram o corpo dele. Então voltaram, dizendo que tinham visto anjos e que estes afirmaram que Jesus está vivo.
24 Alguns dos nossos foram ao túmulo e encontraram as coisas como as mulheres tinham dito. A ele, porém, ninguém o viu”.
25 Então Jesus lhes disse: “Como sois sem inteligência e lentos para crer em tudo o que os profetas falaram! 26 Será que o Cristo não devia sofrer tudo isso o para entrar na sua glória?”
27 E, começando por Moisés e passando pelos Profetas, explicava aos discípulos todas as passagens da Escritura que falavam a respeito dele.
28 Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez de conta que ia mais adiante.
29 Eles, porém, insistiram com Jesus, dizendo: “Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando!” Jesus entrou para ficar com eles. 30 Quando se sentou à mesa com eles, tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e lhes distribuía.
31 Nisso os olhos dos discípulos se abriram e eles reconheceram Jesus. Jesus, porém, desapareceu da frente deles.
32 Então um disse ao outro: “Não estava ardendo o nosso coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?”
33 Naquela mesma hora, eles se levantaram e voltaram para Jerusalém onde encontraram os Onze reunidos com os outros.
34 E estes confirmaram: “Realmente, o Senhor ressuscitou e apareceu a Simão!”
35 Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão.
 
Reflexão
 
Os Evangelhos não falam muito do que sentiam as pessoas. São muito objetivos e discretos. Nessa passagem, Lucas registra a lembrança de um momento de grande emoção. Dizem os dois discípulos que seu coração ardia.
Para ambos aquela caminhada ouvindo Jesus, sem saber que era Jesus, foi uma experiência única. Nunca mais foram os mesmos de antes. Jesus agiu em seus corações, transformou-os, e eles começaram a compreender, pelo menos um pouco, os planos de Deus. Por mais distraídos que estejamos em nossa caminhada, temos de estar atentos.
Quando menos esperamos, o Senhor começa a caminhar conosco e a nos falar de coisas estranhas, ou extamente de coisas que estamos precisando ouvir. Será bom aproveitar, sem pressa de chegar.
 
Oração
 
Senhor Jesus, sabeis com que facilidade fico abatido e desorientado com as surpresas que a vida ou, melhor, vós me preparais. De fato, nunca estou preparado. É bom saber que, quando o caminho é longo e a noite vem chegando, estais sempre comigo.
Mesmo quando não vos vejo, ou não sei que sois vós. Ajudai-me a vos perceber, e, mais ainda, não permitais que me faça de desentendido.
Acompanhai meus passos, mesmo quando saio um pouco do caminho, e dizei-me o que preciso ouvir, mas nem sempre quero escutar. Clareai minhas ideias, arrastai minha vontade, dai firmeza a meus passos. Ponho em vós minha esperança; creio que estais vivo a meu lado, mais presente do que todos que mais me amam. Amém. 
 
Fonte: Revista de Aparecida - maio/2014 



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé