Outubro 2013 - Devoção e Fé - Blog Católico

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Missa das Nove Primeiras Sextas-Feiras em honra ao Sagrado Coração de Jesus

 As 9 Primeiras Sextas-Feiras
 com o Sagrado Coração de Jesus

A origem desta devoção deve a Santa Margarida Maria de Alacoque, uma religiosa de uma Congregação conhecida como Ordem da Visitação. A Santa Margarida Maria teve extraordinárias revelações por parte de Jesus Cristo, que a incumbiu pessoalmente de divulgar e propagar no mundo esta piedosa devoção. 
Foram três as aparições de Jesus: A primeira, deu-se a 27 de Dezembro de 1673, a segunda em 1674 e, a terceira, em 1675. Mais tarde, outra religiosa, a Beata Maria do Divino Coração, condessa de Droste zu Vischering, a partir de Portugal estendeu a esta devoção a todo o Mundo por meio de um ato de consagração solene pedido ao Papa Leão XIII.
Jesus deixou doze grandes promessas às pessoas que, aproveitando-se da Sua Divina Misericórdia, participassem das comunhões reparadoras das primeiras sextas-feiras.

A “Grande Promessa”

Esta Grande Promessa trata-se apenas de uma das 12 Promessas de Jesus aos devotos de Seu Sagrado Coração:    «Eu prometo, na excessiva misericórdia do meu Coração, que meu amor todo-poderoso concederá a todos aqueles que comungarem, em nove primeiras sextas-feiras do mês seguidas, a graça da penitência final, que não morrerão na minha desgraça, nem sem receberem seus sacramentos e que o meu divino Coração será o seu asilo seguro no último momento.»

Para merecer a graça da Grande Promessa, é necessário:
 

1- Receber a Santa Comunhão na primeira sexta-feira de cada mês, por nove meses seguidos.
2- Para comungar é INDISPENSÁVEL estar na graça de Deus.
3- Quem tiver pecado grave, deve fazer voa confissão, antes de comungar.
4- O dever da CONFISSÃO é uma lei grave da Igreja, ainda hoje em vigor (veja a página “Eu me confesso assim…”).

O exercício da Hora Santa nas quintas-feiras
 
A consagração do dia da primeira sexta-feira de cada mês deve ser preparada, de véspera, pelo piedoso exercício da “Hora Santa”, prática revelada por Jesus a Santa Margarida Maria:

    “E para me acompanharem na humilde oração que eu apresentei a meu Pai, no meio de todas as minhas angústias, todas as quintas-feiras levantar-te-ás, entre as onze horas e a meia noite, para comigo te prostrares durante uma hora, com o rosto em terra, assim para aplacar a ira divina, pedindo misericórdia para com os pecadores, como para adoçar, de alguma maneira, a amargura que eu sentia com o desamparo em que me deixavam meus apóstolos, o qual me obrigou a lançar-lhes em rosto o não terem podido velar uma hora comigo.”  

Nosso Senhor pedia e pede, ainda hoje, esta santa vigília todas as quintas-feiras. Uma alma fervorosa não recusaria ao boníssimo Jesus velar uma hora em união com Ele, uma vez por mês, ao menos durante a novena de comunhões reparadoras. Mas, como é evidente que nem todos podem fazer essa hora de orações, no horário de onze horas à meia noite, a Igreja antecipou para as duas horas da tarde até à meia-noite.

Durante essa hora devemos meditar nos sofrimentos do Senhor Jesus, principalmente na sua agonia no Horto das Oliveiras. (Devoções)

 Missa do Apostolado da Oração  
em honra ao Sagrado Coração de Jesus

Primeiras Sextas-Feiras

A prática das Primeiras Sextas-Feiras tem sido promovida especialmente pelos membros do Apostolado da Oração,
organização composta por leigos católicos cuja finalidade é a santificação pessoal e a evangelização. O apostolado da Oração pretende conseguir nossa santificação pessoal e a salvação do mundo mediante esta devoção. Trabalha com afinco pela evangelização das famílias, tem uma devoção especial ao Sagrado Coração de Jesus e todos os seus membros rezam diariamente pelas intenções do Santo Padre.
Esta prática e devoção não são um dogma de fé, mas tratando-se de amor e reparação ao Sagrado Coração de Jesus, a Igreja aceita-a e recomenda-a como sinal do nosso amor e já é uma importante tradição na Igreja católica, ligada as doze promessas.
 

Participe, toda 1ª sexta-feira do mês às 7h30:   
Missa do Apostolado da Oração em honra ao Sagrado Coração de Jesus e Adoração ao Santíssimo Sacramento na Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Santos/SP. 
(http://www.paroquiacoracaodejesus.com.br/ )        
 Tel.: (13)3236-8155
Endereço: Av.Bartolomeu de Gusmão, 114
Bairro Aparecida - Santos/SP CEP: 11045-401
Fachada da Igreja Sagrado Coração de Jesus - Santos SP



O que é Apostolado da Oração (História e Devoções)

O que é Apostolado da Oração?

O Apostolado da Oração (sigla AO) é uma organização composta por leigos católicos cuja finalidade é a santificação pessoal e a evangelização.

Seus Estatutos assim o definem: "O Apostolado da Oração constitui a união dos fiéis que, por meio do oferecimento cotidiano de si mesmos, se juntam ao Sacrifício Eucarístico, no qual se exerce continuamente a obra de nossa redenção, e desta forma, pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade apostólica, colaboram na salvação do mundo.”

O Apostolado da Oração é a união de pessoas que procuram consagrar suas vidas a Deus pela oração e pelo testemunho. É um serviço à igreja. A principal devoção é o culto ao Sagrado Coração de Jesus. Os membros do Apostolado encontram na oração e na vida sacramental, a força e a vitalidade. 
O Apostolado da Oração é uma associação de âmbito universal da Igreja Católica. A espiritualidade do Apostolado se baseia no oferecimento do dia, na vivência da Eucaristia, na devoção especial a Nossa Senhora, rezando diariamente o terço, e na invocação do Divino Espírito Santo, fonte de paz e de sabedoria eterna. O Apostolado está sempre em sintonia com o Papa.
Podem participar do Apostolado, pessoas de ambos os sexos, inscrevendo-se como associados, inicialmente, e depois de um determinado prazo de vivência, passarão a Zeladores. A dimensão espiritual, a animação religiosa e a formação das lideranças do Apostolado da Oração cabem ao diretor espiritual.
O Papa João Paulo II assim se expressou: “O testemunho do Coração do Papa e do Coração de Cristo é o Apostolado da Oração.”


História do AO

O AO está intimamente ligado à ordem dos jesuítas, a Companhia de Jesus. Começou em 1884 em um Colégio dessa ordem na França, onde estudantes de filosofia e teologia estavam ansiosos para fazer algum apostolado. Seu orientador lhes fez ver que enquanto eram estudantes não tinham condições para fazer pregação e outros trabalhos de apostolado direto. O que poderiam fazer era oferecer seus estudos, os sacrifícios voluntários e outros atos de piedade. Dois anos depois, este mesmo padre orientador espiritual publicou um livro chamado O Apostolado da Oração. O livro e a devoção obtiveram a aprovação do superior geral da ordem dos jesuítas, e o próprio papa Pio IX aprovou-os em 1849. Um bom teólogo, padre Gautrelet, SJ, deu o embasamento teológico à devoção ao Sagrado Coração, bem como ao AO, e daí por diante a devoção se propagou rapidamente. Em 1861 começou a circular o Mensageiro do Coração de Jesus, como órgão oficial do AO. Passou a ser publicado em várias línguas, e a associação recebeu estatutos próprios e a aprovação oficial do papa.
A sede da associação está em Roma e o superior geral dos jesuítas é também o superior geral do AO. Ele os dirige por intermédio de um delegado e um secretário-geral.

A ideia central, da qual nasceu o AO, é esta: todos os batizados são chamados a cooperar na edificação do Corpo da Igreja e da comunidade de fé. Nem todos o fazem da mesma maneira (Ef 4,16). Nem todos podem trabalhar diretamente como apóstolos e missionários. Mas todos podem e devem fazê-lo por meio da oração e do sacrifício. São Paulo diz (Cl 1,24) que o cristão deve completar em sua pessoa o que falta à Paixão de Cristo, em favor do Corpo de Cristo, a Igreja. Assim, nossa vida torna-se um sacrifício, uma oblação oferecida com Cristo, em Cristo, para a Glória de Deus e a salvação do próximo.

O AO no Brasil

O AO começou no Brasil em Itu, São Paulo, em 1871, por iniciativa do padre Bartolomeu Taddei, SJ, considerado o fundador e propagador do AO no Brasil. Antes disto houve um pequeno centro isolado em Pernambuco, em 1867, mas que não teve projeção nacional. Em 1888 havia cerca de trezentos centros de AO pelo Brasil inteiro, com mais de 400 mil membros. Com a difusão do AO houve um despertar intenso para a Sagrada Eucaristia e a vida de fé. Atualmente, o AO continua a crescer em fervor espiritual e apostólico, em todo o território nacional. (Trechos extraídos do livro de Pe. Otmar Jacob Schwengber, SJ, Apostolado da Oraçãoe MEJ em perguntas e respostas, Edições Loyola, 2011).


Devoções Especiais

Os membros praticam e difundem especialmente as devoções ao Espírito Santo, ao Sagrado Coração de Jesus (por meio da Festa do Sagrado Coração de Jesus, Primeiras Sextas-Feiras do mês, Horas Santas, Entronização do Sagrado Coração de Jesus nos lares e a Consagração das famílias ao Sagrado Coração de Jesus), a Maria, aos Santos Padroeiros (São Francisco Xavier e Santa Teresa do Menino Jesus e da Santa Face) e aos chamados Santos Promotores do culto ao Sagrado Coração de Jesus, com destaque para Santa Margarida Maria Alacoque e a São Cláudio de La Colombiére.

O Apostolado da Oração, que pretende conseguir nossa santificação pessoal e a salvação do mundo mediante a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, contava já em 1917 com 20 milhões de associados. E em 1960 chegava ao dobro em todo o mundo, passando de um milhão na Espanha; suas 200 revistas tinham 15 milhões de inscrições. A maior instituição de todo o mundo.

Fonte: http://www.apostoladodaoracao.com.br/




Oração para libertar-se de uma tristeza causada pela perda de um familiar-Pe Marcelo Rossi


Bom dia irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (31 de outubro), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações "SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!" para a cura da dor da perda dos entes queridos.
O Padre rezou a "Oração para libertar-se de uma tristeza causada pela perda de um familiar" e colocou no Facebook a mesma oração em formato de papiro e cinco maravilhosos cartões que coloquei aqui para vocês. 
Não perca o Momento de Fé do Padre Marcelo, vamos juntos formar uma forte corrente de orações para alcançarmos a cura desta dor. Tudo é possível para aquele que crê!
Uma abençoada semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.  
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:  
SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!

Continuando acalentando corações feridos pela perda de alguém, nesta semana SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!
Amados vamos continuar fechando feridas nos corações daqueles que sofrem com a perda de algum ente querido, com a intercessão de Nosso Senhor Jesus. Sabemos que toda a perda causa dores e tristeza, hoje, vamos focar nossos pedidos para aqueles que perderam as pessoas mais importantes, pais, mães e maridos ou esposas. Como eu disse toda a perda é sentida, mas estas, particularmente, deixam um vazio enorme. Quando perdemos nossos pais, parece que uma grande parte de nossa vida se vai também. Lembramos de toda a nossa existência e muitos demoram muito para se recuperar deste fato. O mesmo ocorre quando as esposas perdem seus maridos ou vice e versa, pois perde-se o parceiro (a) escolhido para dividir conosco a caminhada da vida, 
POR ISSO HOJE VAMOS ORAR POR  TODOS AQUELES QUE PERDEM SEUS PAIS, SUAS MÃES, SEUS MARIDOS OU ESPOSAS, PARA QUE JESUS OS CARREGUE EM SEU COLO E COLOQUE EM SEUS CORAÇÕES O SENTIMENTO DE “SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO”!
Una-se a Rede Eletro-Cristo com Maria e VAMOS ORAR POR TODOS AQUELES QUE PERDEM SEUS PAIS, SUAS MÃES, SEUS MARIDOS OU ESPOSAS, PARA QUE JESUS OS CARREGUE EM SEU COLO E COLOQUE EM SEUS CORAÇÕES O SENTIMENTO DE “SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO”!

 
Oração para libertar-se de uma tristeza causada 
pela perda de um familiar

Liberta-me, Senhor, neste Momento de Fé, no Colo de Jesus, de toda tristeza.
Sopra sobre mim o Teu Espírito Santo que é capaz de curar, transformar e tirar de mim toda marca de tristeza que ficou enraizada em mim em virtude da perda deste familiar (mencione o nome).

Passa, Senhor, por toda minha história e pela vida de meus antepassados.

Rompe com toda tristeza, angústia, depressão e melancolia causada pela perda de meu pai, minha mãe, (meu esposo, minha esposa).
Cura, Senhor, todo meu coração desta dor que muitas vezes me causa um vazio enorme.
Transforma, Senhor, este vazio em Saudade.
Senhor, assumo que sou um bem-aventurado (uma bem-aventurada)!
Assumindo toda a força dessa palavra, Senhor, posso proclamar: 
Sou um bem-aventurado (uma bem-aventurada), não por merecimento, mas por graça, o Senhor me fez um bem-aventurado (uma bem-aventurada)!
Batiza-me no teu Espírito Santo e faz-me nascer de novo.

Que Teu Espírito Santo penetre fundo, tocando, curando, preenchendo, suavizando e trazendo todo o bem, amor, paz, alegria, entusiasmo, graça e bênção desta vida nova.

Obrigado, Senhor, por esse maravilhoso batismo no Espírito Santo, neste Momento De Fé, no Colo de Jesus. Amém!






***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar);
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Oração de cura da perda de entes queridos-Pe Marcelo Rossi


Bom dia irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (30 de outubro), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações "SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!" para a cura da dor da perda dos entes queridos.
O Padre rezou a "Oração de cura da perda de entes queridos" e colocou no Facebook a mesma oração em formato de papiro e cinco maravilhosos cartões que coloquei aqui para vocês. 
Não perca o Momento de Fé do Padre Marcelo, vamos juntos formar uma forte corrente de orações para alcançarmos a cura desta dor. Tudo é possível para aquele que crê!
Uma abençoada semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.  
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:  
SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!

Demos início a uma série de orações fundamentais para arrancar a tristeza da perda de nossos corações, pois o tema é SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!
Amados ontem demos início a uma semana muito emocionante e tocante, pois estamos tratando de perdas. Toda perda de alguém que amamos causa dores em nossos corações e esta dor é fortemente potencializada quando trata-se de uma perda repentina. Algumas vezes pessoas partem desta vida de maneira abrupta, seja devido a um acidente, uma tragédia, ou até uma doença que acomete alguém de maneira irreversível. Quando a perda acontece repentinamente, além de uma dor profunda na nossa alma, ficamos com um sentimento de vazio no coração, uma interrogação em nossas mentes que parece jamais ter uma resposta, POR ISSO AMADOS, HOJE VAMOS FOCAR NOSSAS ORAÇÕES, NAQUELES QUE PERDERAM PESSOAS QUE AMAVAM DE MANEIRA REPENTINA, QUE JESUS AJUDE ESTAS PESSOAS A LEVAREM SEMPRE O SENTIMENTO DE “SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO”!
Una-se a Rede Eletro-Cristo com Maria e VAMOS FOCAR NOSSAS ORAÇÕES, NAQUELES QUE PERDERAM PESSOAS QUE AMAVAM DE MANEIRA REPENTINA, QUE JESUS AJUDE ESTAS PESSOAS A LEVAREM SEMPRE O SENTIMENTO DE “SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO”!

 
Oração de cura da perda de entes queridos

Deus Pai, neste Momento de Fé, no Colo de Jesus, obrigado pela vida do meu ente querido... (diga sempre o nome de(a) que criastes com tanto amor). 

Na vossa infinita bondade, quisestes que ele fizesse parte de minha vida.
Eu creio que foi o Senhor quem lhe deu a vida e que ele(a) morreu não por vossa culpa. 


Terminou seu tempo neste mundo. Como eu gostaria que ele (a) estivesse aqui comigo.

Deus Pai, não quero mais reclamar e exigir a presença dele (a) comigo. Isto já não é mais possível.
 

Deus pai, eu vos agradeço e vos louvo pelo tempo que ele (a) esteve comigo.

Quero vos entregar para sempre meu ente querido (diga o nome de seu ente querido). Ele saiu das vossas mãos. 


Acolhei-o, agora, em Vossos braços e perdoai seus pecados, como acolhestes e perdoastes o filho pródigo.

Pai, enviai vosso Espírito Santo, para que Ele cure meu coração desta dor em decorrência da perda de meu ente querido, principalmente da forma como foi, tão inesperada.


Vinde, Espírito Santo, preenchei o vazio que ficou em mim pela falta deste meu ente querido.

Espírito Santo, apagai dentro de mim a imagem de quando o vi morto.


Não quero mais lembrá-lo desfigurado, frio e sem vida.


Espírito Santo, limpai-me destas imagens negativas. Fazei-me relembrar, agora, aquelas imagens mais lindas que tive dele(a).


Jesus, curai meu coração, para que eu sempre lembre do meu ente querido (diga o nome de seu ente querido) com essas imagens lindas, (diga o nome da pessoa), eu o perdôo, por você ter morrido, por não estar mais comigo e me causar esta dor. 


Eu, (diga seu nome), me perdôo por todas as coisas que fiz contra você (diga o nome de seu ente querido).

Não pude pedir-lhe perdão. Onde quer que você esteja, eu lhe peço perdão, por aquilo que o ofendi.


Maria, colocaram Jesus em vossos braços, quando o tiraram da cruz e eu também entrego e consagro para sempre este meu ente querido e minha vida para vós.


Cuidai dele e de mim. Maria minha Mãe, ajudai-me seguir a Jesus, para que, por toda a eternidade, eu possa viver feliz junto com este meu ente querido. Amém!

Pai Nosso e Ave-Maria.







***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



terça-feira, 29 de outubro de 2013

Release do livro Celebrar o Ano Litúrgico-Tempo Comum e Festas


 Release do livro:
Celebrar o Ano Litúrgico - Tempo Comum e Festas

O Padre Guillermo D. Micheletti, autor de mais de 10 livros religiosos, lança agora a obra Celebrar o Ano Litúrgico - Tempo Comum e Festas pela Editora Ave-Maria. A publicação mostra como preparar e celebrar o Tempo Comum e as Festas do Ano Litúrgico, levando o leitor a vivenciar mais profundamente esse período e a compreender sua importância para a Igreja.

 “A denominação de “Tempo Comum” (TC), ou Tempo per annum, isto é, tempo “durante o ano” ou “ordinário”, deriva do latim ordo (ordem), que indica um ordenamento estruturado, organizado, fundamental.”(p.7)

Considerando a divisão das leituras nos anos A, B, e C (sendo cada ano os evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas respectivamente), a obra destaca os temas dos domingos do Tempo Comum e das Festas ao longo do Ano Litúrgico, incluindo suas referências bíblicas. 

“O Tempo Comum nos lembra de que a contemplação é o centro da vida cristã, o lugar onde a mente de Cristo e a nossa se harmonizam mutuamente, onde integramos as preocupações deste mundo sintonizando-as com as do mundo vindouro”.  (p.7)

O autor explica que o TC é um tempo indispensável, que envolve o mistério pascal de modo progressivo e profundo. Para que a comemoração seja entendida de uma melhor forma, a obra oferece desde aspectos históricos de Solenidades (como a do Sagrado Coração de Jesus, por exemplo) até sugestões litúrgico-catequéticas para a celebração. 

“...é período extraordinário, para o qual somos convidados a enxergar o mundo através dos olhos de Jesus, para aprender a sutil arte de viver a vida por Ele, com Ele e nele. É o tempo propício para mergulhar nas Escrituras e crescermos na fé;” (p.12)

Além de enfatizar a figura de Cristo, o livro mostra que também são feitas celebrações à Nossa Senhora e outros santos, enriquecendo a fé católica. É importante salientar que o foco principal está em Jesus e na palavra de Deus. Citando o livro de Gênesis (1,26), padre Guillermo exalta o amor celestial:

“O amor de Deus tomará totalmente conta de nosso ser, ao ponto de nos tornarmos iguais a Ele. Agora, a visão que temos de Jesus Cristo pela fé é naturalmente limitada e imperfeita, pois nossa atual condição não comporta a visão de Deus. Quando, porém estivermos face a face, o veremos como Ele é de fato, purificados em toda esperança e incendiados no fogo da eterna caridade.”(p.86)

Tempo Comum e Festas traz sugestões litúrgico-catequéticas valiosas para as equipes de liturgia, ministros da Palavra, catequistas e todos os que se empenham em tornar as celebrações ainda mais significativas. A obra é a quinta e última da série Celebrar o Ano Litúrgico que conta com os seguintes títulos: Páscoa e Pentecostes, Advento e Natal, Quaresma e Semana Santa e Tempo dos Homens e Jesus Cristo.
Ficha técnica:
Editora Ave-Maria

Autor: Guillermo D. Micheletti
I.S.B.N.: 978-85-276-1414-6
Formato: 12x18
Indicação: Equipes de liturgia, ministros da Palavra, catequistas e católicos em geral
Número de Paginas: 104
Ano: 2013

Preço: R$ 13,90


Sobre o autor:
Padre Guillermo Daniel Micheletti é natural de Córdoba, Argentina. É licenciado em Córdoba, Argentina. É licenciado em Ciências da Educação, na faculdade Auxilium, em Roma. Exerce desde 1995 o ministério sacerdotal na Diocese de Santo André, município da Grande São Paulo, onde atua como professor de Pastoral Catequética no Instituto de Teologia de Santo André. É membro do grupo de catequetas da dimensão bíblico-catequética da CNBB e membro fundador da Sociedade Brasileira de Catequetas. É autor de Catequese litúrgica: a missa explicada; Celebrar o ano litúrgico: tempo dos homens em Jesus Cristo; Celebrar o ano litúrgico: Advento e Natal; Celebrar o ano litúrgico: Quaresma e Semana Santa; Celebrar o ano litúrgico: Páscoa e Pentecostes; Como proclamar a Palavra: orientações técnicas para leitores e animadores; Formação e orientações práticas para ministros da Sagrada Comunhão.
 
Mais informações:
Lilian Comunica – Assessoria de Imprensa
(11) 2275-6787 
comunicacao@liliancomunica.com.br
assessoria@liliancomunica.com.br
Curta a nossa página no https://www.facebook.com/liliancomunica
www.liliancomunica.com.br
 






Oração pelos Falecidos-Pe Marcelo Rossi


Bom dia irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (29 de outubro), o Padre Marcelo Rossi iniciou a semana de orações "SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!" para a cura da dor da perda dos entes queridos.
O Padre rezou a "Oração pelos Falecidos" e colocou no Facebook a mesma oração em formato de papiro e cinco maravilhosos cartões que coloquei aqui para vocês. 
Não perca o Momento de Fé do Padre Marcelo, vamos juntos formar uma forte corrente de orações para alcançarmos a cura desta dor. Tudo é possível para aquele que crê!
Uma abençoada semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.  
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:  
SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!

Amados, vamos começar um série de orações, com um tema que toca no mais profundo da nossa alma, SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!
Amados vamos entrar em uma semana em que as pessoas costumam ser tocadas de maneira muito especial, pois vamos mexer em feridas muito difíceis de serem cicatrizadas, vamos falar de perda. Todos nós sofremos ao perder pessoas que amamos, mas é como eu sempre digo: “Só deixa saudade quem foi amor”, por mais que tenhamos esta certeza em nossos corações, sempre dói não podermos mais ter o contato físico, as conversas, os abraços, com aqueles que marcaram nossa existência. POR ISSO AMADOS, VAMOS ORAR COM TODO FERVOR, PARA QUE TODOS QUE SOFREM A DOR DA PERDA, FIQUEM APENAS COM O SENTIMENTO DE “SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO”!
Una-se a Rede Eletro-Cristo com Maria e VAMOS ORAR COM TODO FERVOR, PARA QUE TODOS QUE SOFREM A DOR DA PERDA, FIQUEM APENAS COM O SENTIMENTO DE “SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO”!

 
Oração pelos Falecidos

Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso, neste Momento de Fé, no Colo de Jesus, nós Vos pedimos por... (mencione o nome de seu ente querido falecido), que chamastes deste mundo.
 
Dai-lhe a felicidade, a luz e a paz.
 
Que ele tendo passado pela morte, participe do convívio de Vossos santos na luz eterna, como prometestes a Abraão e à sua descendência.

Que a sua alma nada sofra, e Vos digneis ressuscitá-lo com os Vossos santos no dia da ressurreição e da recompensa.

Perdoai-lhe os pecados para que alcance junto a Vós a vida imortal no reino eterno.

Por Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
(Rezar: Pai Nosso e Ave Maria) 

Dai-lhe, Senhor, o repouso eterno e brilhe para ele Vossa Luz! Amém! 







***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Oração de Louvor e Agradecimento a São Judas Tadeu-Pe Marcelo Rossi


Bom dia irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (28 de outubro), Dia de São Judas Tadeu, o Padre Marcelo Rossi terminou a semana "É a hora de por um fim nas nossas causas mais difíceis e desesperadas pois vamos entregá-las a SÃO JUDAS TADEU!"
O Padre rezou a "Oração de Louvor e Agradecimento a São Judas Tadeu" e colocou no Facebook a mesma oração em formato de papiro e cinco maravilhosos cartões que coloquei aqui para vocês. 
Não perca o Momento de Fé do Padre Marcelo, vamos juntos formar uma forte corrente de orações para alcançarmos as graças de que tanto precisamos! Tudo é possível para aquele que crê!
Uma abençoada semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.  
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:  
HOJE, 28 DE OUTUBRO, VAMOS POR UM FIM NAS NOSSAS CAUSAS MAIS DIFÍCEIS E DESESPERADAS POIS HOJE É O DIA DE SÃO JUDAS TADEU!

Hoje, no dia em homenagem ao santo das causas impossíveis, vamos contar mais do que nunca com a INTERCESSÃO DE SÃO JUDAS TADEU, PELAS NOSSAS CAUSAS MAIS DIFÍCEIS E DESESPERADAS!
Amados é hoje! Vamos transformar todas as situações mais adversas de nossas vidas, em bênçãos de Deus através da poderosíssima intercessão do Santo das causas mais díceis, do Santo invocado nos momentos de maiores aflições e angústias, do Santo que cruelmente assassinado por defender com todo fervor do coração os ensinamentos de nosso Senhor Jesus, de quem, inclusive era  primo direto, São Judas Tadeu! Todos passam por momentos difíceis ou enfrentam problemas que parecem não ter solução, POR ISSO AMADOS HOJE É O DIA, HOJE É O MOMENTO CERTO, NO KAIRÓS DE DEUS, PARA ENTREGARMOS OS NOSSOS MAIORES PROBLEMAS NAS MÃOS DE SÃO JUDAS TADEU!
Una-se a Rede Eletro-Cristo com Maria e VAMOS ENTREGAR NOSSOS MAIORES PROBLEMAS À SÃO JUDAS TADEU!

 
Oração de Louvor e Agradecimento a São Judas Tadeu

Ó dulcíssimo Senhor Jesus, neste Momento de Fé, no Teu Colo, em união com o louvor celeste, inefável, com o qual a Santíssima Trindade se louva a si mesma e que se repercute sobre a vossa Humanidade bendita, sobre Maria, os Anjos e os Santos, eu Vos louvo, Vos exalto e Vos bendigo por todos os favores e por todos os privilégios que concedestes a São Judas Tadeu, escolhendo-o para Vosso Apóstolo. 

Pelos seus méritos, peço-Vos que me concedais a Vossa graça e que, por sua intercessão, me fortifiqueis e me defendais da ação dos meus inimigos e na hora da morte. Amém!

(3 Pai Nossos, 3 Ave Marias, 3 Glórias ao Pai).







***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



Papa Francisco: Homilia e Oração na Missa da Jornada da Família (27/10/2013)

 Papa Francisco: rezar juntos, em família, 
é muito bonito e dá muita força!

Cidade do Vaticano (RV) - Mais de cem mil pessoas participaram da missa presidida pelo Santo Padre na Jornada da Família, iniciativa que se insere no âmbito do Ano da Fé. Em sua homilia, o Pontífice ressaltou que as Leituras deste XXX Domingo do Tempo Comum "nos convidam a meditar sobre algumas características fundamentais da família cristã".
O Santo Padre concluiu com uma premente exortação: "Caras famílias, vivam sempre com fé e simplicidade, como a santa Família de Nazaré. A alegria e a paz do Senhor estejam sempre com vocês!"
Confira abaixo a homilia na íntegra e a oração do angelus no final da postagem.

SANTA MISSA PARA A JORNADA DA FAMÍLIA
POR OCASIÃO DO ANO DA FÉ

HOMILIA DO PAPA FRANCISCO

Praça de São Pedro
Domingo, 27 de Outubro de 2013


As leituras deste domingo nos convidam a meditar sobre algumas características fundamentais da família cristã.

  1  A primeira: a família reza. A passagem do Evangelho destaca dois modos de rezar: um falso – o do fariseu – e outro autêntico – o do publicano. O fariseu encarna uma postura que não expressa tanto agradecimento a Deus pelos seus benefícios e pela sua misericórdia, como, sobretudo, autossatisfação. O fariseu se sente justo, se sente com a consciência tranquila, se vangloria disto e julga os demais do alto do seu pedestal. O publicano, ao contrário, não multiplica as palavras. A sua oração é humilde, sóbria, permeada pela consciência da própria indignidade, das próprias misérias: este homem verdadeiramente se reconhece necessitado do perdão de Deus, da misericórdia de Deus.

A oração do publicano é a oração do pobre, é a oração agradável a Deus que, como fala a primeira leitura, subirá até as nuvens (cf. Eclo 35, 20), enquanto a oração do fariseu está sobrecarregada pelo peso da vaidade.

À luz desta Palavra, queria vos perguntar, queridas famílias: Rezais algumas vezes em família? Alguns, eu sei que sim. Mas, muitos me perguntam: Mas, como se faz? Faz-se como o publicano, está claro: com humildade, diante de Deus. Cada um com humildade se deixa olhar pelo Senhor e pede a sua bondade, que venha até nós. Mas, na família, como se faz? Porque parece que a oração seja uma coisa pessoal; além disso, nunca se encontra um momento oportuno, tranquilo, em família... Sim, isso é verdade, mas é também questão de humildade, de reconhecer que precisamos de Deus, como o publicano! E todas as famílias, todos nós precisamos de Deus: todos, todos! Há necessidade da sua ajuda, da sua força, da sua bênção, da sua misericórdia, do seu perdão. E é preciso simplicidade: para rezar em família, é necessária simplicidade! Rezar juntos o “Pai Nosso”, ao redor da mesa, não é algo extraordinário: é fácil. E rezar juntos o Terço, em família, é muito belo; dá tanta força! E também rezar um pelo outro: o marido pela esposa; a esposa pelo marido; os dois pelos filhos; os filhos pelos pais, pelos avós... Rezar um pelo outro. Isto é rezar em família, e isto fortalece a família: a oração.

  2  A segunda Leitura nos sugere outro ponto: a família guarda a fé. O apóstolo Paulo, no ocaso da sua vida, faz um balanço fundamental, e diz: «guardei a fé» (2Tm 4,7). Mas, como a guardou? Não em um cofre! Nem a escondeu debaixo da terra, como o servo um pouco preguiçoso dos talentos. São Paulo compara a sua vida com uma batalha e com uma corrida. Guardou a fé, porque não se limitou a defendê-la, mas a anunciou, irradiou-a, levou-a longe. Opôs-se de modo decidido àqueles que queriam conservar, “embalsamar” a mensagem de Cristo nos limites da Palestina. Por isso, tomou decisões corajosas, penetrou em territórios hostis, deixou-se atrair pelos que estavam longe, por culturas diferentes, falou francamente, sem medo. São Paulo guardou a fé, porque, como a tinha recebido, assim a entregou, dirigindo-se às periferias, sem se fincar em posições defensivas.

Aqui também, podemos perguntar: De que modo nós, em família, guardamos a nossa fé? Conservamo-la para nós mesmos, na nossa família, como um bem privado, como uma conta no banco, ou sabemos partilhá-la com o testemunho, com o acolhimento, com a abertura aos demais? Todos sabemos que as famílias, sobretudo as jovens famílias, estão frequentemente “correndo”, muito atarefadas; mas já pensastes alguma vez que esta “corrida” pode ser também a corrida da fé? As famílias cristãs são famílias missionárias. Ontem escutamos, aqui na praça, o testemunho de famílias missionárias. Elas são missionárias também na vida quotidiana, fazendo as coisas de todos os dias, colocando em tudo o sal e o fermento da fé! Guardai a fé em família e colocai o sal e o fermento da fé nas coisas de todos os dias.

  3 E há um último aspecto que tiramos da Palavra de Deus: a família vive a alegria. No Salmo Responsorial, encontramos esta expressão: «ouçam os humildes e se alegrem» (33,4). Todo este Salmo é um hino ao Senhor, fonte de alegria e de paz. Qual é o motivo desta alegria? É este: o Senhor está perto, escuta o grito dos humildes e os liberta do mal. Como escrevia São Paulo: «Alegrai-vos sempre... O Senhor está próximo!» (Fl 4,4-5). Pois bem... gostaria de fazer uma pergunta hoje. Mas, cada um leva esta pergunta no seu coração, para a sua casa, certo? É como um dever de casa. E responde-se sozinho. Como se vive a alegria, na tua casa? Como se vive a alegria na tua família? Bem, dai vós mesmos a resposta.

Queridas famílias, como bem sabeis, a verdadeira alegria que se experimenta na família não é algo superficial, não vem das coisas, das circunstâncias favoráveis... A alegria verdadeira vem da harmonia profunda entre as pessoas, que todos sentem no coração, e que nos faz sentir a beleza de estarmos juntos, de nos apoiarmos uns aos outros no caminho da vida. Mas, na base deste sentimento de alegria profunda está a presença de Deus, a presença de Deus na família, está o seu amor acolhedor, misericordioso, cheio de respeito por todos. E, acima de tudo, um amor paciente: a paciência é uma virtude de Deus e nos ensina, na família, a ter este amor paciente, um com o outro. Ter paciência entre nós. Amor paciente. Só Deus sabe criar a harmonia a partir das diferenças. Se falta o amor de Deus, a família também perde a harmonia, prevalecem os individualismos, se apaga a alegria. Pelo contrário, a família que vive a alegria da fé, comunica-a espontaneamente, é sal da terra e luz do mundo, é fermento para toda a sociedade.

Queridas famílias, vivei sempre com fé e simplicidade, como a Sagrada Família de Nazaré. A alegria e a paz do Senhor estejam sempre convosco!


Fonte: Vatican.VA 

Angelus: Papa confia famílias do mundo inteiro a Maria, 
sobretudo as que se encontram em dificuldades

Cidade do Vaticano (RV) - Pouco antes do término da missa celebrada na manhã deste domingo no adro da Basílica Vaticana, Francisco fez uma oração diante do ícone da Sagrada Família:

"Sagrada Família de Nazaré, dai-nos o olhar límpido que sabe reconhecer a obra da Providência nas realidades cotidianas da vida (...), transformai as nossas famílias em pequenas Igrejas domésticas, renovai o desejo da santidade, sustentai a nobre fadiga do trabalho, da educação, da escuta, da recíproca compreensão e do perdão"...

"Santa Família de Nazaré, despertai em nossa sociedade a consciência do caráter sagrado e inviolável da família, bem inestimável e insubstituível. Que toda família seja morada acolhedora de bondade e de paz." 


E antes da oração mariana do Angelus, recitada no adro da Basílica, o Santo Padre saudou e agradeceu a todos os peregrinos e às famílias provenientes de vários países. Para elas e, de modo particular, para as famílias que vivem situações de maiores dificuldades, invocou a proteção de Maria.

Enfim, saudou os bispos e fiéis da República da Guiné Equatorial, presentes por ocasião da ratificação do Acordo entre o Estado africano e a Santa Sé.

"Que a Virgem Imaculada proteja o vosso amado povo e obtenha para vós progredir no caminho da concórdia e da justiça."
Ao concluir, antes de desejar a todos um bom domingo e bom almoço, agradeceu pela festa de sábado à tarde e pela missa desta manhã no adro da Basílica de São Pedro. (RL)


 Clique para visualizar em tamanho maior
 (foto https://www.facebook.com/radiovaticanobrasil)



sábado, 26 de outubro de 2013

Oração a São Judas Tadeu para se rezar nas situações difíceis-Pe Marcelo Rossi


Boa tarde irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (26 de outubro), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana "É a hora de por um fim nas nossas causas mais difíceis e desesperadas pois vamos entregá-las a SÃO JUDAS TADEU!"
O Padre rezou a "Oração a São Judas Tadeu para  se rezar nas situações difíceis" e colocou no Facebook a mesma oração em formato de papiro e cinco maravilhosos cartões que coloquei aqui para vocês. 
Não perca o Momento de Fé do Padre Marcelo, vamos juntos formar uma forte corrente de orações para alcançarmos as graças de que tanto precisamos! Tudo é possível para aquele que crê!
Um abençoado fim de semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.  
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:  
É A HORA DE POR UM FIM NAS NOSSAS CAUSAS MAIS DIFÍCEIS E DESESPERADAS POIS VAMOS ENTREGÁ-LAS A SÃO JUDAS TADEU!

Chegando ao fim deste semana incrível, vamos iniciar o Tríduo pela INTERCESSÃO DE SÃO JUDAS TADEU, PELAS NOSSAS CAUSAS MAIS DIFÍCEIS E DESESPERADAS!
Amados, nesta semana incrível em que oramos todos os dias com o santo das causas impossíveis, das causas mais difíceis, e colocamos problemas muito sérios, que atrapalham de maneira significativa a vida de muitas e muitas pessoas. Por isso, hoje, vamos iniciar um tríduo totalmente especial e diferente, em honra a São Judas Tadeu, para que todos os problemas que impedem o nosso desenvolvimento pessoal ou profissional. Portanto Amados, avisem a todos que vocês amam e vamos alcançar as graças mais impossíveis. É HOJE, VAMOS INICIAR O TRÍDUO ESPECIAL À SÃO JUDAS TADEU!
Una-se a Rede Eletro-Cristo com Maria e HOJE VAMOS INICIAR UM TRÍDUO ESPECIAL À SÃO JUDAS TADEU!

 
Oração a São Judas Tadeu para
se rezar nas situações difíceis

Glorioso São Judas, ilustre Apóstolo e mártir de Jesus Cristo, resplandecente de virtudes e de milagres, fiel e pronto advogado dos que vos veneram e tem confiança em vós, vós sois o patrono e o poderoso auxílio nas situações difíceis. 
Por isso, neste Momento de Fé, no Colo de Jesus, eu recorro e recomendo-me a vós. Vinde em meu auxilio, eu vos suplico, com a vossa poderosa intercessão, pois obtivestes de Deus o privilegio de ajudar os que perderam toda a esperança. 
São Judas Tadeu, neste tríduo, dignai-vos baixar os vossos olhos sobre mim; sobre esta situação (mencione qual é a situação) que de uma forma ou de outra vem impedindo o meu desenvolvimento na minha vida pessoal (profissional).
Desde já agradeço, bendito SÃO JUDAS TADEU, pois creio na vossa  intercessão junto a Deus e tenho certeza que no Kairós, já deu tudo certo. Amém!







***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Oração pedindo a intercessão de São Judas Tadeu para realizar a prova do Enem ou qualquer outra prova-Pe Marcelo Rossi


Boa tarde irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (25 de outubro), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana "É a hora de por um fim nas nossas causas mais difíceis e desesperadas pois vamos entregá-las a SÃO JUDAS TADEU!"
O Padre rezou a "Oração pedindo a intercessão de São Judas Tadeu para  realizar a prova do Enem ou qualquer outra prova" e colocou no Facebook a mesma oração em formato de papiro e cinco maravilhosos cartões que coloquei aqui para vocês. 
Não perca o Momento de Fé do Padre Marcelo, vamos juntos formar uma forte corrente de orações para alcançarmos as graças de que tanto precisamos! Tudo é possível para aquele que crê!
Um abençoado fim de semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.  
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:  
É A HORA DE POR UM FIM NAS NOSSAS CAUSAS MAIS DIFÍCEIS E DESESPERADAS POIS VAMOS ENTREGÁ-LAS A SÃO JUDAS TADEU!

Vamos caminhando para o final de uma semana cheia de libertações, arrancando males de nossos corações e de nossas vidas, através da INTERCESSÃO DE SÃO JUDAS TADEU, PELAS NOSSAS CAUSAS MAIS DIFÍCEIS E DESESPERADAS!
Amados, que semana linda, repleta de males arrancados da nossa vida, através do santo das causas impossíveis São Judas Tadeu. Hoje vamos pensar nos nossos jovens, pois vamos orar para que São Judas Tadeu ajude a todos os jovens que precisam fazer o Exame Nacional do Ensino Médio. Para muitos jovens que precisam fazer o Enem, ou qualquer outra prova importante, esta é uma tarefa dificílima ou impossível. Devido a correria do dia a dia, muitos não conseguem estudar da maneira devida e acabam ficando em pânico em momentos de provas. Outros são atrapalhados pelo puro nervosismo e não conseguem a concentração e calma necessárias para a realização de um bom exame, por isso Amados, HOJE VAMOS ORAR PEDINDO A INTERCESSÃO DE SÃO JUDAS TADEU, PARA QUE TODOS OS NOSSOS JOVENS CONSIGAM TER UM BOM DESEMPENHO NO ENEM OU QUALQUER OUTRA PROVA!
Una-se a Rede Eletro-Cristo com Maria e HOJE VAMOS ORAR PEDINDO A INTERCESSÃO DE SÃO JUDAS TADEU, PARA QUE TODOS OS NOSSOS JOVENS CONSIGAM TER UM BOM DESEMPENHO NO ENEM OU QUALQUER OUTRA PROVA!

 
Oração pedindo a intercessão de São Judas Tadeu para
realizar a prova do Enem ou qualquer outra prova

São Judas Tadeu, glorioso Apóstolo, fiel servo e amigo de Jesus, o nome do traidor foi causa de que fosseis esquecido por muitos, mas a Igreja vos honra e invoca universalmente como patrono nos casos desesperados, nos negócios sem remédios.

Neste Momento de Fé, no Colo de Jesus, vos peço:


Rogai por mim que sou tão miserável. Fazei uso, eu vos peço, desse particular privilégio que vos foi concedido, de trazer visível e imediato auxílio, onde o socorro desapareceu quase por completo.

Assisti-me nesta grande necessidade, para que possa receber as consolações e o auxílio do Céu em todas as minhas precisões, atribulações e sofrimentos, alcançando-me a graça de que eu, e todos que vão fazer a prova do Enem ou qualquer outra prova possam com confiança e segurança ter um bom desempenho, pois creio que com vossa intercessão e no Kairós, JÁ DEU TUDO CERTO.

Eu vos prometo, ó bendito São Judas, lembrar-me sempre deste grande favor, e nunca deixar de vos honrar, como meu especial e poderoso patrono, e fazer de tudo o que estiver a meu alcance para incentivar a devoção para convosco. Amém!


São Judas Tadeu, rogai por nós que vamos fazer alguma prova e por todos que vos honram e invocam o vosso auxílio.







***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé