Papa Emérito Bento XVI celebra Missa para seus ex-alunos - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 1 de setembro de 2013

Papa Emérito Bento XVI celebra Missa para seus ex-alunos

 Papa Emérito Bento XVI celebra Missa para seus ex-alunos

Da Redação, com Rádio Vaticano em italiano


Estamos no caminho certo se tentamos nos tornar pessoas que “descem” para servir e levar a gratuidade de Deus. Assim disse o Papa Emérito Bento XVI na Missa celebrada na manhã deste domingo, 2, na capela do Governatorato no Vaticano. A celebração foi por ocasião do encerramento do tradicional encontro do professor Ratzinger com seus ex-alunos, os “Ratzinger Schuelerkreis”.

O encontro dos alunos aconteceu como de costume em Castel Gandolfo, mas neste ano não contou com a participação do Papa Emérito. Esta 38º edição da reunião foi dedicada ao tema “A questão de Deus diante da secularização”.

Todos na vida querem encontrar o seu lugar bom, mas qual é verdadeiramente este lugar? A homilia de Bento XVI foi, no fundo, uma resposta a esta pergunta e partiu do Evangelho deste domingo, no qual Jesus convida a tomar o último lugar.

“Um lugar que pode parecer muito bom, pode revelar-se um lugar muito ruim”, observou o Papa Emérito, fazendo referência ao que já aconteceu neste mundo, também nos últimos anos, onde se vê como “os primeiros” foram derrubados e de repente transformaram-se “últimos” e aquele lugar que parecia bom estava “errado”.

“Jesus nos diz que o lugar certo é aquele próximo a Ele, o lugar de acordo com Sua medida”, disse.  Bento XVI destacou que independente do lugar que a história queira atribuir a cada um, o que é determinante é a responsabilidade diante de Deus, e a responsabilidade pelo amor, pela justiça e pela verdade.

O Papa Emérito fez também na homilia uma catequese sobre o sentido do abaixamento, da humilhação de Cristo e sobre a essência do amor de Deus. “A Cruz na história, é o último lugar (...), mas João, no Evangelho, vê esta humilhação extrema como a verdadeira exaltação”.

A Missa foi concelebrada com Bento XVI pelos cardeais Kurt Koch, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos e Christoph Schönborn, arcebispo de Viena. Também concelebraram os arcebispos Georg Gaenswein, prefeito da Casa Pontifícia e Barthelemy Adoukonou, secretário do Pontifício Conselho da Cultura, além do bispo auxiliar de Hamburgo, Dom Hans-Jochen Jaschke. 

 --------------------------------------
Ratzinger Schuelerkreis

Os estudiosos que fazem parte do “Ratzinger Schuelerkreis” - grupo de alunos que realizou seu doutorado sob a orientação de Bento XVI - se reúne desde 1978. 

O Padre Joseph Fessio, sacerdote jesuíta, fundador da editora Ignatius Press e membro do grupo explicou que a ideia de reunir-se surgiu quando Joseph Ratzinger foi eleito Arcebispo de Munique-Freising na Alemanha no ano anterior. As reuniões prosseguiram depois que o então Arcebispo começou a trabalhar no Vaticano como Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé desde 1981.

Em 2005, quando foi eleito Papa, os membros do círculo pensaram que as reuniões tinham chegado a seu fim, mas não foi assim. O mesmo Bento XVI “disse que queria continuar encontrando-se conosco”. O círculo dos alunos de Joseph Ratzinger é formado por 50 pessoas, embora nos encontros a presença seja de 25 ou 30 deles.

Cada ano se trata de um tema diferente. O do ano passado foi o ecumenismo. O Padre Fessio afirmou que “o Professor Ratzinger era igual a quando foi Papa: simples, humilde, muito claro para ensinar. Um dos melhores professores que conheci na minha vida”.


Fonte: Canção Nova



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé