O Precursor-2º Domingo do Advento - Devoção e Fé - Blog Católico

sábado, 8 de dezembro de 2012

O Precursor-2º Domingo do Advento

 O Precursor
2º Domingo do Advento
Evangelho de Lc 3,1-6

No ano décimo quinto do império de Tibério César, quando Pôncio Pilatos era governador da Judeia, Herodes tetrarca da Galileia, seu irmão Filipe tetrarca da Itureia e da Traconítide, Lisânias tetrarca de Abilene, sendo sumos sacerdotes Anás e Caifás, a palavra de Deus foi dirigida a João, filho de Zacarias, no deserto.
E ele percorreu toda a região do Jordão, proclamando um batismo de arrependimento para a remissão dos pecados, conforme está escrito no livro das palavras do profeta Isaías: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, tornai retas suas veredas; todo vale será aterrado, toda montanha ou colina será abaixada; as vias sinuosas se transformarão em retas e os caminhos acidentados serão nivelados. E toda a carne verá a salvação de Deus.

Lucas apresenta João Batista como o último dos profetas do antigo testamento. Podemos deduzir isso pelo seus modo de descrevê-lo, pois os escritos proféticos também começam apresentando o contexto histórico no qual se desenrola a atividade profética, na qual a protagonista é a palavra de Iahweh. Ela não é uma teoria, mas tem coordenadas históricas e geográficas bem concretas.

Há um lugar privilegiado no qual Deus falou como um esposo ao seu povo, o deserto (cf. Os 2,16). E no deserto de Judá, "a palavra de Deus foi dirigida a João, filho de Zacarias" (Lc 3,2). Quem fala através de sua voz é a palavra. Quando a palavra se tornar visível, a voz desaparecerá. A palavra não é somente um grito, um chamado à conversão, mas sendo palavra de Deus começa já a se perceber a sua eficácia. De fato, o trecho termina com uma afirmação, dizendo: "E toda carne (todo homem) verá a salvação de Deus" (v. 6).

É a experiência mais espantosa que a comunidade cristã primitiva havia feito: ver resplandecer a vida e a imortalidade mediante o anúncio do evangelho (cf. 2 Tm 1,10). Era o anúncio itinerante como o de João, que percorreu "toda a região do rio Jordão" (v. 3). Concretizava-se na descida das águas do Jordão, significado pela fonte batismal. Aí se deixava o corpo de pecado e acontecia uma conversão, pois surgia uma criatura nova, que o batismo de João prometia. É uma salvação que "toda carne (todo homem) verá" (v. 6). Está à disposição de todos os homens e não somente dos judeus. Então todos são convidados a prepararem "o caminho do Senhor" (v. 4). Essa estrada não é material, mas um caminho interior através do qual o Verbo de Deus pode entrar dentro do homem e tomar o seu lugar no coração dele.

Fonte: Revista O Mílite - dezembro/2012



Um comentário :

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé