Cura Através Dos Sacramentos Da Igreja Católica - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Cura Através Dos Sacramentos Da Igreja Católica

O Catecismo da Igreja Católica afirma que os  sacramentos são sinais sensíveis e eficazes da graça, instituídos por Cristo e confiados à Igreja, mediante os quais nos é concedida a vida divina. Os sacramentos possuem um selo espiritual de proteção divina, configurando o cristão a Cristo, sendo, pois, consagrado ao culto divino e ao serviço da Igreja.  
São sete os sacramentos: Batismo, Confirmação – Crisma, Eucaristia, Penitência – Confissão, Unção dos Enfermos, Ordem e Matrimônio. 
O Espírito Santo cura e transforma aqueles que os sacramentos recebem. [1] 

Cura Sacramental
Pe. Robert DeGrandis, S.S.J

"Se alguém está doente, chamem os anciãos da igreja; eles ungirão o doente com óleo e orarão por eles" (Tg 5,14).

Os sacramentos são canais do amor curador de Deus. O Concílio Vaticano II fala dos sacramentos como sendo remédios físicos e espirituais. Consideremos, pois, cada sacramento dentro do contexto de cura.

Batismo: 

Através das águas do Batismo somos espiritualmente limpos e iniciamos nossa entrada para a família de Deus. O Batismo pode ser encarado como o mais importante sacramento de cura, o qual nos habilita a sermos recebidos como filhos e filhas de Deus.
Através do batismo acreditamos na ocorrência de uma modificação radical na criança e no adulto; acreditamos que uma nova vida emerge neles desde o momento em que o Espírito Santo passa a habitá-los quando são batizados. Nesse sacramento o batizando dá uma guinada para Deus, abrindo uma oportunidade para que o Seu poder curador flua.

Francis McNutt conta de uma criancinha que ia ser batizada numa casa, em St. Louis. Iam proceder à imersão do bebê (o que é permitido dentro do novo rito) e ele disse à mãe: "Quer que eu mergulhe a criança?" Ela respondeu: "Bem, eu não quero; ficaria constrangida se o senhor lhe tirass a fralda pois ela está com uma grande assadura". Mas, no último momento, resolveram imergir a criança e depois, quando a mãe foi trocr a fralda, viu que a assadura havia desaparecido por completo. O bebê fora curado durante o Batismo porque há um poder espiritual agindo em nós; o Espírito age em todas as áreas de nosso ser: espírito, mente e corpo.

Sacramento da Confirmação: 

A Confirmação também é um sacramento de cura. Na Confirmação recebemos do Cristo um mandato pelo qual nos tornaremos cristãos maduros para testemunharmos a Sua vida e o Seu amor. Somos chamados a ser testemunhas de Jesus Cristo não só por palavras e ações, como através de uma abordagem direta das pessoas por meio da oração.
Acreditamos que quando o bispo nos impõe as mãos, isso produz um aumento na vida do Espírito Santo em nós que nos permite testemunhar mais plenamente Jesus Cristo em nossas vidas. Quando uma criança, homem ou mulher são confirmados, é para que sejam fortalecidos no amor do Senhor Jesus Cristo a fim de serem suas testemunhas, testemunhas do seu amor na comunidade. Ser um canal aberto para o poder de cura do Cristo é, acredito, o mais eficaz testemunho que se pode dar. O Espírito Santo, através da Confirmação, nos capacita para isso.

A Sagrada Eucaristia:

Sagrada Eucaristia é o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo. A Missa é a oração de cura por excelência e sugiro que todos nós peçamos cura após a Comunhão, mais do que em qualquer outro momento, porque é então que recebemos o Corpo e o Sangue de Jesus. Aproximem-se do altar como filhinhos de Deus, pedindo-Lhe qualquer tipo de cura - espiritual, física ou emocional.
Durante toda nossa vida nós que somos católicos pedimos: "Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma só palavra e serei curado". Essa é uma das tantas coisas que dizemos sem compreender ou acreditar. Se conseguirmos desenvolver uma fé expectante na Eucaristia, ela será a nossa principal fonte de cura. Quando vocês forem à Missa, voltem-se para o Senhor, na Eucaristia, para serem curados. Enquanto adorarem o Senhor, digam: "Senhor, preciso ser curado desta angústia causada pelos meus problemas financeiros. Venho a Ti com fé expectante". Recebam a Comunhão e digam: "Obrigado, Jesus, por teres curado esta ansiedade que me afligia por causa daquela dívida". Apelem ao Senhor na Eucaristia e na Missa, que têm tantas orações de cura tão bonitas.
Um exemplo é o Pai-Nosso. Dizemos: "Livrai-nos do mal". Isto é, livra-nos dos males do espírito, do corpo e da mente; é uma oração de cura. Antes da Comunhão, dizemos: "Que este corpo e este sangue que vou receber não sejam causa de minha ondenação, mas sirvam de cura para minha alma e meu corpo". É outra bela oração de cura.

Sacramento da Reconciliação: 

Jesus disse que tinha vindo para libertar os cativos. O Sacramento da Reconciliação é libertação para os cativos.
Este sacramento oferece-nos um fantástico caminho de cura. Muitas vezes, para sermos curados, precisamos fazer uma confissão. Cada um de nós, às vezes, precisa ouvir um "Seus pecados lhe são perdoados", para acreditar que realmente o são. Quando nos aproximamos desse sacramento, tanto o sacerdote como o  penitente deveriam esperar por uma cura de lembranças dolorosas. Há realmente um poder de cura no Sacramento da Reconciliação.

Sacramento das Sagradas Ordens: 

Um homem é ordenado para tornar-se sacerdote exatamente como Paulo e Timóteo ordenavam bispos. No Sacramento das Sagradas Ordens o futuro sacerdote se compromete a pregar a Palavra e a curar os doentes. Neste Sacramento, o sacerdote é consagrado para pregar, para ensinar e para santificar. Santificar significa torna íntegro, sadio, integrar corpo, mente e espírito. Esse é o ministério do padre, do clero; pregar o evangelho e curar os enfermos. As Sagradas Ordens proporcionam  os meios para o desempenho dessa diretriz.

Sacramento da Unção dos Enfermos:

Destina-se, hoje, principalmente a curar e não exclusivamente para os ritos finais dos moribundos como antigamente. Alguns sacerdotes o estão ministrando aos alcoólatras e alguns, a doentes mentais; outros, o administram para doenças comuns como resfriados. Ouvi contar certa vez de um padre que, em visita a um convento, convidou as freiras para receberem a unção ainda que só estivessem resfriadas. Algumas aceitaram o convite e foram curadas dos resfriados.  Sabe-se que a Igreja Ortodoxa usa frequentemente a unção para prevenir doenças. Os Sacramentos foram dados por Jesus Cristo para nos servirem de remédios para o corpo e para o Espírito.

Sacramento do Matrimônio: 

Quando duas pessoas se unem e realizam uma união entre si e com Jesus, isso, em si mesmo, é um dom de cura. Costumamos dizer que o amor cura. O amor de Jesus, fluindo através de nós, cura, e para criar uma atmosfera de cura é preciso criar uma atmosfera de amor. Portanto, acredito que todo esposo e toda esposa tem o dom de cura em relação ao outro. Isso é muito importante, especialmente na área do ressentimento e do medo, porque tais áreas são comuns entre marido e mulher. O marido deveria orar pela esposa com imposição de mãos e a esposa pelo marido. É por essa forma que Deus pretende que os casais ministrem o Seu amor entre si. Maridos e mulheres podem fazer imposição de mãos um sobre o outro e orar por cura entre si, especialmente nas áreas do ressentimento pelas ofensas e desgostos que causaram um ao outro, em geral involuntariamente, mas que nem isso são menos dolorosos.

Em todos os sacramentos há um fantástico poder de cura. Quando estamos orando uns pelos outros, preparamo-nos para receber os sacramentos e, quando os recebemos, preparamo-nos para orar uns pelos outros. Orar na igreja aos domingos os prepara para orarem durante a semana, e orar sozinhos os prepara para unirem-se às orações dos outros na igreja. Quem ora e quem recebe oração passa por um processo que o vai tornando mais receptivo ao Espírito Santo. A cura é a oração respondida. [2]

Fonte:
Catecismo da Igreja Católica [1]
Ministério de Cura Para Leigos (Robert DeGrandis,S.S.J.)[2]




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé