domingo, 27 de fevereiro de 2011

Ser como Zaqueu


Boa noite
Hoje peguei três livros para ler e ao abrir aleátoriamente as páginas, os três tinham capítulos que falavam um pouco da história de Zaqueu.
Por isso escolhi um dos textos que analiza muito bem a pressa que Zaqueu teve de conhecer Jesus.
Jesus também teve pressa ao tomar a iniciativa de convidar-se a entrar na casa de Zaqueu. 
Jesus quer entrar em nossa casa, em nosso coração. Ele tem pressa para transformar pessoas e famílias. 

------------------------------------------------------------------------------------------
Jesus entrou em Jericó e atravessava a cidade. Aconteceu que um homem chamado Zaqueu, um dos chefes dos cobradores de impostos, e rico, queria ver quem era Jesus, mas não conseguia por causa da multidão e porque era pequeno. Então correu adiante e subiu num sicômoro para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando chegou àquele lugar, Jesus olhou para cima e lhe disse: "Zaqueu, desce depressa, porque hoje preciso ficar na tua casa". ele desceu depressa e o recebeu com alegria. Vendo isto, todos murmuravam: "Foi hospedar-se na casa de um pecador!" Mas Zaqueu, de pé diante do Senhor, lhe disse: " Senhor, dou a metade dos meus bens aos pobres. E se extorqui alguma coisa de alguém, vou lhe restituir quatro vezes o seu preço". Jesus então disse: "Hoje entrou a Salvação nesta casa, porque este também é filho de Abraão. Porque o filho do homem veio procurar e salvar o que estava perdido".(Lucas 19, 1-10)

No episódio de Zaqueu, poderemos diagnosticar que a oferta de salvação por parte de Jesus é como que uma retribuição a seis gestos de libertação, profundos e simultâneos, por parte de Zaqueu.
Vamos analisá-los?

1- Zaqueu sobre na árvore (a perda do respeito humano)
Nessa atitude de despojamento, ele despe-se de sua importância, de sua riqueza, do status de sua autoridade e, como um menino -igual àqueles que estão aptos ao Reino- corre e sobre na árvore. Como se torna difícil, hoje, cada vez mais, as pessoas se despirem de seus atributos pessoais, de seus cargos, títulos e honrarias;

2- Desce da árvore (a obediência)
Depois de todo o sacrifício de subir, não é fácil descer. Quaisquer circusntâcias da vida acostumam a pessoa: "Subir eu subi, agora para descer, vai ser quando eu quiser...".
Se houve despojamento ao subir, houve obediência ao descer: "Desça depressa, Zaqueu...". E ele, confiante, desceu depressa. E hoje, como as pessoas são refratárias à obediência...

3- Recebe Jesus com alegria (a acolhida)
Quantas vezes Jesus quer visitar nossa casa e não é bem recebido... ou se recebido, é com cara feia, sem alegria...
Zaqueu desceu da árvore e recebeu a Jesus com aquela alegria dos que, pela graça de Deus, têm o coração aberto. Nas casas com grades dos grandes condomínios fechados, nos corações cerrados, nas mãos que não se abrem, como é difícil acolher...

4- Chamou Jesus de "Senhor" (a humildade e a fé)
É uma mudança muito rápida para um homem que tinha na posição social, no prestígio político e na riqueza, o centro de suas preocupações. Zaqueu liberta-se de tudo ao humilhar-se perante Jesus. Se ele é meu Senhor, eu sou seu servo...
Entronizando Jesus como seu Kyrios (o dono) ele o entroniza em seu coração e em sua vida. Com isso ele muda de dono. Rejeitou as coisas materiais para abraçar a Jesus; numa época em que vale mais quem é arrogante e altaneiro, quase não existem mais pessoas simples, capazes de, humildes, chamarem Jesus de Senhor...

5- Partilhou (a generosidade)
Cônscio de que possuía bens demais, o publicano chegou à conclusão de que, para seguir Jesus, aquilo tudo era inútil, e resolve dar a metade do que tem aos pobres, necessitados e excluídos. ao se libertar de tanta riqueza, Zaqueu lembra-se talvez das antigas Escrituras, quando o rei Salomão, orando ao Senhor, pede que não lhe desse nada além d oessencial para a sobrevivência, para que não venha ele, saciado, a renegar o seu Deus (cf. Pv 30, 8s). Hoje, quando tantos vivem para si, há fome e indigência como nunca, simplesmente porque as pessoas não sabem mais partilhar.

6- Restitui o que foi indevidamente acumulado (o cair em si)
Não contente em dar a metade do que era seu, Zaqueu sabe que, para a libertação ser integral e eficaz, é preciso haver o ressarcimento daquilo que foi iniquamente acumulado. Sabedor que boa parte de sua fortuna fora feita através de cobranças indevidas, a maior, ele decide restituir com correção o que fora criminosamente recolhido. É a plenificação da conversão através do gesto reparador. Converter-se e arrepender-se do mal praticado, só, não basta. É necessária a restituição, a indenização. Esse gesto, tão difícil de ser assumido, a força libertadora de Jesus suscitou nesse pobre publicano pecador.

Os bens materiais têm grande valor, porém esse valor é relativo. Zaqueu descobriu que, libertando-se do império das coisas materiais, passava a pertencer a outro mundo, a ambicionar coisas de maior valor, perenes, inalienáveis.

A história de Zaqueu é uma história de pressa. Ele estava com pressa de ver a Jesus; tanto assim que correu e subiu na árvore para vê-lo. Jesus, igualmente teve pressa em reintegrá-lo. Logo ao chegar, põe os olhos nele e já anuncia a preferência de hospedar-se em sua casa, em detrimento de outras, teoricamente, mais dignas.

Fonte: O Recado (Carmem Sílvia Galvão)



sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Faleceu Bernard Nathanson, líder Pró-Vida (outrora rei do aborto)

"Bernard Nathanson (84 anos), o célebre médico que se converteu em um incansável líder pró-vida após realizar 75 mil abortos, faleceu esta segunda-feira 21 de fevereiro em Nova Iorque vítima de câncer. Praticou cinco mil abortamentos numa clínica que realizava 130 operações desse tipo por dia. Aos poucos foi concebendo o horror de suas práticas.
Em 1984 obteve que um amigo médico gravasse o ultra-som de um aborto e a partir desse material realizou o hoje famoso documentário “O grito silencioso” que revela a verdade sobre esta prática anti-vida e assegura que não há justificação alguma para assassinar um não-nascido." (fonte da notícia: Faleceu Bernard Nathanson, outrora chamado “o rei do aborto” que se converteu em líder pró-vida)

Se você ainda não conhece, veja o vídeo dividido em 5 partes no blog do professor Felipe Aquino: O Grito Silencioso de dr Bernard Nathanson
---------------------------------------------------------------------------


Infelizmente esse horror acontece a todo momento e até próximo da gente. Uma amiga ficou traumatizada e me contou chorando que uma companheira do trabalho dela havia praticado um aborto, friamente e sem culpa alguma. Minha amiga e todos do local levaram um susto quando a moça chegou toda pálida e sem a barriga (que já estava grande). Mas a "mãe" não se importou em praticar o assassinato, contando a todos que havia abortado e que a criança saiu aos pedaços, pois já estava grande e foi a forma que o "médico" pode fazer para interromper a gravidez. Todos perguntaram a ela o motivo da loucura, reposta: "não queria ser mãe naquele momento da sua vida, queria ter liberdade e o bebê iria prender." Um completo horror!
Claro que com o passar do tempo a moça acabou saindo do emprego, devido o mal estar geral. 
Quando minha amiga me contou também fiquei horrorizada e impressionada, pois pensava que os abortos ocorriam bem no início da gestação, o que não muda o tamanho do crime, claro! Mas fiquei imaginando o terror do bebê quando percebeu o que estava acontecendo. Se um bebê na barriga de sua mãe conhece a voz dela e do pai, se agita, se acalma, brinca no ventre de sua mãe; porquê não perceberia um atentado a própria vida dela? 
Não estou justificando, mas no momento em que a mulher se submete a este crime, muitas vezes ela não tem noção do pecado e da culpa que carregará por toda vida. Muitas mulheres ficam sem apoio do companheiro e da família e acabam fazendo esse crime. Claro que tem as que matam por matar, nem se abalam mais depois de tantos abortos cometidos. Acham mais fácil abortar do que se prevenir. 
Mas fica claro que um dia a pessoa vai acordar, como aconteceu com o outrora "rei do aborto". Ninguém escapa da justiça de Deus. Sua própria consciência será o seu maior juiz.

Não se deixe corromper com as "justificativas" que os abortistas promovem. Não se transforme em um assassino(a). Seja a favor da Vida!





quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Você sabe amar?




Você sabe amar? Eu estou aprendendo.


Estou aprendendo a aceitar as pessoas, mesmo quando elas me desapontam.

Quando fogem do ideal que tenho para elas, quando me ferem com palavras ásperas ou ações impensadas.

É difícil aceitar as pessoas assim como elas são, não como eu desejo que elas sejam.

É difícil, muito difícil, mas estou aprendendo.

Estou aprendendo a amar.

Estou aprendendo a escutar, escutar com os olhos e ouvidos, escutar com a alma e
com todos os sentidos.

Escutar o que diz o coração, o que dizem os ombros caídos, os olhos, as mãos irrequietas.

Escutar a mensagem que se esconde por entre as palavras corriqueiras, superficiais;

Descobrir a angústia disfarçada, a insegurança mascarada, a solidão encoberta.

Penetrar o sorriso fingido, a alegria simulada, a vangloria exagerada.

Descobrir a dor de cada coração.

Aos poucos, estou aprendendo a amar.

Estou aprendendo a perdoar.

Pois o amor perdoa, lança fora as magoas, e apaga as cicatrizes que a incompreensão
e insensibilidade gravaram no coração ferido. 

O amor não alimenta magoas com pensamentos dolorosos.

Não cultiva ofensas com lástimas e autocomiseração.

O amor perdoa, esquece, extingue todos os traços de dor no coração.

Passo a passo, estou aprendendo a perdoar, a amar.

Estou aprendendo a descobrir o valor que se encontra dentro de cada vida, de todas as vidas.

Valor soterrado pela rejeição, pela falta de compreensão, carinho e aceitação, pelas experiências duras vividas ao longo dos anos.

Estou aprendendo a ver, nas pessoas a sua alma e as possibilidades que Deus lhes deu.

Estou aprendendo. Mas como é lenta a aprendizagem!

Como, é difícil amar, amar como Cristo amou!

Todavia, tropeçando, errando, estou aprendendo...

Aprendendo a pôr de lado as minhas próprias dores, meus interesses, minha ambição,
meu orgulho quando estes impedem o bem-estar e a felicidade de alguém!


Fonte: Mensagens do Dia - site Padre Marcelo Rossi 



segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Graça é Dom de Deus

Boa noite!
Trouxe para vocês um texto que complementa a postagem anterior "É grátis. É de graça!". 



Graça é


Graça é dom. Não é comprada. Não é buscada. É dada. "Fostes salvos pela fé, gratuitamente. Isto não é por causa de vossos méritos, mas é puro dom de Deus. Não provém de vossas boas obras, para que ninguém se glorie" (Ef 2, 8-9).

Graça é sobrenatural, para a vida eterna. Sim, porque, participar da vida divina está acima da ordem natural. Igualmente os dons que levam a essa participação estão na ordem sobrenatural.
Graça é dom concedido por Deus, pelos méritos de Cristo, sem merecimento nosso. "Cristo morreu por nós, quando ainda éramos pecadores: aí está a prova do amor de Deus para conosco" (Rm 5,8).

Nessa gratuidade - grátis - está o amor de Deus. Nosso Deus revela-se um Deus-Amor, na gratuidade dos dons.

É o que Jesus falou à samaritana, no poço: "Ah! Se conhecessemos o dom de Deus" (Jo 4,5)!

Graça é carisma, graça de serviço ou graça de estado. São graças para colocar a serviço dos outros irmãos, da comunidade: os talentos que você recebeu, a competência em sua profissão, os Sacramentos da Ordem e do Matrimônio, por exemplo. São Paulo as compara com o funcionamento dos orgãos do corpo humano, em Cor 12, 1-30.


Fonte: O Recado (Pe. Augusto C. Pereira-scj)
-------------------------------------------------------
O Espírito Santo é a vida da alma. Viver em estado de graça é já, na terra, possuir o Céu. Assim como a graça é a vida da alma, o pecado é a sua morte.

"Pela graça santificante, o Espírito Santo nos une a Deus, tornando-nos Igrejas vivas – somos então, "Templos do Espírito Santo". (Santo Agostinho)



quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

É grátis. É de graça!

Boa noite!
Hoje trouxe para vocês este texto que explica sobre a Graça de Deus de uma maneira simples e acessível a todos. Eu gostei muito!

Grátis

Depois de um favor, a gente sempre pergunta quanto deve. O que Deus fez por nós, nada custa a ninguém de nós. É grátis. É de graça! Daí, a palavra GRAÇA, com que se nomeia o dom do amor de Deus.

E, por cima de tudo, Jesus ainda nos diz:"Não chamo mais vocês de empregados, porque os criados não sabem o que seu patrão faz. Eu chamo vocês de amigos, porque eu lhes falei tudo o que ouvi de meu Pai" (Jo 15,15). Somos, então, amigos. Como bons amigos, entre nós não há segredos.

Há, porém, um esclarecimento, para ninguém, esquecer:"Não foram vocês que me escolheram, mas eu que escolhi vocês"(Jo 15,16).

O que você acha maior prova de amor: ele nos haver criado na santidade original ou ele próprio nos haver salvo para restituir-nos o que nós havíamos recusado?
O que sobressai é o que o amor de Deus nunca fica por baixo. Nem deixa a gente na mão. O pecado original não esgotou o amor de Deus. Mas deu-lhe a chance de ser criativo.

Depois de tudo, e por cima de tudo, escolheu-nos para amigos!

E ele próprio parece concluir:"Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros". Não um simples amor humano, mas amor total: "como eu vos amei" (Jo 15, 12-17)!
Como ele amou? Grátis! Pois afirma Lucas: "Deus é gratuidade. Deus é graça" (Lc 11,15).

Fonte: O Recado (Pe Augusto C. Pereira- scj)



terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi

Bom Dia!
Há muitos anos eu e minha mãe acompanhamos o programa diário de rádio "Nosso Momento de Fé" com Padre Marcelo Rossi e a sua equipe amada.
Faço de tudo para sair somente depois do programa, pois é um bálsamo para a alma ouvir diariamente tantos testemunhos de pessoas que ligam para a rádio e de pessoas que enviam seus testemunhos de fé.
Às vezes você pode acordar triste por causa de problemas, de doenças, depressão, enfim, tudo que nos deixa desestruturada e para baixo. Não fique remoendo problemas, faça uma ação positiva para si própria(o): Ligue seu rádio ou a internet na Globo Am ou FM(em algumas cidades) e escute o "Nosso Momento De Fé".
Você verá dia a dia sua vida e você se equilibrar, sua fé e você se fortalecer. O Amor de Jesus tem este poder e tudo que Ele passou foi por você. Creia!  


Clique e ouça a rádio:



Sei que muitos ainda tem preconceito com Padre Marcelo Rossi, mas pense comigo: Será que foi somente a mídia que o fez se destacar? Ou será que tem algo a mais? Antes de julgar, escute o que Padre Marcelo tem a falar sobre Jesus, se muitos não se arrependeram, você também pode ser mais um!
Isso é o que eu penso. 

Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi:

 *Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
 *Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do
Padre Marcelo Rossi, procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 



segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Espírito Santo Repousa

Boa noite!
Esta música eu acho maravilhosa, sinto muita paz ao ouvi-la. 


Espírito Santo Repousa
Celina Borges

Espírito Santo repousa, Espírito Santo repousa
Espírito Santo repousa, Espírito Santo repousa
Sobre nós, sobre todos nós Espírito Santo repousa
Sobre nós, sobre todos nós Espírito Santo repousa sobre nós
Espírito Santo repousa, Espírito Santo repousa
Espírito Santo repousa, Espírito Santo repousa
Traz unção, traz unção a nós Espírito Santo repousa
Vem curar nossos corações Espírito Santo repousa sobre nós
Espírito Santo repousa sobre nós
Espírito Santo repousa sobre nós
Espírito Santo repousa sobre nós




Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé

Pesquisar neste blog e na web

Carregando...