Iniciação Cristã - Por que ser Crismado? - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Iniciação Cristã - Por que ser Crismado?

Bom dia irmãs e irmãos de fé! 
Hoje trouxe para vocês este ótimo texto que explica a necessidade de completarmos a iniciação cristã católica com a Crisma. Também explica os sete dons que o Espírito Santo nos concede ao sermos crismados, dons para chegarmos à perfeição segundo a Vontade do Pai. 
Adriana-Devoção e Fé

Por que ser Crismado?

O Sacramento da Crisma, ou Confirmação é, de certo modo, um complemento indispensável do Batismo, mas não é um Sacramento estritamente necessário para a salvação.
O Catecismo da Igreja Católica (nº 1285) afirma: 
"Juntamente com o Batismo e a Eucaristia, o Sacramento da Confirmação ou Crisma constitui o conjunto dos 'Sacramentos da iniciação cristã', cuja unidade deve ser salvaguardada. Por isso, é preciso explicar aos fiéis que a recepção deste Sacramento é necessária à consumação da graça batismal".  
A Crisma, pela imposição das mãos do bispo, perpetua, de certo modo, na Igreja, a graça de Pentecostes. Sem o Espírito Santo, dado em plenitude no Sacramento da Crisma, o Batismo fica incompleto.
Para nós que temos a tradição de batizar as pessoas ainda crianças, o Sacramento da Crisma se torna imprescindível para confirmar (como o nome já explica) a graça do Batismo, recebido quando criança.
Nós começamos a fazer parte do povo de Deus pelo Batismo e já recebemos o Espírito Santo como Vida. Aos 13 ou 14 anos (ou mais tarde) confirmamos o Batismo e recebemos o Espírito Santo plenamente, também como Força e nos tornamos apóstolos da Palavra de Deus, cristãos engajados e autênticos, prontos para lutar contra o mal, defender a nossa fé e construir uma vida de acordo com o Projeto de Deus.
Quem não recebe o Sacramento da Crisma pode salvar-se normalmente, mas não recebe muitos dons que o Espírito Santo nos dá quando crismados. Você pode viajar de São Paulo ao Rio de Janeiro de carroça ou de avião. Os dois chegarão lá, mas sem dúvida você notará a diferença.
A Confirmação ou Crisma produz em nós o crescimento e o aprofundamento da graça batismal:
  • Fortalece a nossa filiação divina.
  • Une-nos de modo mais sólido a Jesus Cristo.
  • Aumenta em nós os Dons do Espírito Santo: Sabedoria, Inteligência, Conselho, Fortaleza, Ciência, Piedade e Temor de Deus.
Sabedoria: Não a sabedoria do mundo, mas aquela que nos faz reconhecer e buscar a Verdade, que é o próprio Deus: fonte da Sabedoria. Verdade que encontramos na Bíblia.

Entendimento: É o Dom que nos faz aceitar as verdades reveladas por Deus.

Conselho: É a luz que nos dá o Espírito Santo, para distinguirmos o certo do errado, o verdadeiro do falso,  e assim orientarmos acertadamente a nossa vida,  e a de quem pede um conselho.

Ciência: Não é a ciência do mundo, mas a Ciência de Deus. A verdade que é a vida. Por esse dom o Espírito Santo nos indica o caminho a seguir na realização da nossa vocação.

Fortaleza: É o Dom da coragem para viver fielmente a fé no dia-a-dia,  e até mesmo o martírio, se for preciso.

Piedade: É o Dom pelo qual o Espírito Santo nos dá o gosto de amar e servir a Deus com alegria. Nesse Dom nos é dado o sabor das coisas de Deus.

Temor de Deus: Temor aqui não significa "ter medo de Deus", mas um amor tão grande, que queima o coração de Respeito por Deus. Não é um pavor pela justiça divina, mas o receio de ofender ou desagradar a Deus.
*Torna mais perfeita a nossa vinculação com a Igreja.
Dá-nos uma força especial do Espírito Santo para difundir e defender a fé pela palavra e pela ação, como verdadeiras testemunhas de Cristo, para confessar com coragem e valentia o Nome de Cristo e para não sentir vergonha de ser cristão.

Paulo, escrevendo aos Gálatas (5,22-23), nos diz que a presença do Espírito traz vários frutos: Caridade, alegria, paz, paciência, longanimidade (saber perdoar), bondade, benignidade, mansidão, fidelidade, modéstia, continência e castidade.
Quem é batizado e crismado não se pertence mais, mas pertence a Cristo, que nos libertou de todo mal com a Sua Morte e  Ressurreição. A Doutrina sobre o Sacramento da Crisma afirma que ele imprime um 'caráter', como se deixasse um selo ou marca indelével que vincula o crismando como se fosse uma 'propriedade de Cristo'.
A Igreja nos garante que o Sacramento da Crisma nos concede com plenitude o Espírito Santo. Podemos dizer que todos os Sacramentos são Sacramentos de Cristo, mas um deles, a Eucaristia, é por excelência o Sacramento de Cristo. Assim, todos os Sacramentos são Sacramentos do Espírito Santo, mas um deles, a Crisma ou Confirmação, é por excelência o Sacramento do Espírito Santo.
Para compreendermos melhor o sentido do Sacramento da Crisma devemos perguntar-nos qual a função do Espírito Santo na Economia da Salvação (Plano de Deus) manifestada na História da Salvação. Lendo a Bíblia, descobriremos que o Espírito Santo tem uma dupla função: a de dar a vida e a função de levar a vida até a sua perfeição. Essas são duas funções diferentes. Pelo Batismo, o Espírito Santo nos concede a vida e pela Crisma nos dá os Seus Dons para chegarmos à perfeição.
A Confirmação nos dá, pois, o Espírito Santo para levarmos até a perfeição o que recebemos no Batismo. É preciso chegar à perfeição segundo a Vontade do Pai. "Sede santos como o vosso Pai é santo".
Talvez possamos dizer que o Batismo constitui mais o aspecto estático, ao passo que a Crisma expressa mais o aspecto dinâmico, evolutivo da vida cristã. Uma coisa é ser cristão simplesmente, outra coisa é chegar à plenitude da santidade; é evoluir, é tomar novo impulso, crescer constantemente na vida iniciada no Batismo. É a contínua busca da santidade. Não podemos permanecer semente, é preciso que a semente germine, cresça e dê frutos em abundância.

Padre Francisco Sehnem, scj
Fonte: Revista Brasil Cristão-maio 2012



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé