Parábola do Semeador-15° Domingo do Tempo Comum (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 13 de julho de 2014

Parábola do Semeador-15° Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Parábola do Semeador

15° Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Mt 13, 1-23 ou abrev. 13, 1-9
1. Naquele dia, saiu Jesus e sentou-se à beira do lago.
2. Acercou-se dele, porém, uma tal multidão, que precisou entrar numa barca. Nela se assentou, enquanto a multidão ficava à margem.
3. E seus discursos foram uma série de parábolas.
4. Disse ele: Um semeador saiu a semear. E, semeando, parte da semente caiu ao longo do caminho; os pássaros vieram e a comeram.
5. Outra parte caiu em solo pedregoso, onde não havia muita terra, e nasceu logo, porque a terra era pouco profunda.
6. Logo, porém, que o sol nasceu, queimou-se, por falta de raízes.
7. Outras sementes caíram entre os espinhos: os espinhos cresceram e as sufocaram.
8. Outras, enfim, caíram em terra boa: deram frutos, cem por um, sessenta por um, trinta por um.
9. Aquele que tem ouvidos, ouça.
Reflexão

Jesus fala em parábolas para que todos possam entender da melhor forma possível. Não usa linguagem difícil, porque Ele sabe que os seus ouvintes são pessoas humildes e sedentas de justiça e de amor. Porém, é preciso ter um coração aberto, como terra boa, que possa acolher todos estes ensinamentos deixados por Ele. Somente um coração humilde pode receber esta semente e fazer com que ela germine para satisfazer a fome de tantos irmãos e irmãs necessitados de Deus. Podemos assim concluir dizendo que o Coração de Maria foi o primeiro terreno fértil a acolher esta semente que germinou e sustentou o mundo e que é o próprio Jesus. [a]  

Oração

Senhor Jesus, vossa parábola lembra-me que, diante de vossa oferta de amor e salvação, tenho de tomar uma atitude. Por mais que façais para me ajudar, apesar de todas as graças, respeitais minha liberdade. Tenho de ceder livremente aos vossos convites, tenho de abandonar as resistências, tenho de me entregar confiadamente em vossas mãos. É isso que vos peço. Dobrai minha resistência, vencei minhas desconfianças, seduzi e conquistai meu coração. Assim, querendo entender, poderei entender o que me dizeis. Se me iluminais, poderei perceber a verdade de vossas palavras. Tornai, pois, fecunda a terra de meu coração, para que em mim possa germinar e crescer a vida nova que me ofereceis. Por misericórdia, Senhor, não desistais de mim. Amém. [b]

Fonte: Revista O Mílite (julho/2014) [a]
Revista de Aparecida (julho/2014) [b]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé