Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Dom Juventino Kestering, bispo de Rondonópolis, morre por Covid-19


Dom Juventino Kestering / Foto: Diocese de Rondonópolis-Guiratinga

Cuiabá, 29 mar. 21 / 10:43 am (ACI).- O Bispo da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga (MT), Dom Juventino Kestering, morreu no domingo, 28 de março, por complicações da Covid-19. Dom Kestering, de 74 anos, começou a ter sintomas da doença no final de fevereiro e precisou ser internado em 11 de março, após complicação do quadro de saúde.

Segundo a Diocese de Rondonópolis-Guiratinga, Dom Juventino sofreu uma parada cardíaca às 9h45 e não resistiu. Além disso, informou que, de acordo com a equipe médica, o Bispo “não tinha mais o vírus da Covid-19 ativo”, por este motivo, foi permitida a realização do funeral, já que não está mais em “período de transmissão”.

O velório do Bispo de Rondonópolis acontece até às 13h30, na Catedral Diocesana Santa Cruz, seguindo os protocolos de prevenção a Covid-19, com uso obrigatório de máscara e distanciamento social. Às 14h será celebrada a Missa de corpo presente, presidida pelo Arcebispo de Cuiabá, Dom Milton dos Santos.

Em nota de pesar pela morte de Dom Juventino Kestering, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil(CNBB) expressou “solidariedade aos familiares, amigos, ao povo de Deus no Sul de Mato Grosso e aos agentes da Animação Bíblico-Catequética de todo o Brasil, que puderam se enriquecer com a doação deste nosso irmão enviado para evangelizar”.

“Em preces pela alma de dom Juventino, reforçamos nossa Mensagem Pascal deste ano: ‘Cristo Ressuscitado, bálsamo da vitória da vida sobre a morte, seja perseverança em nosso caminhar, especial sustento para os profissionais e servidores da saúde, consolação para os enlutados e feridos no coração’”, conclui a nota.

Dom Juventino Kestering nasceu no dia 19 de maio de 1946, em São Ludgero (SC). Aos 13 anos, ingressou no Seminário Nossa Senhora de Fátima, em Tubarão (SC). Estudou Filosofia e Teologia em Curitiba (PR) e foi ordenado sacerdote em 14 de julho de 1973, na igreja matriz São João, em São Ludgero.

Em 19 de novembro de 1997, foi nomeado bispo diocesano de Rondonópolis e recebeu a ordenação episcopal em 8 de março de 1998, assumindo como lema “Enviou-me para evangelizar”. Tomou posse na diocese mato-grossense em 22 de março de 1998.

Dom Juventino é o sexto bispo a morrer em decorrência da Covid-19 no Brasil. No ano passado, morreram por esta doença o Arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, aos 70 anos, em 14 de abril, e o Bispo de Palmares (PE), Dom Henrique Soares da Costa, aos 57 anos, no dia 18 de julho.

Neste ano, faleceram por complicações da doença o Arcebispo emérito do Rio de Janeiro, Cardeal Eusébio Oscar Scheid, aos 88 anos, em 13 de janeiro; o Arcebispo de Cascavel (PR), Dom Mauro Aparecido dos Santos, aos 67 anos, no dia 11 de março; e o Bispo emérito de São João da Boa Vista (SP), Dom David Dias Pimentel, aos 79 anos, em 16 de março.

Além disso, segundo o último levantamento apresentado pela Comissão Nacional de Presbíteros (CNP) em 2 de março, havia até então 1.390 confirmações de sacerdotes diocesanos doentes e 65 mortos por causa da Covid-19, totalizando 1.455 casos da doença entre os presbíteros no Brasil.

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog