Como me tornar católico? - Devoção e Fé - Blog Católico

terça-feira, 16 de junho de 2020

Como me tornar católico?


Mette Brandt | Shutterstock

Philip Kosloski | Jun 16, 2020

Um guia prático para aqueles que estão curiosos sobre a fé católica

Enquanto muitos são iniciados na fé católica quando crianças, milhares de pessoas todos os anos batem à porta da Igreja quando adultos. Pode ser um momento de grande alegria para uma alma que busca a verdade, mas o processo de conversão nem sempre é claro.

Aqui estão algumas dicas úteis para aqueles que sentiram despertar em seu coração a curiosidade pela fé católica mas ainda não sabem por onde começar.

Visite uma paróquia perto da sua casa

Um dos primeiros passos para uma pessoa interessada em se tornar católica é simplesmente assistir a uma missa de domingo em uma paróquia local. Pode ser uma paróquia onde você já conhece pessoas, ou pode ser a única igreja católica da cidade.

Seja qual for o caso, sua jornada na fé católica começará em uma paróquia em particular. Você será iniciado na vida desta paróquia e recebido na comunidade local.

Você pode assistir à missa, mas, como não-católico, não pode receber a comunhão, porque a participação na Eucaristia é reservada para aqueles que foram totalmente iniciados (receberam os sacramentos do Batismo e, quando adultos, a Confirmação) e estão em estado de graça.

Ligue para a paróquia mais perto da sua casa e pergunte sobre o RICA

Se, depois de assistir à missa por um período de tempo, você ainda se sentir chamado a se juntar à Igreja Católica, ligue para a secretaria paroquial e pergunte sobre aulas do RICA.

RICA significa Rito da Iniciação Cristã de Adultos. É um processo que imita o que aconteceu na Igreja primitiva quando alguém queria ser batizado como cristão.

O padre ou um responsável o ajudará a verificar se você foi ou não batizado quando criança como católico ou como membro de outra denominação cristã cujo batismo a Igreja Católica reconhece.

Normalmente, uma paróquia inicia as aulas do RICA no começo ou no meio do ano, embora algumas vezes os padres e responsáveis possam simplesmente ensinar de outra forma.

A maioria dos programas do RICA dura entre seis meses a um ano. Mas há lugares que exigem mais tempo. A Igreja primitiva tinha um processo que poderia levar entre 2 a 3 anos antes de um indivíduo ser batizado.

O objetivo não era converter as pessoas, mas garantir com cuidado que a pessoa conhecesse a fé e a doutrina onde estava se inserindo.

O objetivo dessas aulas do RICA é responder a todas as perguntas que você tiver e dar a você a plenitude da fé.

Se, por algum motivo, você tiver uma experiência ruim ou não se sentir preparado, basta interromper as aulas e, quem sabe, retomá-las em outro momento.

Geralmente, é aconselhável não se tornar católico se você se sentir apressado ou mal preparado. Se você sentir alguma hesitação, pode precisar de um tempo extra de preparação.

Seja como for, não pare de fazer perguntas. Você pode incomodar o padre ou o instrutor, mas é vital que todas as suas perguntas sejam respondidas antes de dar o passo da conversão.

Escolha um padrinho

Se você precisa do sacramento do Batismo (iniciação completa) ou está entrando na Igreja através do sacramento da Confirmação, precisará encontrar um católico praticante que possa oferecer orientação espiritual.

Essa pessoa deve ser escolhida não apenas por causa de uma relação de parentesco, mas por causa de uma forte convicção de fé. Ela deve ser alguém em quem você possa confiar e fazer perguntas à medida que avança em sua jornada.

Se você simplesmente não conhece ninguém, peça ao professor ou padre do RICA que lhe atribua uma pessoa. Eles conhecerão pessoas da paróquia que se encaixariam bem e, dessa forma, você poderá fazer novos amigos na comunidade paroquial.

Não pare de aprender

Depois de passar por todas as aulas do RICA e chegar à Vigília da Páscoa para mergulhar na fé católica, não pare de aprender mais sobre a fé que você agora professa. Muitos convertidos à fé católica caem na rotina depois de serem iniciados. Não deixe isso acontecer com você.

Tornar-se católico não é um tipo de cerimônia “de uma vez por todas”, mas é um apelo contínuo à conversão. É uma jornada ao longo da vida e muitos que foram batizados na fé quando crianças continuam aprendendo quando adultos. O objetivo não é tornar-se católico “morno”, mas ser incendiado pelo amor de Deus.

Então, se você está pensando em se tornar católico, confira uma paróquia local e permita que Deus mova seu coração e descubra a verdade que você está procurando.

Fonte: Aleteia

Para Saber Mais:   O que é o RICA?



Um comentário :

  1. Muito obrigado. Estou começando na Fé, tenho 21 anos. Vou buscar o Padre da paroquia mais próxima. Já estou estudando as escrituras e e os Dogmas da Fé ... Sed libera nos a malo.

    ResponderExcluir

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog