Hoje é celebrado São Pedro de Alcântara, padroeiro do Brasil (19 de outubro) - Devoção e Fé - Blog Católico

sábado, 19 de outubro de 2019

Hoje é celebrado São Pedro de Alcântara, padroeiro do Brasil (19 de outubro)


REDAÇÃO CENTRAL, 19 Out. 19 / 05:00 am (ACI).- No mês de outubro a Igreja celebra não só a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, como também o padroeiro do país, São Pedro de Alcântara, cuja memória litúrgica é recordada neste dia 19 de outubro. Franciscano, o santo teve sua vida marcada pela penitência e mortificações.

Nasceu em 1499, em Alcântara, na Espanha, e desde pequeno cultivou a oração. Estudou na Universidade de Salamanca, onde descobriu sua vocação e decidiu entrar para a Ordem dos Franciscanos, embora seu pai desejasse que ele seguisse carreira na área de Direito.

Pedro foi ordenado sacerdote e se tornou exemplo de uma vida dedica à oração, ao jejum, ao desapego dos bens materiais e severo exercício de penitências e mortificações. Usava um hábito surrado e tinha poucas horas de sono por dia.

Tornou-se superior de vários conventos, sendo um modelo em estrita conformidade com as regras da comunidade. Suas orações levaram muitos à conversão.

A fim de que os religiosos vivessem mais a mortificação, oração e meditação, São Pedro de Alcântara fundou o ramo franciscano de “estrita observância” ou “Alcantarinos”.

Entre seus amigos, encontram-se São Francisco de Borja e Santa Teresa D’Ávila, de quem foi diretor espiritual e apoiou nas reformas da Ordem das Carmelitas.

Aos 63 anos, em 1562, morreu de joelhos, dizendo as palavras do Salmo 121: “Que alegria quando me vieram dizer: Vamos subir à casa do Senhor”.

Santa Teresa D’Ávilla disse que São Pedro de Alcântara apareceu para ela após sua morte e disse: “Felizes sofrimentos e penitência na terra, que me conseguiram tão grandes recompensas no céu”.

Durante sua vida, sendo um notável pregador, foi o confessor do Rei Dom João III, de Portugal. Tornou-se, mais tarde, o santo de devoção da Família Real. Seu nome, Pedro de Alcântara, foi escolhido como nome de batismo dos dois imperadores do Brasil – Dom Pedro I e Dom Pedro II.

Foi Dom Pedro I quem solicitou ao Papa que proclamasse São Pedro de Alcântara padroeiro do Brasil. E, assim foi feito, em 1826, pelo Papa Leão XII.

Confira a seguir a oração a São Pedro de Alcântara:

Ó grande amante da Cruz e servo fiel do divino Crucificado, São Pedro de Alcântara; à vossa poderosa proteção foi confiada a nossa querida Pátria brasileira com todos os seus habitantes. Como Varão de admirável penitência e altíssima contemplação, alcançai aos vossos devotos estes dons tão necessários à salvação. Livrai o Brasil dos flagelos da peste, fome e guerra e de todo mal. Restituí à Terra de Santa Cruz a união da fé e o verdadeiro fervor nas práticas da religião.

De modo particular, vos recomendamos, excelso Padroeiro do Brasil, aqueles que nos foram dados por guias e mestres: os padres e religiosos. Implorai numerosas e boas vocações para o nosso país. Inspirai aos pais de família uma santa reverência a fim de educarem os filhos no temor de Deus não se negando a dar ao altar o filho que Nosso Senhor escolher para seu sagrado ministério.

Assisti, ó grande reformador da vida religiosa, aos sacerdotes e missionários nos múltiplos perigos de que esta vida está repleta. Concede-lhes a graça da perseverança na sublime vocação e na árdua tarefa que por vontade divina assumiram.

Lá dos céus onde triunfais, abençoai aos milhares de vossos protegidos e fazei-nos um dia cantar convosco a glória de Deus na bem-aventurança eterna. Assim seja!

Fonte: ACI digital


Como um santo espanhol se tornou padroeiro do Brasil?

São Pedro de Alcântara / Foto: Wikipédia (Domínio público)

REDAÇÃO CENTRAL, 19 Out. 19 / 07:00 am (ACI).- Com um decreto do Papa Pio XI, de 1930, Nossa Senhora Aparecida se tornou padroeira do Brasil, porém, antes disso, já em 1826, o Papa Leão XII havia declarado padroeiro do país São Pedro de Alcântara, santo que é celebrado neste dia 19 de outubro.

A declaração da nova padroeira do país não anulou o decreto de 1826, sendo assim, o patronato de São Pedro de Alcântara sobre o Brasil segue vigente até hoje.

Conforme explicou Padre Paulo Ricardo em um vídeo por ocasião desta data em 2017, “o decreto de Pio XI não anula o decreto de Leão XII, porque uma coisa é uma padroeira principal do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, e outra coisa é o padroeiro”.

Um frade espanhol, Pedro de Alcântara viveu “em meio à decadência moral e espiritual de sua época”, ressaltou por sua fez Padre Adenilson Silva Ferreira, pároco da Catedral São Pedro de Alcântara, em Petrópolis (RJ), cidade fundada por Dom Pedro II, que também tem o santo como padroeiro.

Entretanto, ressaltou o sacerdote, mesmo neste ambiente, “abraçou o ideal de Santidade numa vida marcada por intensa experiência de oração, humildade, penitência e ardente caridade”.

“Sacerdote zeloso, pastor de almas, dedicava-se à pregação e impressionava a todos com seu eloquente testemunho”, acrescentou.

Logo se tornou muito conhecido por seu exímio dom para a pregação, a qual gerou muitas conversões. Foi então que recebeu o pedido do rei de Portugal, Dom João III, chamado “o Piedoso”, para que fosse seu confessor.

Em seu vídeo, Pe . Paulo Ricardo assinala que “São Pedro de Alcântara foi um santo de um amor a Deus extraordinário, de pobreza imensa, de vida de penitência”, o que fazia com que sua pregação tocasse “os corações pelo entranhado amor por Deus”.

Foi assim que a pregação deste frade fez “com que vários infantes, príncipes e princesas de Portugal assumissem uma vida de penitência, alguns fizessem voto de castidade, muita gente se converteu”.

Em outro vídeo de 2016, o sacerdote ressaltou como o santo, “com toda a sua ascese, com toda a sua pobreza, conseguiu converter e abalar a corte de Portugal. Ou seja, inúmeros nobres portugueses deixavam a vida mundana para serem celibatários e abraçarem a pobreza”.

São Pedro de Alcântara faleceu em 1562, foi beatificado por Gregório XV em 1622 e, canonizado por Clemente IX, em 1669.

Assim, tornou-se o santo de devoção da Família Real Portuguesa e seu nome, Pedro de Alcântara, foi escolhido como nome de batismo daqueles que viriam a se tornar imperadores do Brasil – Dom Pedro I e Dom Pedro II.

Mais tarde, em 1826, o Papa Leão XII, atendendo a uma solicitação de Dom Pedro I, decretou São Pedro de Alcântara como padroeiro do Brasil. O Pontífice, então, explicou Pe. Adenilson Ferreira, “permitiu que sua festa fosse celebrada, conforme os costumes da época, com ofício e missa, com rito de primeira classe no dia 19 de outubro”.

“Por isso, o sacerdote assinalou "ser muito oportuno recorrer a sua intercessão". "Sua austeridade denuncia a instabilidade deste mundo marcado pela ganância e pela corrupção. Sua profunda ligação com o Mistério condena o materialismo da sociedade atual”.

Fonte: ACI digital



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog