Coração de Jesus e Maria: um só Coração - Devoção e Fé - Blog Católico

sábado, 29 de junho de 2019

Coração de Jesus e Maria: um só Coração


Redação (Quarta-feira, 26-06-2019, Gaudium Press) Assim como os primeiros raios da aurora vêm anunciando a chegada do astro rei, a grande revelação sobre o Sagrado Coração de Jesus feita por Nosso Senhor a Santa Margarida Maria Alacoque foi preparada, desde os primórdios daquele século, por um surto de devoção ao Sagrado Coração divino do Senhor.

Uma plêiade de almas fervorosas espalhou esta prática admirável. Entre estas almas destacou-se São João Eudes.

Sacratíssimos Corações do Redentor e de sua Mãe: um só Coração



Este varão verdadeiramente evangelizador, que consagrou sua vida inteira às missões e à formação dos sacerdotes na França, teve uma devoção extraordinária e fecundíssima aos Sagrados Corações de Jesus e de Maria.

Impelido por um invulgar sopro da graça, ele explicitou com unção e sabedoria a ousada devoção que une em um só os Sacratíssimos Corações do Redentor e de sua Mãe:

"Não sabeis que Maria nada é, nada tem e nada pode sem Jesus, por Jesus e em Jesus, e que Jesus é tudo, pode tudo e faz tudo n'Ela?
Não sabeis que é Jesus quem fez o Coração de Maria tal qual ele é, e quis fazê-lo uma fonte de luz, de consolação e de toda sorte de graças para aqueles que recorrem a Ela em suas necessidades?
Não sabeis que Jesus não apenas reside e assiste continuamente no Coração de Maria, mas é Ele mesmo o Coração de Maria, o Coração de seu Coração e a alma de sua alma, e que, portanto, vir ao Coração de Maria é vir a Jesus, honrar o Coração de Maria é honrar Jesus, invocar o Coração de Maria é invocar Jesus?".

Jesus quis ter um Coração segundo o Seu

De fato, foi Maria Santíssima quem trouxe à terra o Filho de Deus, o qual havia de redimir a humanidade pecadora, estabelecendo com todas as almas cristãs um comércio admirável e transformador.

Neste sublime nascedouro da História da Redenção, quis Jesus ter bem junto de Si um Coração segundo o seu, isento de qualquer inclinação dissonante de sua divindade.

Foi o Coração de Maria que conservou todos os mistérios e todas as maravilhas da vida de seu Filho, empregando inteiramente a sua capacidade natural e sobrenatural num exercício contínuo de amor a Jesus - o único objeto de todos os seus afetos.

Nada, em Jesus, passava despercebido a Maria. Fossem suas manifestações interiores ou exteriores, fosse sua humanidade ou divindade.

Por meio desse amor, o próprio Jesus esteve sempre vivendo e reinando no Coração de sua Mãe: "Se alguém Me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e Nós viremos a ele e faremos nossa morada" (Jo 14, 23).

São João Eudes: Sagrado Coração de Jesus e Maria

O Imaculado Coração de Maria não é invocado por São João Eudes como se tivesse movimentos próprios, mas como tendo se dissolvido inteiro no Coração Jesus, incapaz de refletir em si qualquer coisa que não seja o próprio Deus. Sua filial audácia fez surgir um termo inédito: o Sagrado Coração de Jesus e de Maria. (JSG)

26 de Junho de 2019

Fonte: Gaudium Press



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog