Pular para o conteúdo principal

Post Recente em Destaque

Fiduccia supplicans fere os que lutam pela castidade, diz ex-ativista homossexual

Luca Di Tolve | Twitter @Lucaditolve

Por Walter Sánchez Silva

18 de jan de 2024 às 13:14

Luca Di Tolve, Mister Gay Itália 1990 e ex-ativista homossexual, disse que a declaração Fiducia supplicans da Santa Sé, que permite bênçãos a uniões homossexuais causou dor, perplexidade e angústia para aqueles como ele que "lutam pela castidade".

Em 18 de dezembro de 2023, o Dicastério para Doutrina da Fé (DDF), dirigido pelo cardeal argentino Victor Manuel Fernandez publicou Fiducia supplicans, que autoriza bênçãos não-litúrgicas para casais em situação irregular e para uniões homossexuais.

Bispos e conferências episcopais em todo o mundo se opuseram a aplicar a declaração.

Di Tolve, que mudou sua vida graças a Nossa Senhora e que atualmente ajuda pessoas que sentem atração por pessoas do mesmo sexo, disse que, com o texto da DDF, "os verdadeiros excluídos somos nós que lutamos pela castidade, pela fidelidade, por ir contra nossos impulsos e contra a tentação de ceder a falsas liberdades que nos distraem do sacrifício de uma vida saudável e nos afastam de Deus, do amor, da salvação".

O Catecismo da Igreja Católica diz no parágrafo 2.358: “Um número considerável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente radicadas. Esta propensão, objetivamente desordenada, constitui, para a maior parte deles, uma provação, devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar na sua vida a vontade de Deus e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar devido à sua condição”.

Di Tolve disse que sofre "com as consequências dessas teorias sedutoras que envolvem a igreja, sofro com as várias interpretações falsas e destrutivas que buscam reduzir a riqueza gerada nos séculos dos pais da igreja, no Catecismo e no Magistério", completou o autor do livro Eu era gay.

O ex-ativista homossexual se disse afetado pela "confusão que esse documento gerou, nascida em um contexto em que certas falsidades mundanas infundadas buscam surfar na onda das 'propostas pastorais' para afirmar a naturalidade de relacionamentos que bem sabemos que não nascem do coração de Deus".

Em seu texto, Di Tolve considera que a declaração deixa a igreja vulnerável e dá material para aqueles que "procuram combater nossa fé atacando tudo o que é 'escandaloso' para o mundo: castidade, pureza e verdade".

"Não se trata apenas de pessoas com atração pelo mesmo sexo, mas toda a sociedade corre o risco de ser confirmada no erro em que já vivem muitos jovens, conformados com essa mentalidade da sociedade líquida, que rejeitam o matrimônio, até mesmo o casamento civil", disse.

Ao final, Di Tolve escreveu ao papa Francisco: "em nome de todos os meus irmãos que sofrem e oferecem seu sofrimento todos os dias, pelo bem da igreja: ajude-nos, Santo Padre".

Para saber mais sobre o trabalho atual de Luca, acesse: https://www.lucaditolve.com/es.

---

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog