"Senhor, eu te amo!": as últimas palavras de Bento XVI


O enfermeiro de turno, que naquele momento estava a sós com o Papa emérito, ouviu as palavras e as referiu ao secretário, o bispo Georg Gänswein. Com um fio de voz, mas de modo distinguível, disse em italiano: "Senhor, te amo!".

Vatican News

"Senhor, eu te amo!"

As últimas palavras de Bento XVI foram pronunciadas por volta das 3h da madrugada de 31 de dezembro, algumas horas antes de morrer. Quem as ouviu foi o enfermeiro de turno, que naquele momento estava a sós com o Papa emérito e referiu as palavras ao secretário, o bispo Georg Gänswein. Com um fio de voz, mas de modo distinguível, disse em italiano: "Senhor, te amo!".

"Naquele momento eu não estava, mas o enfermeiro me contou logo depois. Foram as suas últimas palavras compreensíveis, porque sucessivamente não foi mais capaz de se expressar."

Este domingo, a Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou imagens do corpo de Bento XVI na capela do mosteiro Mater Ecclesiae. A partir de amanhã, os fiéis poderão dar seu adeus ao Papa emérito na Basílica Vaticana. O funeral será na quinta-feira, 5 de janeiro, às 9h30 locais (5h30 no horário de Brasília), na Praça São Pedro, presidido pelo Papa Francisco.

O féretro do Papa emérito será levado até à Basílica de São Pedro e, dali, à cripta vaticana para a sepultura.

01 janeiro 2023









---

Comentários

Newsletter

Receba novos posts por e-mail: