Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Santa Sé adere à Convenção sobre o Clima e ao Acordo de Paris

Passar para um modelo de desenvolvimento mais integral e integrante 

Com o instrumento atual de adesão, a Santa Sé pretende contribuir e dar seu apoio moral aos esforços de todos os Estados para cooperar, de acordo com suas respectivas responsabilidades e capacidades, comuns, mas diferenciadas, numa resposta eficaz e adequada aos desafios colocados pelas mudanças climáticas para nossa humanidade e para nossa Casa comum.

Vatican News

O observador permanente da Santa Sé na ONU, em Nova Iorque, dom Gabriele Giordano Caccia, depositou na última quarta-feira (06/07), no Secretariado-Geral das Nações Unidas, o instrumento com o qual a Santa Sé, em nome e por conta do Estado da Cidade do Vaticano, aderiu à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

Com o instrumento atual de adesão, a Santa Sé pretende contribuir e dar seu apoio moral aos esforços de todos os Estados para cooperar, de acordo com suas respectivas responsabilidades e capacidades, comuns, mas diferenciadas, numa resposta eficaz e adequada aos desafios colocados pelas mudanças climáticas para nossa humanidade e para nossa Casa comum. Esses desafios têm uma "relevância não só ambiental, mas também ética, social, econômica e política, incidindo, sobretudo, na vida dos mais pobres e frágeis. Dessa forma, apelam à nossa responsabilidade de promover, com um compromisso coletivo e solidário, uma cultura do cuidado que coloca a dignidade humana e o bem comum no centro", informa o comunicado da Santa Sé divulgado nesta sexta-feira (08/07).

Como estamos construindo o futuro do Planeta

Nesse contexto, a Santa Sé lembra o convite urgente do Papa Francisco "de renovar o diálogo sobre a forma como estamos construindo o futuro do planeta. Precisamos de um confronto que una a todos nós, pois o desafio ambiental que estamos enfrentando, e suas raízes humanas, nos dizem respeito e nos tocam a todos".

Ao responder à pergunta "Que tipo de mundo queremos deixar para os que virão depois de nós, para as crianças que estão crescendo?", a Santa Sé espera que a Convenção e o Acordo de Paris possam contribuir para promover "uma forte convergência de todos no comprometimento com a necessidade urgente de iniciar uma mudança de rota capaz de passar decisivamente e com convicção da 'cultura do descarte' que prevalece em nossa sociedade para uma 'cultura do cuidado' de nossa Casa comum e daqueles que a habitam e habitarão nela [...]. A humanidade tem os meios para enfrentar essa transformação que requer uma conversão verdadeira e adequada, individual, mas também coletiva, e a vontade determinada de empreender esse caminho. Trata-se da transição para um modelo de desenvolvimento mais integral e integrante, baseado na solidariedade e na responsabilidade", dois valores fundamentais que devem ser a base da implementação da Convenção e do Acordo de Paris e que nortearão os esforços da Santa Sé nesse processo de implementação.

08 julho 2022

---

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog