Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Só Deus consola a dor pela morte de um ente querido, diz ativista

Lianna Rebolledo e sua filha Jeanette, falecida em 2018.

David Ramos | ACI Prensa

REDAÇÃO CENTRAL, 19 ago. 21 / 03:49 pm (ACI).- A conferencista católica e ativista pró-vida Lianna Rebolledo disse que só Deus pode consolar a dor da morte de um ente querido. Lianna foi sequestrada quando tinha apenas 12 anos. Ela foi estuprada pelos sequestradores e ficou grávida. Ao invés de abortar, Lianna teve sua filha Jeanette. Em 2018, Jeanette morreu, aos 28 anos, lutando contra uma neurofibromatose tipo 2, doença congênita e incurável.

Lianna, que dedicou sua vida à assistência de mulheres que sofrem violência e abuso, afirmou que “frente à morte de um ente querido, a palavra ´superar` não é apropriada. Porque superar significa enfrentar algo que pode ter solução. Mas diante da morte, a dor não pode ser superada”.

A palestrante católica explicou que, durante o luto, as pessoas podem “entrar em um estado de depressão, um estado de tristeza, um estado onde também há uma negação e uma raiva, porque é algo que você não pode entender”.

“Mas pouco a pouco irá chegando a paz, a resignação, mas não a superação”, disse, pois “definitivamente, superar é algo impossível”.

“Na realidade, é preciso aprender a conviver com a dor, através de uma vida nova e diferente, aprender a viver na ausência da pessoa que mais amamos”, disse ela.

Para Lianna, a “dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional”.

“É preciso encontrar um sentido para a morte”, disse, e explicou que “não se trata de encontrar um sentido para a perda. Trata-se de encontrar um sentido para a sua vida e para a nova vida que agora você terá que enfrentar, aprender a viver com a ausência, encontrar um ´para que eu continuo aqui?`”.

Só Deus “nos confortará no luto”.

“Eu achei que não poderia sobreviver com a ausência da minha filha. No entanto, eu ainda estou aqui. A gente percebe que as orações fazem uma diferença grande na vida dos outros e através da graça de Deus é que a gente pode enfrentar a dor”, disse.

“E temos que decidir o que aprender dessa dor: ou me transforma em uma pessoa melhor e trato de adaptar-me à nova circunstância, à minha nova forma de vida; ou me amarguro”.

Considerando o importante drama pessoal da morte de um ente querido, Lianna falou da importância de reconhecer que “o amor de Jesus Cristo é o que vai nos levantar, o que vai nos confortar no luto, somente Ele”.

“Somente Maria Santíssima, que viu seu filho ser crucificado, vai nos entender”, acrescentou.

“Eu me apego a Deus porque sei que, quanto mais eu estiver perto de Deus, mais perto estarei da minha filha. E me aproximo mais da Virgem, porque tenho certeza de que ela tem a minha criaça com ela”, afirmou.

Lianna também falou sobre a necessidade de “viver a dor da perda quanto tempo for necessário. Dizem que o tempo ajuda. Mas não ajuda. (O que ajuda) é o que fazemos com o nosso tempo para ir em frente e reconhecer a fragilidade da vida”.

A especialista em aconselhamento também falou da importância de receber ajuda psicológica e de participar em “grupos de acompanhamento”.

Sobre como ajudar as pessoas que passam pela dor da perda de um ente querido, Lianna afirmou que “o mais importante é lembrar que a única pessoa que pode consolar um coração partido é Cristo”.

“Não há nenhuma palavra que possa consolar uma pessoa que está experimentando o pior momento de sua vida”, explicou.

“O mais importante é a prudência”, disse ela. Pois “muitas vezes a pessoa está tão afetada que nem sequer vai querer ser tocada e teremos que pedir-lhes até permissão: ´posso abraçar você?`”.

“E dizer-lhes, apenas, que estou aqui para o que você precisar. Muitas vezes, o que a pessoa necessita é simplesmente desabafar, ventilar, expressar todas as suas emoções, poder desabafar e chorar”, afirmou.

Para mais informações sobre o trabalho da Lianna Rebolledo, você pode acessar sua página oficial no Facebook, seu perfil no Twitter ou no Instagram.

---

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog