Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Plante uma árvore no Dia de Finados pelas vítimas da Covid-19 e pela Casa Comum


Em tempo de pandemia, para evitar aglomerações nos cemitérios, o secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, convida para a campanha nacional do Dia de Finados: #CuidarDaSaudade. Neste ano, diante das medidas sanitárias impostas pela Covid-19, os fiéis são convidados a realizar uma simples ação junto à oração no Dia de Finados: plantar uma árvore, nativa ou frutífera, em homenagem às vítimas da pandemia, manifestando também o compromisso pela Casa Comum, tão agravada pela crise ambiental.

Andressa Collet - Vatican News

“Mais um Dia de Finados em que a saudade bate forte no coração, como ela se faz presente a cada dia do ano, a cada momento, a cada hora. Neste ano, porém, além da memória dos que se foram, nós nos lembramos das inúmeras vítimas da Covid-19. Um ano que nos impede de fazer o que usualmente nós fazemos no Dia de Finados. Como, neste ano, temos a dificuldade da aglomeração, apresentamos a você uma forma de, junto com a oração, junto com tudo aquilo que você já faz - sem se colocar em risco e colocar outras pessoas em risco, nós propomos a você uma maneira de manifestar a fé e homenagear as vidas que se foram.”

A nova proposta apresentada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), parte através do secretário-geral, dom Joel Portella Amado. Em mensagem em vídeo, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro exorta os fiéis a, junto à oração pelos falecidos, realizar uma pequena ação que pode fazer a diferença pelo bem da Casa Comum:

“No tempo em que nós não podemos nos reunir fisicamente e num tempo também que, através das queimadas, o meio ambiente vem se mostrando cada vez mais agredido, destruído, propomos a você uma atitude pequena, simples, que se une à oração, que se une a tudo que é feito, manifestando o nosso compromisso pela Casa Comum que o Criador nos deu. Uma muda de árvore, uma árvore nativa, uma árvore própria da sua região portanto, se possível, uma árvore alimentícia: plante uma árvore! Esse é um convite feito a todos nós num tempo em que a aglomeração, estar fisicamente juntos, compartilhando abraço, compartilhando a saudade, nada disso é possível ainda, né? A pandemia não deixa."

“Neste ano, junto com as orações, junto com tudo aquilo que faz mexer a saudade no coração da gente, fica o convite para que, através de um compromisso com a Casa Comum, você possa manifestar a fé no Deus da vida.”

Cuidar da Saudade e da Casa Comum

Ao plantar uma árvore, de preferência a partir de mudas nativas ou frutíferas, enaltece ainda dom Joel, quem puder, também pode fazer uma foto e compartilhar nas redes sociais com a #CuidarDaSaudade, junto à história de quem vai receber a homenagem. Essa é mais uma iniciativa que faz parte da Ação Solidária Emergencial da Igreja no Brasil “É Tempo de Cuidar” para, no Dia de Finados, “testemunhar a esperança na ressurreição”, afirma o bispo auxiliar, que complementa:

“Assim como quem se foi, deixou muito nesta vida para todos nós; nós, também, ao plantar as árvores queremos expressar tudo aquilo que, de coração e motivados pela fé, nós queremos deixar para as próximas gerações.”

30 outubro 2020


Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog