Papa aceita a renúncia do Cardeal Becciu ao seu cargo e aos "direitos ligados ao cardinalato"


Cardeal Angelo Becciu. Crédito: ArchiMadrid

Vaticano, 25 set. 20 / 08:31 am (ACI).- O Papa Francisco aceitou a renúncia do Cardeal Angelo Becciu, de 72 anos, ao cargo de Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos no Vaticano.
Assim o indicou a sala de imprensa da Santa Sé em breve comunicado publicado nesta quinta-feira.
“Hoje, quinta-feira, 24 de setembro, o Santo Padre aceitou a renúncia ao cargo de Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos e aos direitos ligados ao cardinalato, apresentada por Sua Eminência cardeal Giovanni Angelo Becciu”, assinala o comunicado.
A decisão é uma medida surpreendente, considerando que estava previsto que o Cardeal Becciu presidisse a beatificação de Carlo Acutis no sábado, 10 de outubro, na cidade de Assis (Itália), onde repousam seus restos.

O Cardeal Becciu serviu como Substituto da Secretaria de Estado do Vaticano entre 2011 e 2018, ano em que o Papa Francisco o nomeou Cardeal e o designou como Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos.
Em seus anos como Substituto, ele teria se envolvido em alguns escândalos financeiros, mais recentemente o investimento da Secretaria de centenas de milhões de euros com o empresário italiano Rafaelle Mincione e a controversa compra de um edifício em Londres.
CNA, agência em inglês do Grupo ACI, informou que uma parte substancial dos 200 milhões de dólares usados ​​para financiar a compra pela Secretaria de Estado de um imóvel de luxo na Sloane Avenue, em Londres, foi dado através do crédito concedido pelo BSI, um banco suíço com uma longa trajetória de violação das salvaguardas contra lavagem de dinheiro e fraude.
CNA também informou que, em 2015, Becciu teria tentado disfarçar os empréstimos nos balanços do Vaticano, cancelando-os contra o valor da propriedade comprada no bairro londrino de Chelsea, uma manobra contábil proibida pelas novas políticas financeiras aprovadas pelo Papa Francisco em 2014.
A suposta tentativa teria sido detectada pela Prefeitura de Economia, então liderada pelo cardeal George Pell. Altos funcionários do secretariado disseram à CNA que quando o cardeal australiano pediu para ver os detalhes dos empréstimos, o Cardeal Becciu o chamou à Secretaria de Estado para uma "reprimenda".
O Cardeal Becciu defendeu os investimentos de Londres como uma "prática aceita", embora os promotores do Vaticano tenham feito uma busca e apreensão nos escritórios de vários colaboradores próximos do Cardeal e tenham prendido um dos homens de negócio envolvidos.

Comentários

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog