Uma oração para os médicos - Devoção e Fé - Blog Católico

terça-feira, 4 de agosto de 2020

Uma oração para os médicos


Oferecemos a nossos leitores tradução privada de uma oração, publicada por Pio XII, a ser recitada pelos médicos. Nela se pedem a Jesus Redentor, “Médico das almas e dos corpos”, as graças necessárias para o reto exercício dessa tão importante profissão.

Equipe Christo Nihil Praeponere
30 de Julho de 2020

Oração dos Médicos
promulgada e indulgenciada [1]
pelo Sumo Pontífice Pio XII

Ó divino Médico das almas e dos corpos, Jesus Redentor, que durante a vossa vida mortal tivestes predileção pelos enfermos, curando-os com o toque da vossa mão onipotente, nós, chamados à árdua missão da medicina, Vos adoramos e em Vós reconhecemos o nosso excelso modelo e sustentáculo.

Guiai sempre nossa mente, coração e mãos, de modo que mereçamos o louvor e a honra que o Espírito Santo tributa ao nosso ofício (cf. Eclo 38).

Aumentai em nós a consciência de que somos, de algum modo, colaboradores vossos na defesa e no desenvolvimento das criaturas humanas, e instrumentos da vossa misericórdia.

Iluminai as nossas inteligências na áspera provação contra as inumeráveis enfermidades do corpo, a fim de que, valendo-nos retamente da ciência e seus progressos, não nos sejam ocultas as causas dos males nem nos induzam em engano os seus sintomas, mas possamos indicar com seguro juízo os remédios dispostos pela vossa Providência.

Dilatai com o vosso amor os nossos corações, de modo que, reconhecendo a Vós mesmo nos doentes, particularmente nos mais abandonados, respondamos com incansável solicitude à confiança que depositam eles em nós.

Fazei que, imitando o vosso exemplo, sejamos paternos no compadecimento, sinceros no aconselhamento, diligentes no tratamento, alheios à ilusão, suaves no prenúncio do mistério da dor e da morte; sobretudo, que sejamos firmes ao defender, contra os assaltos do egoísmo e dos instintos perversos, a vossa santa lei do respeito à vida.

Como médicos que nos gloriamos do vosso nome, prometemos que a nossa atividade se moverá constantemente na observância da ordem moral e sob o império das suas leis.

Concedei-nos, enfim, que nós mesmos, pela conduta cristã da vida e pelo reto exercício da profissão, mereçamos um dia escutar dos vossos lábios a beatificante sentença, prometida àqueles que Vos visitaram enfermo nos irmãos: “Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado” (Mt 25, 34). Assim seja.

10 de maio de 1957

Nosso Emin.º Sr., Papa por providência divina, Pio XII benignamente se dignou conceder aos médicos indulgência parcial de três anos sempre que, de coração contrito, recitarem devotamente a oração acima referida. Não obstante quaisquer disposições contrárias.

N. Card. CANALI, Penitenciário-Mor

S. Luzio, Regente


Notas

De acordo com as normas para a concessão de indulgências, uma “indulgência anexa a alguma oração pode ganhar-se em qualquer língua em que se recite, desde que a tradução seja fiel, por declaração da Sagrada Penitenciaria ou de um dos ordinários ou jerarcas locais” (Enchiridion Indulgentiarum, n. 25). Como a tradução que aqui apresentamos é privada (feita por um aluno, a quem agradecemos a generosidade, e adaptada por nossa equipe), não goza da aprovação eclesiástica necessária à aquisição da indulgência a ela anexa. Os que quiserem lucrá-la, no entanto, podem encontrar a versão italiana original em AAS 49 (1957), p. 428.

Fonte: Padre Paulo Ricardo

A



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog