Santa Sofia: Líderes propõem uso compartilhado por cristãos e muçulmanos


Santa Sofia. Crédito: ACN.

ISTAMBUL, 30 Jul. 20 / 04:03 pm (ACI).- Líderes católicos e protestantes do Paquistão fizeram um chamado para que se permita o culto compartilhado entre cristãos e muçulmanos em Santa Sofia.

Pe. Abid Habib, ex-presidente da Conferência dos Superiores Maiores do Paquistão, expressou sua preocupação depois da primeira oração muçulmana em Santa Sofia após sua conversão em mesquita, na sexta-feira, 24 de julho.

“Como museu, era um lugar neutro que mantinha cristãos e muçulmanos em paz. Enquanto o mundo muçulmano se alegra com essa decisão, os sentimentos dos cristãos do mundo foram feridos. Eu também não estou feliz”, explicou o Pe. Habid a UCANEWS.

Nestas declarações, o Pe. Habib também especificou que “nos programas de diálogo inter-religioso, ouço frequentemente estudiosos muçulmanos citando um hadiz [tradição profética] quando o Profeta Maomé permitia que uma delegação de cristãos usasse uma mesquita Masjid-e-Nabvi, em Medina, na Arábia Saudita, para o culto cristão. Há muçulmanos que usam uma catedral de Boston para suas orações de sexta-feira".

Seguindo esses exemplos, o Pe. Habib propôs, de acordo com o artigo da UCA News, que “Santa Sofia seja um local de culto não apenas para os muçulmanos, mas também para os cristãos. Que seja permitido que os cristãos rezem aos domingos e muçulmanos às sextas-feiras. Isso certamente irá melhorar a imagem do povo turco".

Santa Sofia foi construída como uma catedral durante o Império Bizantino Cristão e se tornou uma mesquita após a conquista otomana de Constantinopla em 1453. Em 1934, o fundador da Turquia moderna, Mustafa Kemal Ataturk, ordenou que fosse convertida em museu.

O presidente Erdogan emitiu um decreto para entregar o controle de Santa Sofia à Diretoria de Assuntos Religiosos, depois que o tribunal superior da Turquia revogou seu status de museu em 10 de julho.

O Bispo da Igreja do Paquistão, Dom Azaf Marshall, da diocese de Rainwid, publicou uma foto de um dos ícones cristãos de Santa Sofia, na qual explicou que "o poder judicial turco não deu o melhor exemplo de tolerância para a promoção do diálogo e da harmonia entre as religiões”.

O presidente do Conselho Nacional de Igrejas no Paquistão também condenou a conversão de Santa Sofia em um comunicado de imprensa.

"Vários países e todos os órgãos internacionais da igreja, incluindo o Conselho Mundial de Igrejas, o Vaticano, a Igreja Ortodoxa Oriental e a Igreja na Rússia exortaram o Presidente Erdogan a reverter sua decisão pelo interesse geral da harmonia inter-religiosa. Gostaríamos de propor que Santa Sofia seja aberta para o culto de muçulmanos e cristãos e que permaneça acessível a todos os visitantes durante o resto da semana”, propôs Dom Marshall.

“Acreditamos que é uma solução viável e que ajudaria a promover a compreensão mútua, o respeito, o diálogo e a cooperação. Os líderes da igreja paquistanesa esperam que o governo paquistanês transmita suas preocupações aos líderes turcos e desempenhe seu devido papel na promoção da liberdade religiosa ", afirmou.

Fonte: ACI digital

Comentários

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog