Meditação e contemplação são a mesma coisa?

Photocreo | Depositphotos

Philip Kosloski | Jul 27, 2020

De forma bem resumida, pode-se dizer que a meditação nos ajuda a conhecer a Deus e a contemplação nos ajuda a amá-lo.

Entre as muitas expressões diferentes de oração na tradição cristã estão a meditação e a contemplação. A princípio, pode parecer que esses termos descrevem a mesma coisa, mas em um exame mais detalhado conclui-se que eles revelam maneiras distintas de rezar a Deus.

O Catecismo da Igreja Católica resume a definição de meditação:

“A meditação é uma busca orante que põe em ação o pensamento, a imaginação, a emoção, o desejo. Tem por finalidade a apropriação crente do tema considerado, confrontado com a realidade da nossa vida” (CIC 2723).

Ainda de acordo com o Catecismo,

“A meditação é sobretudo uma busca. O espírito procura compreender o porquê e o como da vida cristã, para aderir e corresponder ao que o Senhor lhe pede. Exige uma atenção difícil de disciplinar. Habitualmente, recorre-se à ajuda dum livro e os cristãos não têm falta deles: a Sagrada Escritura, em especial o Evangelho, os santos ícones (as imagens), os textos litúrgicos do dia ou do tempo, os escritos dos Padres espirituais, as obras de espiritualidade, o grande livro da criação e o da história, a página do «hoje» de Deus” (CIC 2705).

Este tipo de oração é frequentemente associado à antiga prática da “Leitura Divina” (Lectio Divina), em que a pessoa medita sobre as verdades encontradas na Bíblia.

A contemplação

A contemplação, por outro lado, é (nas palavras de Santa Teresa de Ávila) “nada mais que um compartilhamento próximo entre amigos; significa dedicar tempo para ficar a sós com Ele, que sabemos que nos ama.”

O Catecismo também resume esse tipo de oração:

“A contemplação é a expressão simples do mistério da oração. É um olhar de fé fixo em Jesus, uma escuta da Palavra de Deus, um amor silencioso. Realiza a união com a oração de Cristo, na medida em que nos faz participar no seu mistério” (CIC 2724).

Embora ambos os tipos de oração promovam um relacionamento com Deus, a contemplação é onde esse amor é expresso e realizado. A oração contemplativa é quando contemplamos “Alguém”, uma pessoa, o próprio Deus.

Simplificando: a meditação nos ajuda a conhecer a Deus e a contemplação nos ajuda a amá-lo.

Fonte: Aleteia

Comentários

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog