Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Faleceu Pe. Evaristo Debiasi, primeiro assistente eclesiástico da ACN-Brasil


Padre Evaristo Debiasi / Foto: Fundação ACN
FLORIANÓPOLIS, 13 Jul. 20 / 12:30 pm (ACI).- Faleceu no último dia 11 de julho, em Florianópolis (SC), aos 80 anos, Padre Evaristo Debiasi, que foi o primeiro assistente eclesiástico da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre no Brasil (ACN-Brasil) e ajudou a moldar o que este instituição é hoje no país.

“Nossas orações encontram-se agora com a família, amigos e muitos que tinham tanta estima por este querido sacerdote. Todos da ACN sentimos a dor da sua perda, mas também somos consolados, pois ele, agora, está nos braços do Pai, junto de quem ele buscou amar e demonstrar seu amor de misericórdia a vida inteira”, expressou nota de falecimento publicada pela Fundação ACN.

A Fundação Pontifícia afirmou que “continuará com o legado do Padre Evaristo Debiasi, mantendo viva sua memória por meio dos artigos, vídeos e mensagens que ele gravou ao longo dos anos”.

Por sua vez, a Diocese de Tubarão, ao comunicar sobre o falecimento do sacerdote, ressaltou que ele “passou entre nós ‘fazendo o bem’. Deixou marcas profundas na vida de jovens, seminaristas, padres, religiosos e religiosas, famílias e comunidades. Foi vibrante, alegre, entusiasmado, ardoroso, acolhedor, autêntico. Foi uma luz que continuará a brilhar”.

“Ao mesmo tempo louvamos e bendizemos a Deus com profunda gratidão pelo dom que ele foi para todos nós. Cumpriu sua missão. Venceu!”, indicou.

Pe. Evaristo Debiasi nasceu dia 19 de agosto de 1939 em Orleans (SC). Foi fundador, supervisor e presidente do Movimento Porta Aberta e, desde 1997, era o Assistente Eclesiástico da ACN-Brasil, e apresentador dos programas semanais da entidade nas emissoras católicas do Brasil. Escreveu artigos para diversas revistas e ministrou palestras e painéis em retiros espirituais para casais, religiosos e padres.

O chamado para o sacerdócio ocorreu na juventude, em um período difícil da sua vida, estudando medicina em plena época da ditadura, conheceu Pe. João Mohana, que o reapresentou ao caminho da fé, do cristianismo e do amor. Neste momento sentiu o apelo de Deus em seu coração e alma.

Recebeu a ordenação sacerdotal em 23 de julho de 1967, na Igreja Matriz Santa Otília, em Orleans (SC), sendo membro da Diocese de Tubarão (SC).

Formou-se em filosofia, pedagogia, teologia, com especialização em psicologia para orientação vocacional e obteve mestrado em teologia dogmática. Sempre trabalhou na formação sacerdotal e orientação espiritual para jovens seminaristas.

Foi professor nas Universidades Federal e Católica de Curitiba, e Federal de Florianópolis(SC); Reitor do Seminário Maior “Paulinum”, de Curitiba(PR); Reitor no Instituto Teológico de Santa Catarina – ITESC; Reitor no Seminário Maior Teológico de Tubarão – SETT – Florianópolis(SC).

Fonte: ACI digital

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog