O Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria - Devoção e Fé - Blog Católico

sábado, 20 de junho de 2020

O Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria


Fr Lawrence Lew, O.P.-(CC BY-NC-ND 2.0)

Redação da Aleteia | Jun 20, 2020

“Nesta hora trágica da história humana, a Vós, a vosso Imaculado Coração, nos entregamos e nos consagramos”

A memória ao Imaculado Coração de Maria tem raízes no Evangelho, que, repetidamente, chama a nossa atenção para o Coração da Mãe de Deus. Ela é confirmada, na Tradição Viva da Igreja, pelos Santos Padres, Místicos da Idade Média, Santos, Teólogos e Papas.

“Depois ele desceu com eles para Nazaré; era-lhes submisso; e a sua mãe guardava todos esses acontecimentos em seu coração”.

Este relato bíblico, do Evangelho segundo São Lucas, se une ao do canto de louvor “Magníficat”, à compaixão e intercessão quanto ao vinho que havia acabado e à presença de Maria, de pé, junto à Cruz, revelando a sintonia entre o Imaculado Coração de Maria e o Sagrado Coração de Jesus.

Entre os santos, destacou-se como apóstolo desta devoção São João Eudes, e, entre os Papas, Pio XII, que consagrou o mundo inteiro ao Coração Imaculado de Maria em 1942.

As aparições de Nossa Senhora em Fátima no ano de 1917 espalharam de tal forma a devoção ao Coração de Maria que chegou-se a resumir a mensagem de Fátima precisamente como a manifestação do Coração Imaculado de Maria ao mundo atual para salvá-lo.

Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Gouache7 | Shutterstock

Ó Rainha do Santíssimo Rosário, auxílio dos cristãos, refúgio do gênero humano, vencedora de todas as batalhas de Deus!

Diante do vosso Trono, prostramo-nos suplicantes, seguros de impetrar misericórdia e de alcançar graça e oportuno auxílio e defesa nas presentes calamidades, não por nossos méritos, mas unicamente pela imensa bondade do vosso maternal Coração.

Nesta hora trágica da história humana, a Vós, a vosso Imaculado Coração nos entregamos e nos consagramos, não apenas em união com a Santa Igreja, corpo místico de vosso Filho Jesus, que sofre e sangra em tantas partes e de tantos modos atribulado, mas também com todo o mundo dilacerado por atrozes discórdias, abrasado num incêndio de ódio, vítima de suas próprias iniquidades.

Que vos comovam tantas ruínas materiais e morais, tantas dores, tantas angústias de pais e mães, de esposos, de irmãos, de crianças inocentes; tantas vidas cortadas em flor, tantos corpos despedaçados na horrenda carnificina, tantas almas torturadas e agonizantes, tantas em perigo de perderem-se eternamente.

Vós, ó Mãe de misericórdia, consegui-nos de Deus a paz; e, principalmente, as graças que podem converter num momento os corações humanos, as graças que reparam, conciliam e asseguram a paz.

Rainha da paz, rogai por nós e dai ao mundo em guerra a paz pela qual suspiram os povos, a paz na verdade, na justiça, na caridade de Cristo.

Dai a paz das armas e a paz das almas, para que, na tranquilidade da ordem, o reino de Deus se dilate. Concedei a vossa proteção aos infiéis e a quantos jazem ainda nas sombras da morte; concedei a paz e fazei que brilhe para eles o sol da verdade e possam repetir conosco, diante do único Salvador do mundo: glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade!

Dai a paz aos povos separados pelo erro ou pela discórdia, especialmente àqueles que vos professam singular devoção e nos quais não havia casa onde não se achasse honrada a vossa veneranda imagem, hoje quiçá oculta e retirada para melhores tempos, e fazei que retornem ao único redil de Cristo, sob o único verdadeiro Pastor.

Obtende paz e liberdade completa para a Igreja Santa de Deus; contei o dilúvio inundante do neopaganismo; fomentai nos fiéis o amor à pureza, a prática da vida cristã e do zelo apostólico, a fim de que aumente em méritos e em número o povo dos que servem a Deus.

Finalmente, assim como ao Coração de vosso Filho Jesus foram consagrados a Igreja e todo o gênero humano, para que, postas nele todas as esperanças, tivessem nele sinal e prenda de vitória e de salvação, de igual maneira, ó Mãe nossa e Rainha do Mundo, também nos consagramos para sempre a Vós, ao vosso Imaculado Coração, para que o vosso amor e patrocínio acelerem o triunfo do Reino de Deus, e todas as gentes, pacificadas entre si e com Deus, vos proclamem bem-aventurada e entoem convosco, de um extremo a outro da terra, o eterno Magníficat de glória, de amor, de reconhecimento ao Coração de Jesus, o único no qual se podem achar a Verdade, a Vida e a Paz.

Amém.

Fonte: Aleteia



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog