Hoje é o dia dedicado ao Beato Donizetti Tavares de Lima - Devoção e Fé - Blog Católico

terça-feira, 16 de junho de 2020

Hoje é o dia dedicado ao Beato Donizetti Tavares de Lima


Hoje é o dia dedicado ao Beato Donizetti

O Beato Donizetti Tavares de Lima transmitia a Palavra de Deus aos mais necessitados e aos humildes e incansavelmente atendia a todos sem distinção

Biografia e Vida

Donizetti Tavares de Lima nasceu na cidade de Cássia, em Minas Gerais, no dia 03 de janeiro de 1882. Vindo de uma família de 16 irmãos, era filho do advogado Tristão Tavares de Lima e da professora Francisca Cândida Tavares de Lima.

Estudou em Franca, Sorocaba e no Seminário Episcopal de São Paulo, onde exerceu a função de organista e professor de música. Aos 21 anos já tinha tomado a decisão pelo sacerdócio e matriculou-se no curso de filosofia do Seminário de São Paulo. Completou seus estudos eclesiásticos em Pouso Alegre-MG, local em que tornou-se sacerdote em 12 de julho de 1908.    .

Exerceu seu ministério sacerdotal em Campanha-MG, Jaguariúna-SP e Vargem Grande do Sul-SP. Chegou a Tambaú em 12 de junho de 1926 permanecendo até seu falecimento, em 16 de junho de 1961.

Padre Donizetti salva imagem da Padroeira do Brasil em incêndio

Assim que assumiu a paróquia, padre Donizetti encomendou a réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida para colocar na Igreja Matriz de Santo Antônio. Em 1929, um incêndio provocado por um curto circuito destruiu completamente a igreja. Das 23 imagens que havia no local restou intacta apenas a imagem da padroeira do Brasil, retirada do incêndio pelo padre Donizetti. Diante do fato o padre prometeu construir um santuário para a Virgem Santíssima. Seu desejo, porém, só foi concretizado após sua morte, aos 79 anos.

A vida do religioso em Tambaú

Padre Donizetti espalhou por Tambaú diversas obras sociais, entre elas destacam-se a fundação do asilo São Vicente de Paulo e da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Tambaú. Criou também a Congregação Mariana, a Irmandade das Filhas de Maria e o Circulo Operário Tambauense.

O religioso fez voto de pobreza desde sua ordenação sacerdotal e a única coisa que dizia possuir eram livros.  Para ele, a evangelização só alcançava seus frutos através da penitência. Exerceu seu sacerdócio como Jesus, a serviço dos pobres, dos desprotegidos e dos doentes. Viveu de maneira simples e humilde, sempre à disposição do povo.

Sua “fama de Santidade” já em vida, leva até hoje milhares de pessoas ao Santuário Nossa Senhora Aparecida de Tambaú-SP, onde encontram-se seus restos mortais. Na chamada “Casa dos Milagres”, nome dado à residência onde viveu, encontram-se inúmeros objetos deixados por pessoas que alcançaram uma graça.

Marcha da Fé

Desde o ano de 1976, a cidade de Tambaú, faz uma marcha saindo do Santuário (sonho do Pe. Donizetti) e indo até o cemitério, essa é a chamada Marcha da Fé. A caminhada é realizada no domingo mais próximo à data de falecimento do Padre, com canções católicas enquanto os fiéis acompanham o andor com as imagens do Padre Donizetti e de Nossa Senhora Aparecida.[49] O evento é iniciado com a celebração da Missa, às 04h da manhã.[50] É também reproduzido anualmente o áudio com a bênção do Padre Donizetti, e após, o encerramento tradicional com a chuva de rosas.

O MILAGRE

O CAMINHO DA SANTIDADE



O Papa Francisco recebeu em audiência, no dia 6 de abril de 2019, o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Becciu e, durante o encontro autoriza a mesma Congregação a promulgar o Decreto, no dia 8 de abril de 2019, que reconhece o milagre atribuído à intercessão do Venerável Padre Donizetti Tavares de Lima, autorizando sua beatificação

O milagre ocorreu na cidade Casa Branca, interior do estado de São Paulo, quando, Margarete Rosilene Arruda de Oliveira, mãe de Bruno Henrique Arruda de Oliveira pediu ao Padre Donizetti por um milagre. Bruno nasceu no dia 22 de maio de 2006, no hospital "Santa Casa de Misericórdia" de Casa Branca, e apresentou "pé torto congênito". Após alguns dias, a mãe, desesperada, pesquisou na internet sobre o assunto, verificando que se tratava de uma anormalidade de difícil tratamento, com a possibilidade do uso de gessos, bota ortopédica e a realização de cirurgia. E mesmo com assim, talvez os pés não ficassem normais, acarretando sequelas.


A essa altura, a mãe já estava muito triste e preocupada, pois seu filho ao começar ficar de pé, não conseguia encostar as solas dos pés na superfície, ele pisava com os lados dos pés e tinha as perninhas arqueadas. Então, de posse do Raio-X e laudo levou ao pediatra que constatou realmente o fato, e pediu que marcasse consulta com o ortopedista Dr. José Elias. Os dias que antecederam a consulta foram cheios de preocupação e angústia.

Então, em uma noite, antes de colocar o filho para dormir, colocou Bruno de pé sobre a mesa de minha cozinha e com a mão tentou desentortar os pezinhos dele tentando que ficassem retos, em vão...Então comecei a chorar e clamei pelo "Padre Donizetti". "Por favor, Santo Padre Donizetti, tenha piedade desta vossa filha que vos clama, me ajude: cure o meu filho, cura os pés dele...Sei que terei um caminho difícil pela frente com esse tratamento...Intercede por mim junto a Nossa Senhora Aparecida, sei que Ela não negará um pedido do senhor padre, pois Ela o ama muito, peça a Ela, por favor, que interceda ao filho Jesus, tal qual nas bodas de Canãa.



Padre Donizetti, se o senhor atender o meu pedido, prometo ir até a sua casa em Tambaú e levar o sapatinho do meu filho Bruno, para que dê o testemunho do seu poder junto à Nossa Senhora e Jesus, para que outros que sofrem, possam também pedir ajuda a vós. Obrigada, essa é minha vontade, mas que seja feita a vontade de Deus sobre todas as vontades...Amém!".

Coloquei meu filho para dormir. No dia seguinte quando acordamos, resolvi colocá-lo novamente de pé sobre a mesa e tive uma surpresa! Meu filho pisou com os pés retos e as solas dos pés tocavam a mesa! Suas pernas ainda continuavam arqueadas, mas, os pés estavam pisando certo. Chegou o dia da consulta com o ortopedista. Levei meu filho juntamente com o Raio-X e o Laudo e o Dr. José Elias, olhava o laudo e examinava os pés do Bruno e depois de algum tempo, me disse: Você acredita em Deus" Eu disse que sim e ele me disse: - Então agradece, porque foi "Ele", seu filho não tem nada nos pés, está normal!

Saí de lá com lágrimas nos olhos e tão agradecida ao Padre Donizetti, Nossa Senhora Aparecida e a Deus, por terem curado os pés do meu filho.



O tempo foi passando e suas perninhas continuaram arqueadas, eu agradecia e pensava que as pernas continuavam assim, para dar testemunho do milagre que havia acontecido. Meu pai, Sr. Luiz Arruda (avô do Bruno) sempre otimista, me dizia assim: "essas perninhas tortas não atrapalham em nada, pois um dos maiores jogadores do Brasil, "Mané Garrincha" tinhas as pernas tortas, e chamava o Bruno de Garrinchinha do vô".

Em 2010, minha avó Terezinha Kill de Melle, veio nos visitar, ela mora em São Paulo, é muito católica e devota do Padre Donizetti, o qual conheceu pessoalmente. Então fomos fazer esse passeio a Tambaú, leva-la, e cumprir minha promessa de levar os sapatinhos do Bruno juntamente com o laudo e deixei-os sobre a cama do Padre Donizetti em sua casa. Escrevi em um papel a breve estória do que havia acontecido e agradecendo para dar testemunho para todos que sofrem possam encontrar amparo nessa alma iluminada e bendita que é o Padre Donizetti. Hoje meu filho Bruno encontra-se em perfeito estado de saúde, suas pernas desentortaram e seus pés são normais sem nunca ter se submetido a nenhum tratamento e nenhuma cirurgia.


Não existe nenhuma sequela nele que indique que algum dia teve "pé torto congênito". Agradeço de todo o meu coração e digo sem nenhuma dúvida: - Foi o Padre Donizetti que intercedeu por meu filho junto a Nossa Senhora Aparecida e vosso Filho Jesus.

O milagre passou por três etapas de avaliação: uma reunião com peritos médicos (que deram o aval científico), com teólogos, e, finalmente, a aprovação final do colégio cardinalício, tendo sua autenticidade reconhecida de forma unânime em todos os estágios.

Oração pela Canonização do Beato Donizetti Tavares de Lima


Ò Deus, que ornastes a vida do Beato Donizetti Tavares de Lima com amor a Igreja e a devoção a Nossa Senhora aparecida, fazendo-o instrumento da Vossa Benção na vida do povo de Deus, concedei-nos a graça que tanto precisamos(...) Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém!

Fonte: Beato Donizetti

Vela Virtual e Pedidos de Oração

Redes Sociais:

Facebook Padre Donizetti Tavares

https://www.facebook.com/santuariodetambau/






Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog