Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Becciu: Carlo Acutis, uma vida oferecida a Jesus, à Igreja e ao Papa


O prefeito da Congregação das Causas dos Santos fala sobre o adiamento, para 10 de outubro, da beatificação do jovem milanês, interessado pela internet e apaixonado por Jesus e pela Igreja. A ele foi reconhecido o milagre de um menino brasileiro, ocorrido em 2013.

Benedetta Capelli/Mariangela Jaguraba – Vatican News

Muitos esperavam o anúncio da beatificação de Carlo Acutis, gênio da informática que amava profundamente a Eucaristia. Por causa da pandemia de coronavírus a data foi adiada para outubro, conforme sublinha o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Becciu.

Eminência, como se chegou a esta data?

Becciu: De uma maneira muito simples. Foi marcada uma data. Depois, sabemos como aconteceram as coisas por causa da epidemia que não permite a realização de cerimônias tão importantes. Portanto, junto com o bispo de Assis, concordamos para 10 de outubro. Espera-se que mais pessoas participem da cerimônia naquele período. A cerimônia se realizará apenas dois dias antes do aniversário de sua morte, pois ele morreu em 12 de outubro de 2006. Então, concordamos nesta data. Espera-se que as pessoas possam ir, caso contrário muitos acompanharão a celebração via streaming.

Carlo Acutis é um exemplo de fé para os nossos jovens e para todos nós...

Becciu: Certamente! É impressionante a maturidade desse garoto. Ele morreu aos 15 anos e desenvolveu um conhecimento esplêndido e exemplar da fé. Ele era um garoto quando se apaixonou pela Eucaristia, depois também voltou sua devoção a Nossa Senhora. Foi catequista, conseguiu transmitir a fé aos adolescentes, não apenas na forma clássica dos encontros, mas também explorou os meios telemáticos. Realizou um projeto informático sobre os temas da fé. Tinha um site sobre milagres eucarísticos. Esse jovem viveu sua fé ao máximo. Também são impressionantes as palavras expressas nos últimos dias. Ele disse: “Quero oferecer todos os meus sofrimentos pelo Senhor, pelo Papa e pela Igreja. Eu não quero ir para o purgatório. Eu quero ir direto para o Paraíso”. Aos 15 anos! Um garoto que fala assim nos impressiona e estimula todos a não brincar com a nossa fé, mas levá-la a sério.

No Sínodo de 2018, a recordação de Carlo Acutis


A rodovia para o céu

O rosto de um garoto bom, o sorriso limpo, o olhar voltado para o céu e o coração inflamado pelo amor a Jesus que ele contava para as crianças do catecismo, para o faxineiro de sua casa que se converteu ao cristianismo, para os pobres que encontrava na Obra São Francisco de Milão. Em apenas 15 anos de vida, Carlo Acutis saboreou o Paraíso na dedicação aos outros, na pressa de tornar o mundo conhecido, através das novas tecnologias, na beleza da Palavra de Deus, bem como na calma que vem da recitação do Terço e do valor da Eucaristia, sua “rodovia para o céu”.

Beatificação em Assis

A sua beatificação se realizará em Assis, local da sepultura, no sábado, 10 de outubro, às 16 horas, na Basílica papal de São Francisco. “A notícia é um raio de luz nestes meses em que enfrentamos a solidão e o distanciamento, experimentando o aspecto positivo da internet, uma tecnologia comunicativa para a qual Carlo tinha um talento especial”, sublinhou o bispo da Diocese de Assis-Nocera Umbra-Gualdo Tadino, dom Domenico Sorrentino. “Uma beatificação”, explicou o prelado, “que será um incentivo para todos”.

Carlo Acutis - Santuário da Espoliação, Assis

Venerável desde 2018

Carlo Acutis nasceu em Londres, em 3 de maio de 1991. Faleceu em Monza por causa de uma leucemia fulminante em 12 de outubro de 2006. Foi declarado Venerável em 5 de julho de 2018. Quase um ano depois, seus restos mortais foram transferidos para o Santuário da Espoliação em Assis. A ele foi reconhecido o milagre de um menino brasileiro, ocorrido em 2013. A criança sofria de distúrbios significativos do trato digestivo, com uma rara anomalia anatômica congênita do pâncreas, mas a cirurgia não foi realizada. A família e sua comunidade pediram a intercessão de Carlos para salvar seu filho.

Não eu, mas Deus
“É verdade que o mundo digital pode expor você ao risco de se fechar, ao isolamento ou ao prazer vazio. Mas não se esqueça de que existem jovens que são criativos e às vezes geniais nesses âmbitos”, escreveu o Papa Francisco na Exortação Apostólica pós-sinodal aos jovens “Christus Vivit”, fruto do Sínodo de 2018. Carlo é indicado pelo Pontífice como um exemplo a ser dado aos adolescentes para um uso saudável da mídia. Graças à sua paixão pela informática, realizou uma exposição sobre os milagres eucarísticos, que girou o mundo, para contar a alegria do encontro concreto com Jesus. “Todos nascem como originais, mas muitos morrem como fotocópias”: este é o lema de Carlo, que também amava repetir: “A tristeza é o olhar voltado para si mesmo, a felicidade é o olhar voltado para Deus”. Expressões de uma fé intensa e verdadeira, saboreada na terra, na plenitude da vida de uma pessoa de quinze anos com o coração aberto a Deus.

16 junho 2020

Fonte: Vatican News

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog