Reze a São José de Anchieta frente à pandemia do coronavírus com esta oração - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 3 de abril de 2020

Reze a São José de Anchieta frente à pandemia do coronavírus com esta oração


São José de Anchieta com um enfermo / Crédito: Santuário Nacional de São José de Anchieta

REDAÇÃO CENTRAL, 02 Abr. 20 / 08:00 am (ACI).- O Santuário Nacional de São José de Anchieta publicou em seu site uma oração a este santo jesuíta, copadroeiro do Brasil, a ser rezada nas ocasiões de epidemia, sobretudo, no atual momento, com a pandemia do coronavírus, COVI-19.

A oração (que pode ser conferida ao final desta matéria) recorda que o santo se colocou “entre a sala de aula e a enfermaria socorrendo muitos filhos e filhas” que o procuravam “na missão de Piratininga, atormentados de inúmeras enfermidades e epidemias”.

Assim, confia ao Apóstolo do Brasil “a saúde do corpo e da alma do povo desta terra”.

Em seu site, o Santuário de Anchieta recorda ainda que, em relação aos 44 anos de sua vida que São José de Anchieta dedicou ao Brasil, há diversos registros “dos cuidados físicos nas enfermidades, do interesse em conhecer a medicina indígena para curar as doenças e, sobretudo, da sua profunda oração e inabalável esperança na misericórdia e providência divina”.

Cita, por exemplo, um dos testemunhos recolhidos por Pe. Pero Rodrigues, SJ, segundo o qual, “quando se achava entre os índios, [José de Anchieta] cuidava deles em suas doenças. Nunca se negava para os servir no espiritual e temporal, ainda que houvesse de passar fome, frio e maus caminhos, e todas as mais incomodidades que a terra e o tempo ocasionavam”.

Além disso, assinala o Santuário, “neste mesmo lugar, São José de Anchieta fez as suas próprias orações, cuidou e sarou enfermos. Aqui, em particular, invocou a proteção materna de Maria contra as enfermidades”.

Nesse sentido, relata que em 1590, por ocasião da dedicação da igreja a Nossa Senhora da Assunção, o santo escreveu e encenou o Auto da Assunção, peça teatral que conta a história da visita de Maria a aldeia.

Nesta obra, o santo colocou na voz do anjo, em tupi, a seguinte invocação em tupi: “A tradução desta pequena oração é: “Mãe de Deus Virgem Maria, vem a aldeia visitar, dela o demônio expulsar. Oxalá com alegria progridamos em te amar. Afasta-lhe a enfermidade, a febre, a disenteria, as corrupções, a ansiedade, para que a comunidade creia em Deus, teu Filho e guia”.

A seguir a oração a São José de Anchieta nas epidemias:

São José de Anchieta, o Apóstolo do Brasil, a quem confiamos a saúde do corpo e da alma do povo desta terra, que encontraste boa saúde nestes trópicos e recomendaste as terras do Brasil, vinde em nosso auxílio diante desta grande calamidade que nos assola.

Foste tu que se colocaste entre a sala de aula e a enfermaria socorrendo muitos filhos e filhas que te procuravam na missão de Piratininga, atormentados de inúmeras enfermidades e epidemias. Foste tu que na carência total se fez médico e com as plantas desta terra encontrou veículo para novas medicinas.

Foste tu que movido pelo zelo do Evangelho tentou salvar a muitos por meio da Palavra e da Eucaristia, aumentai em nós a Fé, a Esperança e a Caridade, para que, movidos pelos mesmos sentimentos de Cristo, possamos servir os mais pobres e necessitados.

Como foste tudo para todos, fazei-nos colocar toda a nossa confiança nas mãos de Cristo Jesus. Para que, no nosso pôr do sol, brilhe vitoriosa a luz do Cristo. Que a Virgem Maria rogue por nós em nossas agonias, dando-nos seu Filho Jesus como remédio para a nossa vida.

São José de Anchieta, rogai por nós.

Amém.

Fonte: ACI digital



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog