Portal católico multilíngue e missas via streaming para enfrentar as barreiras do coronavírus

O site foi criado na Índia, mas acessível a todos em várias línguas  (AFP or licensors)

Na região da Lombardia, na Itália, os bispos convidam a seguir as missas pela TV ou em transmissões via streaming nos sites das dioceses. Na Índia, quem vive quarentena pelo coronavírus ganhou um aliado na fé, com o lançamento de um portal católico, disponível em mais de 5 línguas, como em inglês e espanhol.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Uma mensagem divulgada pela Conferência Episcopal da Lombardia, uma das principais regiões da Itália afetadas pelo contágio do coronavírus, convida os fiéis a seguirem as celebrações eucarísticas das próprias casas, através da TV ou via streaming. No comunicado da última sexta-feira (28) intitulado “Vou pedir o bem para ti”, os bispos fizeram referência à missa deste domingo (1), o primeiro da Quaresma.

“Não podemos viver sem celebrar o dia do Senhor”, diz a mensagem, ao acrescentar que “viver o dia do Senhor sem a celebração eucarística é um vazio e uma privação que nós todos sentimos com sofrimento”. Porém, pensando à saúde dos habitantes da região, os bispos exortam os fiéis a se abster das assembleias eucarísticas.

O convite é, então, “à oração pessoal” e a seguir as celebrações através das transmissões na TV ou na rádio ou mesmo pelo site das dioceses via streaming. A mensagem é assinada pelos bispos de Milão, Bergamo, Mântova, Como, Vigevano, Crema, Lodi, Cremona, Pavía e Brescia.

Portal católico multilíngue na Índia

Já as pessoas que vivem um período de quarentena na Índia, por causa do Covid-19, podem usufruir de uma plataforma online que encoraja a não viver em solidão o isolamento domiciliar. A Associação Sanitária Católica (Chai), com sede em Hyderabad, é quem colocou no ar a iniciativa.

Desde 26 de fevereiro as pessoas podem participar de chats de debates, enviar áudios e vídeos, além de escrever e-mails para o site www.coronacare.life, que está sendo administrado por cerca de 40 voluntários – metade deles são agentes sanitários, mas na sua maioria são religiosos.

Pe. Mathew Abraham, diretor da Associação, explica à agência Ucan que “o medo e a solidão são os piores inimigos dos seres humanos num momento de crise que este. A ideia da plataforma é justamente ajudar a superar esse medo e solidão”. O isolamento “cria frustrações e sofrimentos inimagináveis, sobretudo quando as pessoas em quarentena sabem que já tiveram mortes”, sublinha o vice-secretário, Pe. George Kannanthanam.

Por isso, eles explicam, que a equipe conta com psicólogos e agentes sociais. Além das línguas locais, da Índia, os voluntários falam também outros idiomas como o chinês, o espanhol, o francês, o italiano e o inglês. Somente em dois dias, o site recebeu 237 chamadas e mais de 60 mensagens no chat. “Esse é um sinal que as pessoas em quarentena sentem realmente a necessidade de falar com os outros”, finalizou Pe. George.

02 março 2020

Fonte: Vatican News

Comentários

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog