Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Bispo inglês exorta fiéis a apoiar cristãos perseguidos: "É responsabilidade nossa!"


Igreja de São Sebastião em Negombo, Sri Lanka, após ataques terroristas na Páscoa de 2019  (AFP or licensors)

O arcebispo de Southwark, John Wilson, propôs aos fiéis três passos a serem dados para ajudar os cristãos sofredores: rezar uma dezena do Terço todos os dias pela Igreja perseguida; compartilhar as últimas notícias e os fatos mais recentes sobre as perseguições; e certificar-se de que as próprias comunidades paroquiais adotem medidas para ajudar, doando e rezando.

Cidade do Vaticano

Diante dos contínuos relatos de perseguições contra os cristãos, o arcebispo de Southwark, John Wilson, lançou um forte apelo aos fiéis presentes na Missa celebrada em 18 de fevereiro na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Sutton, (Reino Unido): ajudá-los “não é responsabilidade dos outros. É responsabilidade nossa”, disse o prelado, exortando os fiéis a apoiá-los como puderem.

A celebração precedeu a visita do arcebispo aos escritórios nacionais da Ajuda à Igreja que Sofre em Sutton. Ainda na homilia, Dom Wilson elogiou o trabalho caritativo católico em apoio aos cristãos sofredores.

Se não falarmos, ninguém falará

A perseguição aos cristãos “é algo tão frequente que nos habituamos. Tornou-se aceitável que os cristãos ser perseguidos por sua fé. Não é aceitável (...). Não é aceitável - observou- que as pessoas sejam levadas ao tribunal, levadas perante o exército pelo que acreditam. A liberdade de crença é essencial, e se nós não falarmos, ninguém mais o fará."

O arcebispo quis agradecer a Ajuda à Igreja que Sofre e a todos aqueles que a apoiam e que trabalham na fundação de direito pontifício, porque mostram ao mundo, às Igrejas, aos governos, a importância de se fazer ouvir e de falar em favor da "liberdade de acreditar, de reunir-se para rezar, de poder viver e agir sem sofrer perseguições”.

Três maneiras para ajudar os cristãos perseguidos

Em uma igreja lotada de paroquianos e apoiadores da AIS, Dom Wilson convidou todos a realizarem três passos para ajudar os cristãos sofredores: rezar uma dezena do Terço todos os dias pela Igreja perseguida; compartilhar as últimas notícias e os fatos mais recentes sobre as perseguições; e certificar-se de que as próprias comunidades paroquiais tomem medidas para ajudar, doando e rezando.

"Existe a solidariedade de nossas orações e existe a solidariedade de nossas palavras. Por fim, a solidariedade de nosso apoio financeiro", disse o arcebispo.

"Nós que temos a liberdade de praticar nossa fé - acrescentou - devemos agir em apoio àqueles que não têm essa liberdade. Não é uma opção, é uma necessidade; é algo que devemos fazer".

O arcebispo foi acolhido na igreja pelo pároco da Nossa Senhora do Rosário, padre Jim McGillicuddy, pelo diretor nacional da AIS / Grã-Bretanha, Neville Kyrke-Smith, pelo padre Dominic Robinson, membros do Conselho de Administração do Reino Unido, funcionários e voluntários.

19 fevereiro 2020

Fonte: Vatican News

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog