Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ainda não sabe direito a diferença entre jejum e abstinência? Resolva em 2 minutos

By Vadim Georgiev | Shutterstock

Redação da Aleteia | Fev, 2020

É bem mais simples, saudável, sensato e razoável do que muita gente imagina!
É frequente a dúvida sobre a diferença entre jejum e abstinência, dois sacrifícios que a Igreja nos pede em algumas datas específicas.

O jejum

Consiste no sacrifício de renunciar às refeições normais, limitando-as ao básico.

Não é preciso ficar apenas no pão e água: pode-se fazer uma refeição principal (almoço ou jantar) e comer um pouco nas outras duas, desde que as duas juntas não equivalham a uma refeição completa.

Esta é a sugestão mais recomendável, segundo a prudência, a quem não está acostumado a jejuar, pois um jejum mais radical pode ser prejudicial à saúde.

A abstinência

Consiste em renunciar a algo específico durante um determinado tempo.

No caso da abstinência de alimentos em datas específicas da fé católica, nós deixamos de comer carne de animais de sangue quente, bem como molhos ou sopas à base dessas carnes.

O pescado é permitido em sua substituição.

Quando é obrigatório jejuar ou abster-se?

O fiel católico é obrigado ao jejum na Quarta-Feira de Cinzas e na Sexta-Feira Santa, apenas.

A abstinência também é obrigatória nessas duas datas, mas se estende a TODAS as sextas-feiras do ano, a não ser que elas coincidam com alguma solenidade.

As conferências episcopais, com autorização da Santa Sé, podem estabelecer comutações conforme as diversas realidades locais. No Brasil, é possível substituir a abstinência pela participação na Santa Missa ou pela realização de obras de caridade, ações piedosas e exercícios devocionais, como, por exemplo, a Via Crúcis ou o Santo Terço.

Nos dias em que se preceitua o jejum e/ou a abstinência, o horário a ser respeitado equivale ao dia completo, indo da meia-noite à meia-noite.

Para quem é obrigatório?

O jejum, para todos os fiéis entre 18 e 60 anos. A abstinência, para os fiéis a partir de 14 anos.

Devem-se levar em conta, é claro, as exceções determinadas por motivos sérios de saúde.

Mandamento da Igreja

O jejum e a abstinência compõem o quarto mandamento da Igreja. Esses mandamentos são cinco:

Participar da Missa inteira aos domingos e festas de preceito, dias em que devemos abster-nos do trabalho.

Confessar-se ao menos uma vez por ano.

Comungar ao menos na Páscoa da Ressurreição.

Jejuar e abster-se de carne conforme as determinações da Igreja.

Ajudar a Igreja em suas necessidades.

Fonte: Aleteia

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog