Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Arquidioceses mineiras orientam fiéis para combater coronavírus no Brasil

Coronavírus: Arquidiocese de BH orienta católicos a evitarem contato físico em missa

Para evitar risco de contágio, o 'abraço da paz' deve ser evitado e a comunhão não deve ser recebida na boca

Durante a oração do Pai-Nosso, a arquidiocese recomenda que a assembleia evite de dar as mãos para rezar. (Marcos figueiredo/Arquidiocese BH)


Após a confirmação do primeiro caso de infecção por coronavírus (COVID-19) no Brasil, a Igreja católica emitiu recomendações aos fiéis para diminuir o risco de contaminação pela doença. As arquidioceses de Belo Horizonte e Juiz de Fora determinaram restrições em alguns gestos e práticas litúrgicas para evitar risco de contágio.

O Ministério da Saúde confirmou, nessa quarta-feira (26), que está comprovado o primeiro caso positivo de coronavírus no Brasil. Trata-se de um homem que mora em São Paulo, tem 61 anos e veio da Itália. Esse é o primeiro caso da doença no país e em toda a América Latina. Além dele, outros vinte casos suspeitos estão sendo monitorados em sete estados.

Em Belo Horizonte, a indicação é para que os fieis evitem o 'abraço da paz' e a comunhão 'pela boca'. Durante a oração do Pai-Nosso, a arquidiocese recomenda que a assembleia evite de dar as mãos para rezar.

Na Zona da Mata, aonde há a suspeita de um caso de coronavírus, o arcebispo Metropolitano, dom Gil Antônio Moreira, determinou medidas de precaução semelhantes às da capital. A decisão vale para todo o território arquidiocesano, composto por Juiz de Fora e outras 36 cidades.

Leia o comunicado da Arquidiocese de BH na íntegra

"A Arquidiocese de Belo Horizonte, em comunhão com a Igreja em todo o mundo, está sempre comprometida com a defesa da vida, com o bem estar de cada pessoa. A vida é dom de Deus, precioso, e por isso mesmo deve ser preservada e promovida, em todas as suas etapas, da fecundação ao declínio, com a morte natural. Por isso mesmo, a Igreja une-se aos que hoje buscam combater a disseminação do coronavírus, uma ameaça à saúde, principalmente dos idosos e enfermos.

Nossa orientação ao Povo de Deus é que, durante as Missas, em vez do abraço da paz, busque fortalecer ainda mais o sincero sentimento de bem-querer em relação ao próximo. Na oração do Pai-Nosso, no lugar de unir as mãos, seja cultivado com mais intensidade o compromisso com a fraterna comunhão. Aos nossos irmãos sacerdotes, pedimos que orientem os fiéis a receberem a Sagrada Eucaristia nas mãos, acolhendo Cristo enquanto se reza pelo irmão enfermo.

Essas ações simples, no contexto de nossas celebrações, são muito significativas neste momento em que precisamos nos unir para combater a proliferação do coronavírus.

Deus muito nos abençoe nesta missão, com a intercessão materna de Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais."

Fonte: Dom Total


Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog