Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Abusos sexuais: Papa Francisco expulsa sacerdote legionário do estado clerical


Imagem referencial. Crédito: Pixabay / Domínio público.

Cidade do México, 14 Jan. 20 / 05:00 pm (ACI).- O Papa Francisco aprovou a expulsão do estado clerical de Fernando Martínez Suárez, membro dos Legionários de Cristo que abusou de pelo menos seis meninas no início dos anos 1990 em uma escola de Cancun (México).

Assim os Legionários de Cristo informaram às vítimas em uma carta assinada em 13 de janeiro por Pe. Andreas Schöggl, secretário-geral da congregação religiosa.

Em sua carta, Pe. Schöggl explicou que Pe. Eduardo Robles Gil, diretor geral dos Legionários de Cristo "está em exercícios espirituais", de modo que "pediu-me para comunicar pessoalmente o seguinte: Nesta manhã, Fernando Martínez Suárez foi notificado de que o Santo Padre aceitou seu pedido de deixar o estado clerical para o bem da Igreja (pro bono Ecclesiae)”.

O secretário-geral dos Legionários de Cristo indicou que Fernando Martínez Suárez “fez essa solicitação para, de alguma forma, aliviar o sofrimento causado a você e às demais vítimas. A Congregação para a Doutrina da Fé a submeteu ao Santo Padre após um estudo atento do caso”.

Meses atrás, Martínez Suárez foi acusado publicamente de abusar de meninas no início dos anos 1990, quando dirigia o Instituto Cumbres, em Cancun (México), uma escola administrada pelos Legionários de Cristo.

Em um documento publicado em 22 de novembro de 2019, os Legionários de Cristo confirmaram que Martínez Suárez abusou de pelo menos seis meninas de 6 a 11 anos, entre 1991 e 1993.

Também há uma acusação contra o sacerdote realizada em 1969, pelo abuso de um menino de 4 a 6 anos, assim como de uma menina em 1990. Ambos os casos correspondem ao Instituto Cumbres Lomas, na Cidade do México.

O caso de Martínez Suárez reavivou os questionamentos aos Legionários de Cristo e ao seu processo de renovação.

Fundados em 1941 por Marcial Maciel, sacerdote falecido que cometeu diversos abusos sexuais reconhecidos posteriormente pela organização, os Legionários de Cristo passaram por um processo de renovação e purificação acompanhados pelo Vaticano, que recentemente levou à criação da Federação Regnum Christi, que inclui esta congregação, assim como as Consagradas de Regnum Christi e os leigos Consagrados de Regnum Christi.

No entanto, para as vítimas de Martínez Suárez, esse caso evidenciaria que o encobrimento e a cumplicidade com os abusadores persistem entre os membros dos Legionários de Cristo.

Em um comunicado à imprensa, também publicado em 13 de janeiro, os Legionários de Cristo indicaram que Martínez Suárez “se reconheceu culpado de crimes de abuso sexual contra menores de idade” e “perdeu o estado clerical e não poderá mais exercer o ministério sacerdotal, pelo bem da Igreja”.

“A Santa Sé autorizou que continue pertencendo aos Legionários de Cristo, a pedido do próprio Fernando Martínez Suárez. Os Legionários de Cristo assumirão a responsabilidade de que Fernando Martínez leve uma vida que corresponda a sua condição de religioso que perdeu o estado clerical, e reafirmam sua determinação de percorrer o difícil e exigente caminho de reparação e cura”, disseram.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Fonte: ACI digital

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog