Papa Francisco adverte que o presépio é um sinal de nossa fé que não deve se perder - Devoção e Fé - Blog Católico

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Papa Francisco adverte que o presépio é um sinal de nossa fé que não deve se perder


Por Mercedes de la Torre

Papa Francisco contempla o presépio de Natal na Sala Paulo VI. Foto: Vatican Media

Vaticano, 05 Dez. 19 / 03:30 pm (ACI).- O Papa Francisco disse que o presépio de Natal é “um sinal simples e admirável da nossa fé e que não deve ser perdido", porque é “uma maneira genuína de comunicar o Evangelho, num mundo que às vezes parece ter medo de recordar o que é realmente o Natal".

Assim indicou o Santo Padre, quando recebeu em audiência, em 5 de dezembro, as delegações das regiões italianas de Trento e Veneto, que, neste ano, doaram a árvore de Natal e os presépios da Praça de São Pedro e da Sala Paulo VI do Vaticano.

Em seu discurso, o Pontífice recordou que em 1º de dezembro visitou a cidade de Greccio para visitar o local onde São Francisco fez o primeiro presépio e onde publicou a Carta Apostólica Admirabile signum.

Sobre o presépio, o Santo Padre enfatizou que "é sinal simples e admirável da nossa fé e que não deve ser perdido, pelo contrário, é bonito que seja transmitido de pais para filhos, de avós para netos".

"É uma maneira genuína de comunicar o Evangelho, num mundo que às vezes parece ter medo de recordar o que é realmente o Natal, e cancela os sinais cristãos para manter somente os de um imaginário banal e comercial", advertiu o Papa.

Além disso, o Papa Francisco expressou seu afeto pelos povos das províncias de Trento, Vicenza e Treviso, em particular de algumas localidades situadas nos territórios das dioceses de Trento, Pádua e Vittorio Veneto e recordou que essas áreas da Itália sofreram uma forte tempestade no outono passado "que devastou muitas áreas das três províncias do Veneto".

“O encontro de hoje me dá a oportunidade de renovar meu incentivo para as suas populações, que no ano passado sofreram uma catástrofe natural devastadora, que destruiu florestas inteiras. Trata-se de eventos que assustam, são sinais de alarme que a criação envia, e que nos pedem para tomar imediatamente decisões eficazes para preservar a nossa casa comum”, afirmou.

Além disso, o Pontífice destacou que nesta noite se acenderão as luzes que enfeitam a árvore de Natal na Praça de São Pedro que permanecerá junto com o presépio até o final das festas natalinas e “ambos serão admirados por numerosos peregrinos de todo o mundo”, por isso agradeceu “por estes presentes e também pelas árvores menores destinadas a outros locais do Vaticano”.

"Gostei muito de saber que, para substituir as plantas removidas, serão plantados 40 abetos que reintegrarão as florestas severamente danificadas pela tempestade de 2018", afirmou.

Sobre o abeto vermelho doado, o Papa explicou que "representa um sinal de esperança especialmente para as vossas florestas, de modo que possam ser depuradas e dar início, assim, à obra de reflorestamento".

Por outro lado, sobre o presépio, o Pontífice enfatizou que está feito "quase inteiramente de madeira e composto por elementos arquitetônicos característicos da tradição de Trento que ajudarão os visitantes a saborearem a riqueza espiritual do Natal do Senhor" e acrescentou que "os troncos de madeira, provenientes das regiões atingidas pelas tempestades, que servem de pano de fundo à paisagem, ressaltam a precariedade da Sagrada Família naquela noite em Belém".

Ao concluir seu discurso pronunciado na Sala Paulo VI do Vaticano, o Santo Padre contemplou brevemente "o presépio artístico de Conegliano, que também ajudará a contemplar a humilde gruta onde o Salvador nasceu" e desejou-lhes de coração "a todos os habitantes dessas regiões, que passem o Natal do Senhor com serenidade e fraternidade”.

“Que a Virgem Maria, que acolheu o Filho de Deus na debilidade da natureza humana, ajude-nos a contemplá-lo no rosto dos que sofrem e que nos sustente em nosso compromisso de ser solidários com as pessoas mais frágeis”.

Dados sobre o presépio e a árvore de Natal deste ano

O presépio provém da localidade de Scurelle, na província italiana de Trento, enquanto a árvore, um abeto vermelho de 26 metros de altura e 70 centímetros de diâmetro, provém do Planalto de Asiago.

A inauguração da iluminação do presépio e da árvore aconteceu hoje, 5 de dezembro, com uma cerimônia presidida pelo Cardeal Giuseppe Bertello, presidente da Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano, e pelo Bispo Fernando Vérgez Alzaga, secretário-geral.

O presépio colocado na Praça de São Pedro é feito quase inteiramente de madeira. É composto por dois elementos arquitetônicos característicos da tradição trentina.

É composto por cerca de 20 figuras de tamanho natural (cerca de 1 metro e 80 centímetros) de madeira policromada. A Sagrada Família ficará embaixo da estrutura maior.

Ao redor da cena central, haverá um espaço para os demais personagens: os Reis Magos, os pastores, os animais, os objetos e as plantas.

Além disso, haverá uma memória especial para as vítimas do temporal de outubro e novembro de 2018 que devastou várias áreas de Triveneto. Como recordação desse desastre, serão incluídos alguns pedaços de madeira provenientes das áreas afetadas pela inundação.

O abeto vermelho, que será usado como árvore de Natal, provém de florestas do território dos municípios italianos de Rotzo, Pedescala e San Pietro. A superfície florestal se estende por uma área de mais de 1.880 hectares, na qual se encontra a maior parte das espécies de abeto vermelho, abeto branco e outros exemplares autóctones.

Como de costume, para cada árvore extraída para ser usada como árvore de Natal, serão plantados 40 abetos, uma medida que visa contribuir para a restauração ecológica dessas florestas seriamente danificadas pela tempestade de 2018.

O segundo presépio colocado dentro da Sala Paulo VI é um conjunto de esculturas procedente da localidade italiana de Conegliano, na província de Treviso.

A estrutura recordará as construções geométricas de inspiração gótica, com arcos ogivais que se cruzam em uma disposição radial. Junto ao presépio estará presente um capitel que representa a célebre obra “Madona com Bambino”, do pintor renascentista Cima da Conegliano.

As figuras que serão introduzidas no presépio têm um tamanho de 125 centímetros e estarão vestidas com trajes típicos da tradição Veneto.

A árvore e o presépio estarão expostos na Praça de São Pedro, no Vaticano, até a conclusão do Natal, que coincide com a festa do Batismo do Senhor, no domingo, 12 de janeiro de 2020.

Fonte: ACI digital



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog