Um dia depois da tragédia, Suzano vive velórios e enterros - Devoção e Fé - Blog Católico

quinta-feira, 14 de março de 2019

Um dia depois da tragédia, Suzano vive velórios e enterros


quinta-feira, 14 de março de 2019, 10h58

Escolas públicas estaduais e municipais de Suzano suspenderam aulas, e se preparam para acolher alunos

Da redação, com Agências

A população de Suzano, a 57 quilômetros de São Paulo, vive, nesta quinta-feira, 14, um dia de luto e despedida.

Após a tragédia na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em que dez pessoas morreram e 11 ficaram feridas, a cidade se prepara para o luto oficial de três dias e o velório coletivo, que acontece na Arena Suzano, no Parque Max Feffer.

Cinco estudantes foram assassinados pelos atiradores Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, que se suicidaram, além de duas funcionárias da escola, e o tio de um dos responsáveis pelo ataque.
Segurança e Assistência

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informou, em nota, que os procedimentos de segurança em todas as 5,3 mil escolas do estado serão revisados e está em estudo um projeto para reforço à segurança nas escolas mais vulneráveis.

Em Suzano, as aulas em todas escolas públicas estaduais e municipais estão suspensas até sexta-feira, 15, dia em que professores da rede discutirão as propostas pedagógicas para acolhimento, na próxima semana, dos alunos e comunidade escolar.

A escola em que aconteceu a tragédia será reaberta na segunda-feira, 18, apenas para professores e funcionários. Serão desenvolvidas atividades como acolhimento, preparação e apoio psicológico com apoio do Instituto de Psicologia da USP, técnicos da Secretaria da Educação, entre outros profissionais e especialistas.

Também será mobilizada uma rede de apoio com instituições públicas e privadas para traçar um planejamento e estruturação das atividades de apoio a alunos, familiares, professores, servidores e toda comunidade.

A partir da próxima terça-feira, 19, a unidade será reaberta para comunidade de pais, alunos e professores participarem de projetos pedagógicos na escola. Serão atividades livres, oficinais, apoio psicológico, rodas de conversa, depoimentos e compartilhamento de boas práticas, entre outras atividades. Além disso, toda a estrutura interna será pintada e revitalizada, para mudar o ambiente escolar.

No centro de apoio montado no Bunkyo, profissionais de psicologia e da área de saúde atenderam familiares e comunidade. Somente ontem, cerca de 200 pessoas passaram pelo local.

Fonte: Canção Nova

Bispo de Mogi das Cruzes expressa pesar por atentado em Suzano


quarta-feira, 13 de março de 2019, 13h53

Dom Pedro Luiz Stringhini afirmou que a diocese permanecerá unida em oração por todos os atingidos pelo ataque

Da redação, com diocese de Mogi das Cruzes

A Diocese de Mogi das Cruzes (SP) emitiu nesta quarta-feira, 13, uma nota de pesar aos alunos e familiares dos estudantes da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, vítimas do tiroteio ocorrido no colégio nesta manhã. Em nota, o bispo diocesano de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini afirmou que a diocese permanecerá unida em oração pelos atingidos pelo ataque e expressa repúdio a este e qualquer ato de violência.
O ataque

Na manhã de hoje, dois atiradores invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, e fizeram disparos. Até o momento, a PM registrou a morte de cinco alunos, um funcionário do colégio, uma pessoa que passava pela rua no momento dos disparos, além dos dois autores dos disparos. Uma das 18 pessoas feridas morreu no hospital. O governador de São Paulo, João Doria, está no colégio acompanhando as investigações.

Confira, na íntegra, a nota publicada pela diocese:

Nota de pesar

Dom Pedro Luiz Stringhini, bispo diocesano de Mogi das Cruzes (SP), consternado ao receber as notícias a respeito do atentado aos alunos da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, transmite seu pesar, com expressões de proximidade e conforto, aos familiares dos alunos do colégio, e principalmente, daqueles que choram a perda de seus entes queridos pedindo a Deus para que derrame sobre cada um deles os dons da serenidade espiritual e da esperança cristã, pois, nossa fé se fundamenta nas promessas e na vitória de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Enquanto Diocese, todo o clero e fiéis leigos, unimo-nos em oração pelos atingidos neste brutal ataque à Escola Raul Brasil, nas preces pelos falecidos, inclusive pelos autores deste triste ocorrido, pedindo a Deus que os acolha na Sua misericórdia e pela recuperação dos que foram atingidos.

Como filhos do príncipe da Paz, repudiamos qualquer ato de violência, e pedimos a Deus a graça de sermos promotores da paz em nosso país e no mundo.

Com uma saudação fraterna e dolorosa, nós nos unimos a todos.

Mogi das Cruzes, 13 de março de 2019

Dom Pedro Luiz Stringhini
Bispo Diocesano de Mogi das Cruzes

Pe. Antônio Robson Gonçalves
Vigário Geral da Diocese de Mogi das Cruzes

Fonte: Canção Nova



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog