10 dicas de uma freira para você usar as redes sociais de forma mais saudável - Devoção e Fé - Blog Católico

terça-feira, 10 de julho de 2018

10 dicas de uma freira para você usar as redes sociais de forma mais saudável


Theresa Noble  

Não é a tecnologia que determina se a comunicação é autêntica, mas sim o coração humano

Talvez com exceção dos eremitas, quase todo mundo hoje em dia tem um perfil nas redes sociais. Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, LinkedIn e outras mídias sociais são maneiras maravilhosas para nós nos conectarmos com amigos e familiares, fazermos novos amigos e aprendermos uns com os outros. Também são ótimas ferramentas para divulgarmos o Evangelho além-fronteiras.

Mas as mídias sociais nem sempre têm um reflexo positivo em nossas vidas. Se permitirmos que elas nos controlem, isso poderá nos impactar espiritualmente e emocionalmente. Por este motivo, é muito importante protegermos os nossos corações e participarmos de forma cuidadosa dessas redes.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a aproveitar as mídias sociais e também para que você encontre mais equilíbrio e paz em sua vida online:

  1  Não siga pessoas raivosas. Não encha sua cabeça com postagens e comentários de pessoas que atacam outras, que sejam pessimistas, provocadoras e que gostam de espalhar raiva – ou cujas opiniões não tenham compaixão. Você não precisa de pessoas assim em sua vida online (nem na vida real);
  2  Escolha pessoas inspiradoras e santas para seguir. Siga pessoas cujos posts revelam os frutos do Espírito Santo: caridade, alegria, paz, paciência, bondade, generosidade, gentileza, fidelidade, modéstia, autocontrole e castidade. Esforce-se também para pedir inspiração e orientação ao Espírito Santo quando você for postar alguma coisa;
  3  Desconecte-se quando necessário. Quando você sentir que sua frequência cardíaca está aumentando, faça logoff. E considere deixar de seguir as pessoas, cujos posts fazem com que você sinta desolação, raiva, desesperança ou ansiedade;
  4  Pense antes de responder a alguém que está te irritando. Se você sentir que tem que responder imediatamente, levante-se e ande, inspire e expire lentamente 10 vezes e peça ao Espírito Santo para inspirar a sua resposta;
   5 Não se surpreenda: todos nós estragamos tudo. Quando você responder a alguém com raiva desnecessária, peça desculpas, confesse-se e faça o que for necessário para corrigir o problema. Mas não fique pensando continuamente nisso e martelando a situação na sua cabeça. Isso é inútil. Tire alguns dias de folga das mídias sociais e, quando voltar, evite pessoas e sites que sejam uma tentação ao pecado;
   6 Dê um tempo. Agende intervalos prolongados de tempo sem as redes sociais. Não apenas alguns dias ou um fim de semana, mas fique fora delas por mais de uma semana uma e, pelo menos, uma vez por ano. Além disso, considere fazer mini-pausas durante o dia. Você verá que isso ajuda a trazer paz e criatividade e melhora os relacionamentos da vida real;
  7  Não tente imaginar histórias e situações. É impossível adivinhar as intenções de outras pessoas na vida real. Imagine então no ambiente online! Não tente adivinhar o contexto em que alguém disse algo. Na maioria das vezes, não temos ideia do motivo pelo qual alguém está fazendo coisas inapropriadas na internet. Às vezes, é melhor ignorar, bloquear a pessoa ou se silenciar (sem tentar adivinhar o que está acontecendo);
   8 Controle o tempo que você passa na internet. Mais e mais estudos apontam para o perigo do vício em redes sociais. Por esse motivo, não podemos confiar em nossa autodisciplina para nos ajudar a desconectar. Existem aplicativos que monitoram o tempo gasto na internet e impedem que façamos login antes do tempo que programamos. Se você perceber um comportamento viciante no seu uso de mídia social, esses aplicativos são bons investimentos;
   9 Confie no seu instinto. Se você receber uma mensagem estranha, um pedido de amizade ou um comentário esquisito de alguém, confie no seu primeiro instinto. Quando você tiver a sensação de que não deve responder, não responda. Você não tem obrigação de interagir com todas as pessoas que desejam interagir com você. O silêncio é seu melhor amigo online. Faça uma oração pela pessoa e siga em frente;
   10 Coloque a santidade em primeiro lugar. Peça a Deus para ajudá-lo a usar as mídias sociais de uma maneira que o ajudará a se tornar mais santo. Antes de postar, pergunte a si mesmo: “É isso que Deus quer que eu seja? É assim que Deus quer que eu aja?”. Se a resposta que lhe vier à mente for “não”, exclua seu post e continue o seu dia.

O Papa Francisco certa vez escreveu: “As redes sociais [podem] ser formas totalmente humanas de comunicação. Não é a tecnologia que determina se a comunicação é ou não autêntica, mas sim o coração humano e a nossa capacidade de usar sabiamente os meios à nossa disposição”.

Vamos orar uns pelos outros e incentivar o uso inteligente e saudável das mídias sociais com nosso próprio bom exemplo.

Fonte: Aleteia



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog