Em 18 de outubro, a iniciativa "Um milhão de crianças rezando o Terço" pela paz

O Papa Francisco expressou várias vezes o seu apreço pela iniciativa "Um milhão de crianças rezando o Terço" (©sakepaint - stock.adobe.com)

O objetivo desta campanha de oração é rezar pela paz e a unidade em todo o mundo. Na sequência dos acontecimentos recentes, a paz na Terra Santa ocupará um lugar central na campanha deste ano.

Vatican News

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) convida mais uma vez, durante o mês do Rosário, paróquias, escolas e famílias a participarem, em 18 de outubro, da iniciativa mundial "Um milhão de crianças rezando o Terço". O Santo Padre Pio disse numa ocasião: “Quando um milhão de crianças rezarem o Terço, o mundo mudará”.

O objetivo desta campanha de oração é rezar pela paz e a unidade em todo o mundo. Na sequência dos acontecimentos recentes, a paz na Terra Santa ocupará um lugar central na campanha deste ano.

Da Austrália à Argentina

Somente pelo site, 500 mil crianças de mais de 103 países do mundo já se inscreveram para participar (até 16/10/2023): da Austrália (mais de 12 mil crianças) à Argentina (mais de 8 mil), passando pelas Filipinas (mais de 90 mil), Índia (mais de 14 mil), Eslováquia (mais de 86 mil), Reino Unido (mais de 46 mil), Serra Leoa (2 mil) e Canadá (3 mil).

Na Capela das Aparições de Fátima, Portugal, a oração do Terço pelas crianças será transmitida ao vivo pela internet, bem como pela rádio e televisão. Também na Polônia, cerca de 70 mil crianças rezarão o Terço. Ali, em Zakopane, está prevista uma oração comum no Santuário Nacional de Nossa Senhora de Fátima. Famílias, paróquias e mais de 270 escolas e creches também participarão na iniciativa.

As crianças rezarão o Terço ao vivo em dois canais de televisão brasileiros, e na catedral de Maringá (PR), no sul do Brasil, cerca de 1.000 crianças se reunirão para rezar juntas. Quatro dias antes, mais de 50 crianças desabrigadas de um centro de acolhimento, apoiado pela AIS, formarão um “terço humano” em torno da estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.

A Rádio Horeb, na Alemanha, transmitirá um Terço internacional com grupos de crianças de Kibeho (Ruanda), São Paulo (Brasil), Beit-Habbak (Líbano), Fátima (Portugal) e Munique (Alemanha) organizando o evento.

Também em países como Nicarágua, Nigéria, Qatar, Irã, Paquistão e Vietnã, onde os cristãos enfrentam grandes desafios, as crianças manifestaram a intenção de participar desta iniciativa através do site.

O tema principal da campanha deste ano são os anjos. Por isso, será apresentada às crianças uma passagem bíblica em que um anjo ordena em sonho a São José para que fuja para o Egito com Maria e o Menino Jesus.

Origem e difusão

A campanha do Terço infantil começou em 2005 na capital venezuelana, Caracas. Enquanto algumas crianças rezavam o Terço, várias testemunhas recordaram as palavras de São Padre Pio sobre o poder do Terço rezado pelas crianças. Entretanto, esta iniciativa de oração se estende por todos os continentes do mundo e o número de participantes aumenta a cada ano. O Papa Francisco expressou várias vezes o seu apreço pela iniciativa "Um milhão de crianças rezando o Terço" e incentivou as crianças a participarem ativamente.

A fundação pontifícia oferece gratuitamente um folheto de oração nas paróquias, grupos infantis e famílias, que inclui explicações sobre como rezar o Terço, meditações adaptadas às crianças sobre os mistérios do rosário e uma oração de consagração à Virgem para as crianças. Cartazes para a campanha de oração também estão disponíveis. Todo o material está disponível em 18 idiomas.

Para baixar este material clique aqui, e para mais informações sobre a campanha de oração, aqui.

17 outubro 2023

---

Comentários

Newsletter

Receba novos posts por e-mail: