Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual o sentido das promessas a Deus, a Maria e aos santos?

Ricardo Sanches - publicado em 27/12/21

Atenção: promessa não é barganha!

Recentemente, o apresentador de TV Marcos Mion caminhou 110 quilômetros até o Santuário Nacional de Aparecida. O objetivo da peregrinação foi pagar uma promessa que ele tinha feito a Nossa Senhora Aparecida para conseguir um trabalho na Rede Globo.

Nas redes sociais, a peregrinação recebeu elogios de muitos fãs. Outros, entretanto, criticaram a forma de agradecimento, alegando que Deus não nos pede para fazer promessas.

Mas, afinal, o que a Igreja Católica nos diz sobre as promessas ou ex-votos?


 “Em várias circunstâncias, o cristão é convidado a fazer promessas a Deus. O Batismo e a Confirmação, o Matrimônio e a Ordenação sempre as contêm. Por devoção pessoal, o cristão pode também prometer a Deus este ou aquele ato, oração, esmola, peregrinação etc. A fidelidade às promessas feitas a Deus é uma manifestação do respeito devido à Majestade divina e do amor para com o Deus fiel.”

Devemos fazer promessas?

De fato, as promessas são muito tradicionais e presentes na vida dos católicos. Constituem formas de agradecimento por um favor obtido. Mas, de acordo com o Pe. Reginaldo Manzotti, Deus não nos pede isso. “Deus não pede promessa. Somos nós que fazemos. Porque a aliança dele já foi estabelecida no Cristo. E essa é imutável. Deus não está pedido para você fazer promessa. Mas se fizer, cumpra. Lembrando que somos nós que nos esforçamos para obter os nossos pedidos”, explica o sacerdote.

Promessa não é barganha

Ainda de acordo com o padre, promessa não é barganha, mas existe um sentido lógico nesta intenção:

“Há graças que devem ser somadas à oração e à penitência, atos de caridade. Então, é tão importante se recebê-la, que você faça certas mortificações, certos atos de caridade para a graça recebida…

São Paulo cumpriu uma promessa e raspou a cabeça. Por isso, tem gente que pensa: se eu receber essa graça, quando eu receber, eu farei tal propósito. Não é para chantagear Deus, mas mostrar, reconhecer que aquilo que foi recebido não foi por seus méritos, mas por Deus.”

E se você não pagar a promessa?

Há pessoas que exageram em suas promessas e não conseguem cumpri-las. O que acontece nestes casos? Será que a graça é cancelada? Haverá alguma punição?

O Pe. Luiz Camilo Júnior explica que “Deus nos abençoa porque Ele nos ama, não em decorrência daquilo que a Ele prometemos… Portanto, se você fez uma promessa e não está conseguindo pagá-la, procure um sacerdote. Ele te dará um outro gesto que você poderá fazer para expressar a sua gratidão a Deus pela bênção alcançada”.

Fonte: Aleteia
---

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog