Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Cristo Redentor, um abraço para o mundo inteiro


Monumento símbolo do Brasil e protagonista de um dos mais belos panoramas do mundo completa 90 anos. Descobrimos sua história e suas características artísticas e tecnológicas únicas que o tornam uma verdadeira obra pioneira

Maria Milvia Morciano – Vatican News

O Cristo Redentor, monumento símbolo do Rio de Janeiro e do próprio Brasil, abre seus braços no alto do Morro do Corcovado. Abraça o espaço imenso do mar à sua frente, mas parece estender a mão para tocar cada canto do mundo e do céu.

Símbolo da fé cristã

Em 12 de outubro de 1931, foi inaugurada a colossal estátua do Cristo Redentor, mas a ideia havia começado muito antes, quando, em meados do século XIX, o padre católico Pedro Maria Bos pediu à princesa Isabel que construísse um grande monumento religioso. Porém, em 1889 quando o Brasil se tornou República foi implementada a divisão entre Estado e Igreja: então parecia que a proposta estava destinada a cair no esquecimento devido aos eventos históricos.

Em 1921, logo após a Primeira Guerra Mundial, para não perder as raízes cristãs da nação e contrastar o ateísmo que parecia estar ganhando terreno na esteira das influências econômicas e do socialismo europeu, a Arquidiocese do Rio de Janeiro, capital do Brasil na época, propôs novamente o projeto, em parte com base em um baixo-assinado de 22 mil mulheres. Foi organizada uma "Semana do Monumento" para angariar os fundos necessários, que vieram principalmente dos católicos brasileiros.

Cristo Redentor e a vista do Rio de Janeiro

No alto do Corcovado

O cume do Corcovado, com 710 m de altura, encontra-se na Floresta da Tijuca. Daqui pode-se admirar o imenso panorama da cidade do Rio: Pão de Açúcar, Lagoa Rodrigo de Freitas, as praias de Copacabana e Ipanema, o Estádio do Maracanã. Existem várias estátuas monumentais no mundo que imprimiram sua figura no panorama, mas o Cristo Redentor do Rio é talvez a que parece formar mais do que qualquer outra um todo com o ambiente que a circunda, uma parte integrante de um símbolo espiritual que parece sair da rocha para respirar com o mundo. 

Uma das sete maravilhas modernas

No início, a ideia era a de um Cristo do tipo Salvator Mundi, com o globo em uma mão e a cruz ao seu lado, mas depois prevaleceu a ideia que vemos hoje, um símbolo inconfundível do Brasil e, segundo a Swiss New Open World Corporation, uma das sete maravilhas modernas do mundo.

A figura de Cristo em pé com os braços abertos, formam uma imagem inconfundível da cruz. A figura sai da montanha íngreme e do pedestal como uma enorme coluna de abas. O rosto, obra do escultor romeno Gheorghe Leonida, e as mãos retêm toda a suavidade da escultura, apesar de suas consideráveis dimensões. A estátua, incluindo o pedestal, mede 38 metros; dos pés até a cabeça 30 metros; a cabeça tem 3,75 metros de altura e as mãos 3,20 metros de comprimento. Pesa 1.100 toneladas. O engenheiro Heitor da Silva Costa, encarregado da obra, imaginou o Redentor, colocado no alto, surgindo primeiro da escuridão da noite, saudado pela estrela da manhã e iluminado pelo pôr-do-sol que formaria uma auréola de luz ao redor de sua cabeça. 

Tecnologia do cimento aplicada à arte

O desenho no qual o escultor franco-polonês Paul Landowski trabalhou é do artista Carlos Oswald, ambos expoentes do movimento Art Déco.  A estátua foi moldada por Landowski em peças separadas, de tamanho natural em argila, depois transportadas via mar para o Brasil, onde foram reproduzidas em cimento. 

No Cristo Redentor, arquitetura e escultura se unem em perfeita harmonia através do uso pioneiro do concreto. Heitor da Silva Costa escreve: "Estamos acostumados a usar concreto para obras de engenharia, pilares e colunas, mas consegui demonstrar que o cimento também pode ser usado na arte, embora ainda seja incomum. Estou convencido de que este é o material do futuro”. No entanto, a prestação de concreto para superfícies foi decepcionante do ponto de vista estético.  Durante uma viagem a Paris, onde o engenheiro viu uma fonte, ele teve a ideia de cobrir toda a superfície da estátua com um mosaico. Ele escolheu a pedra-sabão, muito comum no Brasil e muito resistente.

Um trabalho harmonioso

Logo muitas mulheres, mais uma vez a alma do empreendimento, reuniram-se em uma paróquia aos pés do Corcovado para colar milhares e milhares de peças de formato triangular (3x3x4 cm e 5 cm de espessura) em quadrados feitos de pano de linho. No verso das peças, muitas escreveram os nomes de seus entes queridos. Uma multidão anônima que não podemos ler, mas cujas intenções são claras e comoventes. Essas mulheres queriam recomendar seus entes queridos a Cristo, tornando-as testemunhas e sentir que todas elas eram chamadas a fazer um símbolo espiritual no qual pudessem se reconhecer. Os trabalhos começaram em 1926 e foram concluídos em 1931. Nenhum trabalhador perdeu a vida apesar das difíceis condições de trabalho em altitudes tão elevadas.

A ligação com a Itália

Na base do Redentor, lemos uma placa comemorativa colocada em 1974 pela comunidade italiana. Representa a ligação entre o Cristo Redentor e a Itália para assim compreender as fortes relações de amizade e cooperação. A placa recorda o memorável dia 12 de outubro de 1931, quando Guilherme Marconi, de seu laboratório em Roma, deu o sinal de rádio para iluminar a estátua do Redentor através da estação radiotelegráfica de Coltano, na província de Pisa.

11 outubro 2021

---

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog