Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Como católicos, podemos participar de rituais ou comer doces de São Cosme e Damião?

A Igreja Católica não tem o hábito de distribuir doces nessa data e a celebração desses dois santos pelos católicos acontece no dia 26 de setembro.

Na Igreja, muitos santos são estigmatizados pelo misticismo devido ao choque de culturas. Nada contra outras culturas, mas é sempre muito bom lembrar a verdadeira origem dos fatos. Muitos de nossos santos são cultuados também no candomblé e em outras religiões, mas a história é bem diferente.

Na época da escravatura no Brasil, os escravos africanos criaram uma maneira criativa e inteligente de enganar os senhores de Engenho. Invocavam seus deuses Orixá, Oxalá, Ogum como São Sebastião, São Jorge e Jesus, e os negros bantos identificaram Cosme e Damião como os orixás Ibejis em um sincretismo religioso. E fizeram o mesmo com outros santos também, como São Jorge, Santa Bárbara entre outros. O sincretismo religioso é um fenômeno que consiste na absorção de influências de um sistema de crenças por outro.

Os negros bantos identificaram Cosme e Damião como os Ibejis: divindades gêmeas, sendo costumeiramente sincretizadas aos santos gêmeos católicos [Cosme e Damião]. A grande cerimônia dedicada a Ibeji acontece, no dia 27 de setembro, quando comidas como caruru, vatapá, bolinhos, doces, balas (associadas às crianças, portanto) são oferecidas tanto a eles como aos frequentadores dos terreiros. Para nós, católicos, este é o dia de São Vicente de Paulo. Por isso, há o costume de distribuir doces e comidas às crianças no dia 27, que também foi um costume introduzido pelo candomblé.

Podemos comer doces de São Cosme e Damião?

É uma tradição brasileira distribuir doces em honra a São Cosme e São Damião. Entretanto, grande parte desses doces são consagrados em rituais antes da distribuição, pois a origem dessa tradição, como explicamos, é proveniente das religiões africanas. Portanto, o mais recomendado é aconselharem seus filhos a não pegarem doces de desconhecidos.

Algumas paróquias distribuem como ato de caridade, relembrando assim a forte caridade dos irmãos santos. Nesse caso é lícito. Mas todo cuidado é pouco.

Aos que aderem a prática de distribuição dos doces, recomendamos que não o façam por superstição, mas sim por caridade simples e pura, e tenham a consciência de advertir que os doces não foram consagrados, como acontece em religiões africanas

Enfim, a recomendação portanto é que nós católicos que não participemos de tais rituais de quaisquer outras religiões, uma vez que isso é proibido pela própria igreja, ou mesmo façam o consumo de tais comidas que possam ser consagradas em outras religiões.

---

Comentários

Receba Notícias do Blog em seu E-mail

Receba novos posts por e-mail:

Postagens Mais Visitadas do Mês

Beato Carlo Acutis

Clique na imagem para visualizar a oração


***
»Do prefácio de S. Ex.ª Rev.ma Card. Angelo Comastri

"Estar sempre com Jesus, este é o meu projeto de vida".
Com estas poucas palavras, Carlo Acutis esboça a distinta característica de sua breve existência:
viver com Jesus, por Jesus, em Jesus».


Pedidos de Oração no Site Oficial

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog