Busto de São João Paulo II vandalizado perto de paróquia polonesa em Paris


Entrada da paróquia polonesa de Paris. Aloveswiki via Wikimedia (CC BY-SA 3.0).

PARIS, 20 abr. 21 / 08:27 pm (ACI).- Um busto de São João Paulo II foi vandalizado nesta segunda-feira fora de uma igreja católica em Paris, onde se reúnem fiéis de origem polonesa. Um criminoso não identificado derramou tinta vermelha sobre a escultura fora da Igreja Notre-Dame-de-l'Assomption no coração da capital francesa na manhã deste 19 de abril.


O busto está localizado na entrada da igreja, que é a mais antiga e a maior paróquia católica polonesa da cidade e está situada perto da Place de la Concorde, um conhecido ponto da capital francesa.

O padre Paweł Witkowski, pároco do lugar, disse ao portal PolskiFR que ele e seus paroquianos ficaram profundamente tristes com o incidente.

Ele disse que João Paulo II, que foi Papa de 1978 a 2005 e ajudou a libertar a Polônia do comunismo, "certamente não merecia tal tratamento".

O padre agradeceu à polícia francesa por sua rápida resposta e profissionalismo.

Embora os motivos do crime não sejam conhecidos, atos semelhantes de vandalismo ocorreram na Polônia durante protestos após uma decisão do Tribunal Constitucional sobre aborto em outubro.

Uma estátua de São João Paulo II em Poznań, oeste da Polônia, foi coberta por slogans pró-aborto. As mãos de uma estátua do Papa polonês em Konstancin-Jeziorna, ao sul de Varsóvia, foram cobertas com tinta vermelha.

Refletindo sobre como os católicos poloneses em Paris deveriam responder ao último incidente, o Padre Witkowski lembrou que João Paulo II perdoou publicamente seu agressor Mehmet Ali Ağca durante um encontro em 1983.

"O Santo Padre perdoou aquele homem que atirou nele; essa é a atitude que podemos ter em relação a quem cometeu essa profanação", disse o padre.

Comentários

Newsletter

Receba novos posts por e-mail: