Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Intolerância a cristãos cresce na Índia: assassinatos, agressões e discriminação


Jeffrey Bruno-ALETEIA

Francisco Vêneto - publicado em 28/10/20

Casos de cristofobia, que "não existem" segundo a "grande mídia" ocidental, aumentaram 40,87% na Índia só durante a pandemia de covid-19

Intolerância a cristãos cresce na Índia, mas silêncio das grandes organizações “humanitárias” do Ocidente permanece inabalável.
A agência UCA News informou que, neste 23 de outubro, sete homens armados invadiram uma igreja pentecostal de Amritsar, no Estado indiano do Punjab, e mataram uma pessoa. Além disso, feriram outras três a bala e fugiram. A polícia conseguiu prender quatro dos criminosos. Um sobrevivente testemunhou que o alvo do ataque era um homem que havia tido uma briga com um dos criminosos. O agressor o acusava de proselitismo cristão.

De fato, segundo o relatório semestral do fórum ecumênico Persecution Relief, publicado em 28 de julho, o panorama da liberdade religiosa na Índia é “muito sombrio”. Crimes atribuídos ao ódio contra cristãos aumentaram 40,87% em plena pandemia de covid-19, apesar do severo lockdown imposto aos indianos.
O Punjab, que é de população predominantemente sikh, é um dos Estados em que a hostilidade anticristã vem crescendo mais, porque os nacionalistas hindus consideram o hinduísmo não apenas uma religião, mas uma identidade cultural, política e étnica. Por isto são resistentes ou mesmo hostis a outras religiões.

Casos de intolerância a cristãos na Índia são subnotificados

O fórum Persecution Relief registrou 450 episódios de intolerância anticristã na Índia desde janeiro até setembro de 2020. Entre os casos, por exemplo, há 10 assassinatos, além de agressões físicas inclusive contra mulheres, denúncias falsas, boicotes sociais, ataques a igrejas e prisões ilegais de cristãos.

No acumulado de janeiro de 2016 a setembro de 2020, os casos de cristofobia documentados na Índia somam 2.224. A realidade, porém, é bastante pior, porque a maioria dos casos não é registrada. Aliás, o próprio fundador da Persecution Relief, Shibu Thomas, destaca que esses números são “só a ponta do iceberg”:

“Nossas estatísticas se baseiam nas ligações que recebemos em nosso número gratuito e em relatos de pessoas”.

Segundo Thomas, de fato, muitos cristãos não fazem denúncias porque têm medo:

“Eles temem retaliações dos agressores e até da polícia e de outros funcionários do governo que simpatizam com os agressores, principalmente ativistas hinduístas”.

Os Estados indianos com mais registros de violência sectária contra cristãos na Índia são Uttar Pradesh, Tamil Nadu, Chattisgarh, Madhya Pradesh, Orissa, Karnataka, Maharashtra e Andra Pradesh.

Fonte: Aleteia

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog