O rico simbolismo da Cruz da Unidade, criada no Brasil pelos padres de Schoenstatt - Devoção e Fé - Blog Católico

sábado, 25 de julho de 2020

O rico simbolismo da Cruz da Unidade, criada no Brasil pelos padres de Schoenstatt


Aleteia Brasil | Jul 15, 2020

O Cristo dos Vínculos: com Maria, com o Espírito Santo e com o Pai, unindo a dimensão natural e a sobrenatural

O Movimento Apostólico de Schoenstatt oferece aos cristãos uma bela representação da Cruz Redentora de Cristo: a assim chamada “Cruz da Unidade“, que nos apresenta Jesus, o Pai, o Espírito Santo e Nossa Senhora.

Segundo o pe. Vandemir Jozoé Meister, assessor nacional do Terço dos Homens Mãe Rainha para o Brasil, a Cruz da Unidade foi criada em nosso país, mais precisamente em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, entre os anos de 1959 e 1960, pelo pe. Ángel Vicente Cerró, chileno, também pertencente ao Movimento de Schoenstatt. A primeira Cruz da Unidade foi fundida em Caxias do Sul e media cerca de 30 centímetros de altura.

Hoje ela está presente em todos os Santuários da Mãe Rainha no Brasil. Exemplares da Cruz da Unidade foram presenteados pelos padres de Schoenstatt aos Papas São Paulo VI, na festa de Pentecostes de 1972, e São João Paulo II, em 1980.

O simbolismo da Cruz da Unidade

A simbologia cristológica da Cruz da Unidade ressalta o Cristo dos Vínculos: o vínculo de Cristo com Maria, com o Espírito Santo e com o Pai, além da união entre a dimensão natural e a sobrenatural, recordando a unidade da criação.

Maria está unida a Cristo, na cruz, em aliança indissolúvel. Ela participa do momento culminante da entrega do Filho no Calvário e da Igreja nascente do costado de Cristo na Cruz. Ela é portadora do Sangue Redentor do Filho ao mundo, colaboradora e companheira permanente do Filho, mãe educadora e intercessora de todos nós, confiados por Cristo a ela como filhos justamente ao pé da Cruz.

No alto da Cruz está o olho do Pai, que acompanha o Filho em todos os momentos.

O fundo da Cruz, via de regra, é vermelho, símbolo do Sangue de Cristo derramado na cruz, fonte do perdão dos nossos pecados e da nossa unidade n’Ele, bem como evocação da presença do Espírito Santo, força e amor que brota do amor de Cristo e transborda para o mundo. No entanto, há muitos exemplares da Cruz da Unidade em que o fundo é dourado ou mantém o tom natural da madeira.

A Cruz da Unidade tem forma ovalada: não tem pontas ou arestas, expressando assim uma organicidade que evoca algo vivo, sinal não de morte, mas de Ressurreição e vida nova.

Na parte de trás, a Cruz contém a inscrição latina “Unum in Sanguine” (Um Só no Sangue) e uma pequena coroa, simbolizando a coroação de Maria Rainha.

A Cruz da Unidade, criada no Brasil, é símbolo especial do Terço dos Homens Mãe Rainha porque sintetiza o essencial que se contempla na oração do Santo Terço: a unidade indissociável entre os mistérios da vida de Cristo e a presença sempre luminosa do Pai e do Espírito Santo, acolhida e testemunhada pela Mãe.

Fonte: Aleteia



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog