Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Bispo chora durante consagração na Santa Missa pela ausência dos fiéis


Por: Cláudia Brito de Albuquerque e Sá

Dom Dulcênio Fontes de Matos. Foto: Facebook Diocese de Campina Grande

REDAÇÃO CENTRAL, 18 Jun. 20 / 03:32 pm (ACI).- O bispo de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, se emocionou durante a celebração da missa de Corpus Christi, na última quinta-feira, no momento em que repetia as palavras para a transubstanciação do Sangue do Senhor. O prelado que celebrou pela primeira vez uma esta solenidade a portas fechadas não conteve as lágrimas.

Após a Eucaristia, o bispo afirmou que sentiu a dor dos milhares de fiéis que sofrem sem poder receber a Sagrada Comunhão. “Penso nas ovelhas de Cristo que gostariam de estar aqui participando, comungando do Corpo e Sangue de Jesus e estão privadas, não podem”, disse em entrevista à TV Paraíba.

A emoção do bispo, que foi transmitida ao vivo para mais de 7 mil pessoas que assistiam pelos meios digitais a Solenidade de Corpus Christi, 11, na Catedral da Cidade. Pela primeira vez na história da diocese, o dia que homenageia o Santíssimo Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo não contou com a presença física dos fiéis.

Durante a homilia, Dom Dulcênio, falou sobre o valor da Sagrada Eucaristia e animou os fiéis à perseverança. “Sei que muitos nesse momento gostariam de estar aqui para receber o Corpo e o Sangue de Cristo. Jesus é o nosso tudo, a nossa maior riqueza. Deus nos ajudará, tudo isso vai passar”.

O bispo diocesano que celebrou nesta terça-feira, 19 anos de episcopado, também reforçou a missão da Igreja. “A esposa de Cristo é governada pelo Espírito Santo e conduzida por caminhos inéditos por mais de dois milênios. Na Santa Igreja celebramos a memória de Jesus e preparamos a sua vinda gloriosa. Na missa encontramos Aquele que sempre nos espera e que nos atrai ao seu coração”.

O bispo refletiu sobre a palavra bíblica que motivou seu lema episcopal “Pro Mundi Vita” (“Para a vida do mundo”) e ressaltou que Jesus pediu diversas vezes no Evangelho que a Sagrada Eucaristia fosse realizada sempre em sua memória.

“No pão e no vinho transubstanciados contemplamos Jesus em toda a sua glória. A missa é a concretização do Apocalipse, aonde vemos o Cordeiro Imolado no altar, cercado por uma multidão incontável de anjos e homens. Deus habita na humanidade agora mesmo, a missa é o Céu aqui na terra”, destacou.

Após a missa solene, o bispo presidiu a adoração ao Santíssimo Sacramento. De forma surpreendente, no momento da bênção, a porta do ostensório abriu de forma repentina por mais de uma vez.

 “O mérito não está no milagre da multiplicação dos pães, mas num milagre muito maior e mais profundo. O próprio Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem, faz-se pão para nos dar a vida eterna, vida divina ao mundo. Vale a pena renunciar a tudo para ter essa vida divina dentro de nós, para animar-nos. A Eucaristia é a riqueza insuperável da Igreja que o cristão deve ter sempre em primeiro lugar. Revivemos a entrega de Cristo em todas as missas. Quem não valoriza o mistério do Corpo e do Sangue de Cristo, cristão não é”, afirmou.

Meditando sobre o memorial da Paixão de Cristo, Dom Dulcênio motivou os ouvintes a dedicarem atenção interior ao mistério eucarístico. “Na missa nos é apresentada a realidade do que seremos para todo o sempre. No altar, passado, presente e futuro se encontram. É um mistério do poder de Deus”, concluiu.

As missas celebradas nas 70 cidades da diocese de Campina Grande também foram transmitidas pela internet, para evitar a aglomeração de pessoas por conta da pandemia de Covid-19. O Nordeste detém cerca de um terço dos casos de infectados pelo novo coronavírus, com mais de 338 mil casos detectados e cerca de 14 mil mortes registradas.

Felizmente, apenas dois dias após a celebração de Corpus Christi, no dia 13, Festa de Santo Antonio, foi divulgada para toda a diocese o Decreto sobre as Atividades Religiosas com a Presença de Fiéis assinado por Dom Dulcênio. O documento diocesano se baseou no decreto 40.304, publicado no dia 12 de junho pelo governo estadual e também nas orientações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e nos protocolos do Ministério da Saúde.

Veja os emocionantes momentos da missa:

https://www.facebook.com/diocesecg/videos/563235904555731/

Confira o decreto diocesano:

Diocese- Decreto

Fonte: ACI digital

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog