Impostor imita voz do Papa ao telefone e engana Religiosa que cuida de enfermos com COVID-19 - Devoção e Fé - Blog Católico

terça-feira, 14 de abril de 2020

Impostor imita voz do Papa ao telefone e engana Religiosa que cuida de enfermos com COVID-19


Imagem referencial. Foto: David Jones Flickr (CC-BY-2.0)

Vaticano, 14 Abr. 20 / 11:00 am (ACI).- A médica e religiosa Angel Bipendu, membro das Irmãs do Redentor e que luta contra a epidemia de coronavírus na cidade italiana de Bérgamo, denunciou ter sido vítima de uma brincadeira de mau gosto quando um desconhecido telefonou para ela fingindo ser o Papa Francisco.

Irmã Bipendu divulgou na segunda-feira, 13 de abril, a notícia de que tinha recebido uma ligação surpresa do Santo Padre para lhe agradecer pelo trabalho que realiza atendendo os doentes de COVID-19 em casa, nesta cidade da Lombardia, uma das mais afetadas na Itália pela epidemia.

A existência e o conteúdo da conversa foram confirmados à CNA, agência em inglês do Grupo ACI, pelo Pe. Giorgio Carobbio, diretor do Oratório Almé, onde mora a religiosa.

No entanto, a conversa foi falsa, fruto de uma brincadeira de mau gosto por parte de um desconhecido.

Assim confirmou a religiosa à CNA: “Infelizmente, foi um trote. Estão investigando”.

Segundo explicou a freira, ela descobriu que a ligação era falsa na tarde da segunda-feira, quando recebeu uma ligação de outro médico. Ao ver o número de seu colega na tela do celular, percebeu que era o mesmo número do suposto Papa Francisco.

O médico explicou à irmã que havia perdido o celular na sexta-feira à tarde e que não o encontrou até sábado à tarde. Verificando a lista de chamadas, viu que alguém esteve ligando para várias pessoas, entre elas, a irmã Bipendu.

A religiosa assegurou que se sentiu muito afetada por este incidente, mas confia na investigação que estão realizando: “Veremos”.

A irmã Bipendu é originária da República Democrática do Congo. Estudou medicina em Palermo e mora na Itália há 16 anos. Anteriormente, também serviu imigrantes em um navio de resgate da Ordem de Malta no mar Mediterrâneo.

“Quando faço meu trabalho como médica e visito pacientes, a princípio me veem um pouco surpresos porque percebem que eu não sou uma doutora tradicional. Deixo que pensem isso e depois me apresento. Eu lhe digo que não sou apenas médica, mas também freira. Então, sua atitude muda de maneira positiva", disse a irmã à AFP.

Mais da metade dos mais de 20 mil falecidos na Itália foram registrados na região da Lombardia, onde a religiosa trabalha. Somente na diocese de Bérgamo, morreram 25 sacerdotes por coronavírus.

Com mais de 150 mil casos em todo o país, a Itália permanece em quarentena e isso durará até 3 de maio.

Durante a Semana Santa, o Papa agradeceu em várias ocasiões aos médicos que trabalham para combater a pandemia.

Durante a oração de Regina Caeli, na segunda-feira, o Santo Padre lembrou às mulheres que, neste momento de emergência de saúde, “cuidam dos demais: mulheres médicas, enfermeiras, agentes das forças da ordem e dos cárceres, funcionárias dos estabelecimentos de bens de primeira necessidade..., e tantas mães e irmãs que se encontram trancadas em casa com toda a família, com crianças, anciãos, pessoas com deficiências”.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Fonte: ACI digital



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog