Qual é a diferença entre um monsenhor, um bispo e um cardeal? - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 6 de março de 2020

Qual é a diferença entre um monsenhor, um bispo e um cardeal?

Monsenhor Janus Urbanczyk (à esquerda), Dom David R. Choby (centro), Cardeal José de Jesús Pimiento / Crédito: © Vatican Media / ACI Prensa. Todos os direitos reservados.

REDAÇÃO CENTRAL, 06 Mar. 20 / 05:00 pm (ACI).- São a mesma coisa um monsenhor, um bispo e um cardeal? Em que se diferenciam? Como podem ser identificados? Estas e outras perguntas são respondidas neste artigo.

A seguir, confira um guia rápido de ‘BeeCatholic’ para identificar cada um.

1. Monsenhor

Durante muitos séculos, o Papa costumava conceder títulos honoríficos aos sacerdotes dentro da sua Casa Pontifícia. O título foi usado ao longo dos anos e logo foi dado a sacerdotes fora de Roma com a recomendação de um bispo; entretanto, recentemente foi limitado pelo Papa Francisco, voltando à prática anterior.

Alguns sacerdotes que têm o título de monsenhor não necessariamente são bispos.

Ao ser membros da Casa Pontifícia, os monsenhores vestem a cor púrpura (que está mais próximo do magenta), uma batina com botões, uma faixa e geralmente não tem um solidéu ou uma cruz peitoral que os distingue de bispos e cardeais.

A cor púrpura está ligada à tradição no Império Romano para vestir novos dignitários com um manto púrpura. Na heráldica medieval, esta cor simbolizava a justiça, a majestade real e a soberania.

2. Bispo

Na maior parte da história da Igreja, o verde era a cor dos bispos. Esta cor ainda pode ser vista no brasão tradicional que cada bispo escolhe quando é eleito. Entretanto, no século XVI, a cor foi mudada para “vermelho amaranto”, chamada assim fazendo referência à cor da flor do amaranto. Parece a cor fúcsia.

Como tem uma cor semelhante à púrpura, tem um valor simbólico que está relacionado à tarefa do bispo de governar a diocese local.

Além disso, os bispos se identificam ao usar a mesma cor no solidéu e têm uma cruz peitoral.

3. Cardeal

O nome técnico da cor utilizada pelos cardeais é “escarlate”. Esta cor os diferencia como membros do Colégio Cardinalício e como “príncipes” da Igreja.

Quando o Papa coloca o barrete (um chapéu com 3 ou 4 pontas que faz parte da vestimenta litúrgica) na cabeça do cardeal, ele diz: “(Isto é) Escarlate, como sinal da dignidade do Cardinalato, o que significa a sua disposição para agir com coragem, e mesmo para derramar o seu sangue, em prol do aumento da Fé Cristã, da paz e tranquilidade do povo de Deus, e da liberdade e exaltação da Santa Igreja Romana”.

Fonte: ACI digital



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog