Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Sugestões de penitências e mortificações na Quaresma


A Quaresma está chegando e muitos católicos ainda estão perdidos sobre quais penitências deve adotar neste tempo de reflexão e preparação para a Páscoa. Pensando nisso, o Padre José Eduardo separou algumas sugestões de mortificação:

1) Penitências gastronômicas:

Trocar a carne por peixe, ovos ou queijo (ou mesmo comer puro)

Comer menos arroz, feijão, pão, macarrão, para sair da mesa com um pouco de apetite

Eliminar todos doces, refrigerantes, chocolate e demais guloseimas

Nas refeições, acrescentar algo que seja desagradável, como diminuir a quantidade de sal ou colocar um condimento que quebre um pouco o sabor

Comer algum legume ou verdura que não se goste muito

Diminuir ou mesmo tirar as refeições intermediárias (como o lanche da tarde).

Tomar café sem açúcar, ou água numa temperatura menos agradável

Reservar algum dia para o jejum total ou parcial

2) Penitências corporais:

(apenas para ajudarem a não perdermos o sentido do sacrifício ao longo do dia, a não sermos relaxados, devendo ser pequenas e discretas).

Dormir sem travesseiro

Sentar-se apenas em cadeiras duras

Rezar alguma oração mais prolongada de joelhos

Não usar elevadores ou escadas rolantes

Trabalhar sem se encostar na cadeira

Cuidar da postura corporal

Descer um ponto antes do ônibus e fazer uma parte do caminho à pé

Deixar de usar o carro e pegar um transporte coletivo

3) Penitências Morais (são as mais importantes):

Não reclamar das contrariedades do dia, mas agradecer e louvar a Deus

Sorrir sempre, mesmo quando haja um nervoso

Moderar a frequência às redes sociais, celular e computador (reduzir a poucas vezes ao dia)

Desligar as notificações do celular

Fazer os serviços mais incômodos na casa e no trabalho, ajudando os outros

Acordar mais cedo para fazer oração

Não ouvir música no carro

Não assistir TV, mas dedicar este tempo à leitura

Não usar jogos eletrônicos, caso seja viciado

Fazer algum trabalho voluntário

Rezar mais pelos outros, do que por si mesmo

Reservar dinheiro para dar esmolas, mas sobretudo atenção aos mendigos

Falar bem das pessoas que se gostaria de criticar

Ouvir as pessoas incômodas sem as interromper

Dormir no horário, mesmo sem vontade.

Fonte: Templário de Maria



Na quaresma, o Jejum e a Abstinência de carne são necessários?

É muito comum as pessoas se questionarem sobre as práticas penitenciais da quaresma. Dentre as práticas mais comuns, há algumas práticas que são obrigatórias, e todo católico deve ficar atento. Veja quais são elas:

Jejum e a Abstinência de Carne são obrigatórios em dois dias durante a Quaresma, são eles: a Quarta-feira de Cinzas a Sexta-feira Santa.

A prática do Jejum consiste em abster-se do alimento fazendo apenas uma refeição completa durante o dia. Ele é obrigatório para as pessoas maiores de 18 e menores de 60 anos. Fora desses limites, é o Jejum é opcional. Também estão dispensados pessoas doentes, gestantes, ou trabalhadores que façam um trabalho braçal muito pesado, que necessitem das duas refeições completas.

Àqueles que não conseguem passar o dia todo com apenas uma refeição completa, é permitido fazer uma ou duas refeições pequenas refeições durante o dia para complementar, mas não é recomendado que fique beliscando outros alimentos durante o dia. O Jejum precisa ser respeitado.

Também há aqueles que preferem passar o dia todo com um jejum mais rigoroso, se alimentando apenas com apenas com pão e água.

Juntamente com o Jejum, também é obrigatório a Abstinência de comer carne. Ela é obrigatória para todas as pessoas a partir dos 14 anos de idade.

Além da Sexta-Feira Santa, a Santa igreja determina que todo católico deve fazer abstinência de carne todas sextas-feiras do ano. O gesto, dependendo da determinação da Conferência Episcopal de cada país, pode ser substituído por outro tipo de mortificação.

Mandamentos da Igreja

Além dos 10 mandamentos da Lei de Deus, também existem os Mandamentos da Igreja.
Os principais mandamentos da Igreja são cinco:

1 – Participar da Santa Missa inteira aos domingos e Festas de Guarda (no Brasil são 4: 1º de janeiro, Corpo de Deus, Imaculada Conceição, Natal) e abster-se das atividades e negócios que impeçam o culto a ser prestado a Deus, a alegria própria do dia do Senhor e o devido descanso da mente e do corpo (cf. CDC 1247).

2 – Confessar-se com frequência, ou ao menos uma vez por ano (cf. CDC 989).

3 – Comungar ao menos uma vez por ano no tempo pascal: de Quinta-Feira Santa até o domingo de Pentecostes (cf. CDC 920).

4 – Praticar a penitência a escolha todas as Sextas-Feiras do ano; jejuar e abster-se de carne na Quarta-Feira de Cinzas e na Sexta-Feira Santa (cf. CDC 1250 e 1251).

5 – Socorrer às necessidades financeiras da Igreja: culto divino, obras de apostolado e de caridade, honesto sustento dos ministros (cf. CFC 222-1).

Fonte: Templário de Maria

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog