Hoje é celebrada Santa Apolônia, mártir intercessora ante as doenças dentais (9 de fevereiro) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 9 de fevereiro de 2020

Hoje é celebrada Santa Apolônia, mártir intercessora ante as doenças dentais (9 de fevereiro)


REDAÇÃO CENTRAL, 09 Fev. 20 / 05:00 am (ACI).- Neste dia 9 de fevereiro, é celebrada a festa de Santa Apolônia, que costuma ser invocada contra a dor de dente e todas as doenças dentais. Antes de ser lançada na fogueira, pediu um momento de trégua e fez algo tão inesperado que Santo Agostinho explicou mais tarde.

Segundo a tradição, os pais de Apolônia não podiam ter filhos e rezavam constantemente aos seus deuses. A futura mãe, finalmente, pediu à Virgem Maria que intercedesse por eles e, assim, Apolônia foi concebida. Quando a jovem Apolônia soube disso, converteu-se ao cristianismo.

No último ano do reino do imperador Felipe o Árabe (249 d.C.), em Alexandria, iniciou-se uma perseguição contra os cristãos. Os crentes eram arrastados para fora de suas casas, assassinados e suas propriedades saqueadas. Tudo isso porque um profeta de Alexandria anunciou desastres, supostamente, pelo presença dos “ímpios” cristãos que não adoravam os deuses pagãos.

São Dionísio, Bispo de Alexandria, descreveu Santa Apolônia como uma mulher que era tida em “grande estima” e relatou sua morte da seguinte forma:

“Capturaram-na e quebraram todos os dentes a golpes. Construíram uma fogueira fora da cidade e ameaçaram queimá-la viva se não proferisse, com eles, palavras ímpias (fossem blasfêmias contra Cristo ou um a invocação aos deuses pagãos)”.

“Ao lhe outorgarem uma pausa, pedida por ela, lançou-se rapidamente ao fogo e ardeu até morrer”, acrescenta São Dionísio.

Entretanto, ninguém pode apressar o seu próprio fim. Sobre isso, Santo Agostinho, no primeiro livro “A Cidade de Deus”, explica o ocorrido: “Dizem, algumas santas mulheres, no tempo das perseguições, para evitarem os perseguidores da sua pudicícia, atiraram-se a um rio de mortal corrente caudalosa e deste modo pereceram – e  o seu martírio celebra-se com a mais solene veneração na Igreja Católica”.

Mais adiante, assinala que “sobre isto não me atrevo a emitir temerariamente um juízo. Ignoro se a autoridade divina, servindo-se de alguns testemunhos dignos de fé, persuadiu a Igreja a honrar deste modo a sua memória. Pode ser que assim tenha sido”.

“E se de fato tal fizeram, não enganadas por erro humano mas impelidas por mandato divino, sendo portanto não alucinadas mas obedientes? — qualquer coisa como o caso de Sansão de que não é lícito pensar de outro modo. Efetivamente, quando Deus manda e mostra sem ambiguidade que é ele que manda — quem chamará delito a esta obediência?”.

A narrativa de Dionísio não sugere a menor reprovação a este ato de Santa Apolônia; a seu ver, ela era tão mártir como as demais e, como tal, foi venerada na Igreja de Alexandria.

Artisticamente, é representada segurando pinças que apertam um dente.

Fonte: ACI digital

Confira no link:
Orações a Santa Apolônia 
(cura das enfermidades do rosto e da boca; pelos cirurgiões-dentistas)



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog