Reinaugurada Capela das Relíquias de Irmã Dulce, em Salvador - Devoção e Fé - Blog Católico

sábado, 21 de setembro de 2019

Reinaugurada Capela das Relíquias de Irmã Dulce, em Salvador


SALVADOR, 19 Set. 19 / 11:00 am (ACI).- A Capela das Relíquias de Irmã Dulce foi reinaugurada na quarta-feira, 18 de setembro, com uma urna de vidro, onde estão depositados os restos mortais e uma representação em tamanho real da religiosa, que será canonizada em 13 de outubro pelo Papa Francisco, no Vaticano.

A cerimônia, no Santuário da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, em Salvador (BA), foi presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, o qual ressaltou o modelo de santidade deixado por Irmã Dulce.

“Meus irmãos, minhas irmãs, estamos aqui por causa de alguém que se consumiu como uma vela para que outros tivessem saúde, pão, bem-estar e amor. Foi um grão de trigo que morreu para si mesmo e é por isso que produz, ainda hoje, tantos frutos: de santidade, de dedicação, de carinho. Jesus disse que quem O ama vai estar onde Ele está, e Irmã Dulce sempre colocou isso: estar onde Jesus mais precisava da presença dela”, expressou o Prelado.

Na Capela das Relíquias foi colocada uma urna de vidro dentro da qual está um simulacro de Irmã Dulce, produzido em Nápoles (Itália), em terracota – espécie de argila utilizada na reprodução de corpos de santos.

Conforme assinala a Arquidiocese de Salvador, “é importante ressaltar que, de fato, os restos mortais da freira baiana estão ali, na urna de vidro, embaixo da imagem”.

Após a reabertura da capela, uma religiosa da Congregação a qual Irmã Dulce pertencia foi convidada por Dom Murilo a acender uma vela. Em seguida, o Arcebispo abençoou a urna onde estão as relíquias, entre elas o anel utilizado pela futura santa.

“Neste túmulo vão repousar os seus restos mortais até raiar o dia Glorioso do Senhor”, manifestou o Arcebispo, segundo quem, “a partir de agora nós criamos toda uma proximidade das relíquias com as pessoas”.

“Tiramos a pedra de mármore que se tinha e que tornava o povo mais distante, fizemos este simulacro que é esse corpo semelhante ao dela, e as relíquias se encontram debaixo desse túmulo. As pessoas podem vir, rezar, tocar, abraçar e beijar, porque é uma estrutura forte de vidro”, acrescentou.

Além dos fiéis que lotaram o Santuário para participar da reinauguração da Capela das Relíquias, participaram também da cerimônia os postuladores da Causa de Canonização, Paolo Vilotta e Pe. Paolo Lombardi, Maria Rita Lopes Pontes, que é sobrinha da futura santa e superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID).

Par Maria Rita, esta cerimônia foi um dos momentos mais emocionantes desde o sepultamento da tia, em 1992, na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia. “Eu tenho certeza de que vai aumentar a devoção das pessoas. A gente espera que faça bem e que ela inspire muita gente a fazer o bem e o amor”, disse.

A Capela das Relíquias pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, e aos sábados e domingos, das 7h30 às 18h. Fica localizada no Santuário da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, na Avenida Dendezeiros do Bonfim, Largo de Roma, Salvador (BA).

Fonte: ACI digital




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog